SRZD


20/02/2014 17h37

Salgueiro renova contratos para Carnaval 2015
Redação SRZD

Após renovar os contratos dos carnavalescos Renato e Márcia Lage, a presidente do Salgueiro, Regina Celi, anunciou, nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, que também seguirá com o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Sidclei e Marcella Alves, com o diretor Dudu Azevedo, além da comissão de harmonia, composta por Jô Calça Larga, Siro e Tia Alda, no Carnaval de 2014.

1º casal e Regina Celi. Foto: Alex Nunes

"Vamos para a avenida com a tranquilidade de manter o nosso time, repetindo o que tenho feito em anos anteriores. Independente da colocação, o trabalho deles, para mim, é nota 40. A dedicação ao trabalho, que demonstram e executam ao longo da jornada, responde por si. Confio nos meus profissionais e sei que farão sempre o melhor para nossa Academia do Samba. Meus filhos permanecem junto da mãe", afirmou Regina Celi.

Neste Carnaval, a vermelha e branca levará para a Marquês de Sapucaí o enredo "Gaia - a vida em nossas mãos".

Foto: Alex Nunes



Comentários
  • Avatar
    07/03/2014 14:26:31Cristiano ValoisMembro SRZD desde 03/03/2014

    Pois fizeram mal em renovar com esses carnavalescos, há anos têm a melhor escola na mão mas só ganham quando todas as outras grandes perdem para elas mesmas. Isso só acontece uma vez por década, em 1993 quando o Salgueiro puxou o saco do ex-presidente saudoso Itamar (aliás, o carnavalesco era outro) e em 2003. Como consegue perder com o melhor time? Esses carnavalescos têm que ter a humildade de se repensarem, de olhar para fora e ver que desfile rico não tem que ser cafona, não tem que ter pluma no ombro. Querem fazer uma "ala dos pagodistas", então ela vira "fantasia de duas peças genérica com plumagem vermelha no ombro e no saiote das pernas, com figuras tridimensionais (de plástico coberto com tinta dourada) de tamborins e cavaquinhos sobre os ombros direito e esquerdo respectivamente. Por favor, façam sua concepção com amor, sonhem com elas, deixem a inspiração chegar com calma. E, acima de tudo, nunca se repitam.

  • Avatar
    21/02/2014 23:53:20Duquesa Dholores: sou do morro e da nobresaMembro SRZD desde 18/10/2010

    No post destinado ao Salgueiro, vassuncê falou do Mercadão. Fato. Matei a cobra e te dei o pau!

  • Avatar
    21/02/2014 21:55:09Tedy - "A marca do Carnaval é ela!"Membro SRZD desde 12/04/2012

    Minha linda, eu me referi a meu penúltimo comentário, onde só falei do Salgueiro. Não crie uma obsessão pela Beija-Flor vendo ela em tudo, por mais que você ame ou deteste ela, obsessão nunca é saudável, ok. E outra não deixe de ser engraçada, não deixa a obsessão fazer da senhora uma pessoa chata e amargurada como o Almir, Ok. Continue lindona, beijinhos, kkkkkkk.

  • Avatar
    21/02/2014 20:48:48Duquesa Dholores: sou do morro e da nobresaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Tedyzinho... olhe aqui! "Sobre a Beija-Flor: Quando o Anísio convidou o Boni por telefone para ser enredo, ele convidou para ser um enredo biográfico, como foi com o Roberto Carlos. O Boni foi quem disse ao Anísio que aceitava o convite com tanto que o enredo fosse a Comunicação, e ele fosse um personagem nessa história (no caso o protagonista do enredo)." E tem mais, isso é só um aperitivo do que tu falou da tua escola.

  • Avatar
    21/02/2014 20:24:28Tedy - "A marca do Carnaval é ela!"Membro SRZD desde 12/04/2012

    Me pergunto até agora ONDE no comentário anterior eu citei a minha escola????????????????/... Só se minha escola fosse o Salgueiro, pois só falei do Salgueiro e de nenhuma outra escola! .... Agora se tem gente que só porque tá frustrada, queria me ver falando mal de alguém, é ruim hein?!. Minhas análises são TÃ?CNICAS, baseada na competência de cada escola, nunca na paixão. Tem gente aqui que esta doidinho pra tirar onda com a cara dos outros, depois da apuração. Então se f..., pois minha cara mesmo não tira onda. Até porque se minha escola não ganhar vou continuar vivendo, minha escola tem tantos títulos que ela não perde, ela TIRA FOLGA(kkkk). Esse ano vamos ver se ela vai ganhar, ou se vai tirar folga.

  • Avatar
    21/02/2014 19:31:03ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    ESCOLA SÃ?RIA E ASSIM QUE FAZ. .

  • Avatar
    21/02/2014 19:16:29Duquesa Dholores: sou do morro e da nobresaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Ah, D. Maria, essas palavrinhas vindas de sua majestade é puro elogio. Não vou nem durmir hoje. Tedy, meu lindinho... pare de acreditar que o mundo gira em torno de vassuncê e de sua escola.

  • Avatar
    21/02/2014 18:41:51Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Ã? verdade, dodô! Para os idiotizados, grandes textos não convencem. Então, para com essa mania de copiar e colar textos alheios, sua ameba! Seja você mesma, essa figura patética que não sabe nem escrever corretamente, mas que adora posar de culta. Dessa forma original tu é infinitamente mais divertida e nos proporciona gargalhadas homéricas. Não entra nessa de querer vender uma imagem de inteligente, que, na boa, te conheço não é de hoje e tu já deu incontáveis provas da tua limitação intelectual. Teu lance é barraco. Aí, sou obrigado a confessar, tu é imbatível. Então, dodô, sai desse corpo que ele não te pertence, fia! â?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Avatar
    21/02/2014 16:52:19Tedy - "A marca do Carnaval é ela!"Membro SRZD desde 12/04/2012

    Duquesa, ... Lindona, eu acho que você gosta de causar polêmicas à toa. Você esta se defendendo de uma critica que eu nunca fiz ao enredo do Salgueiro. Como iria criticar um enredo que aponto como MELHOR do ano??????? ... PRESTE ATENÃ?Ã?O NO QUE EU DISSE: â??Fazer enredos com PITADAS afros, com cara de Salgueiroâ?. Percebeu a palavra pitada em destaque?! ... Pitadas quer dizer que o enredo não é afro, ele tem pitadas da cultura africana, como o Tambor de 2009. Lembra do samba â??Guardiões da Natureza é magia dos Orixásâ?. ... Minha linda, é só ler meus comentários no meu perfil e vai ver que desde de Outubro/2013, e ver que aponto Salgueiro candidata ao título de 2014. Muito antes se quer do ensaio técnico salgueirense, em que o povo saiu cantando aquele samba brilhante. Se por acaso, o Salgueiro ganhar o Carnaval de 2014, serei um dos primeiros a vir aqui dar meus parabéns. Já disse a você que sei reconhecer o talento dos outros, coisa que a senhora não sabe fazer, (risos). Beijinhos, muá.

  • Avatar
    21/02/2014 16:51:59Tedy - "A marca do Carnaval é ela!"Membro SRZD desde 12/04/2012

    Engraçado, eu jurava que tinha mandado minha secretária comprar e enviar por Sedex o Lorazepam, e o Diazepam do Almir. Hoje em dia pra arrumar uma boa secretária tá osso, viu?!

  • Avatar
    21/02/2014 16:24:50Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Conforme venho afirmando aqui há algum tempo, as pessoas que têm obsessão e fanatismo pelas agremiações das quais se dizem adeptas o fazem de forma imbecilizada e pentecostal. Basta observar-se não a polêmica, mas sim o didatismo da Duquesa Dholores sobre sinopse, tema, viés e fio condutor em relação ao enredo â??Gaia â?? a vida em nossas mãosâ? que é desenvolvido pelo casal de carnavalescos do Salgueiro, Renato Lage e Márcia Lávia Lage. Excetuando-se as pessoas que imiscuem imbecilidade, fanatismo e obsessão pela agremiação que dizem gostar, já teria feito autocrítica reconhecendo terem dito imbecilidades confundindo como â??afroâ? o enredo 2014 do Salgueiro, que na realidade, além da sinopse, tema, viés e fio condutor não deixam dúvidas tratar-se da questão de como os cientistas veem o Planeta ante o caos representado pela devastação ecológica versus sustentabilidade. O que foi pedagogicamente explicada pela Duquesa Dholores. Se ela prosseguir nesta linha de fundamentação de conteúdo e forma didática e pedagógica explicando um enredo, já já os aludidos & imbecilizados adeptos fanáticos pentecostais se sentirão humilhados, deixando de postar seus â??comentáriosâ?. Almir de Macaé.

  • Avatar
    21/02/2014 14:07:50Duquesa Dholores: sou do morro e da nobresaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Para os idiotizados grandes textos não convencem (pura birra e habeas corpus preventivo para lascar o cacete caso a escola seje campeã). Para os arguciosos, não só meia palavra, como uma simples imagem, bastam. Na logo salgueirense o globo do planeta Terra (evocando Gaia), meio que se transforma no símbolo circular presente na bandeira da agremiação. E nos raios vermelhos do estandarte salgueirense, observem que em cada um deles existem referências às culturas dos cincos continentes. Gaia, como já citei e foi compreendido apenas pelos inteligentes, é uma tese tomada pelos cientistas em âmbito mundial. Gaia, que faz parte da mitologia grega estará no desfile. Ayê também significa Terra, mas como o enredo não é afro, Ayê jamais poderia tomar toda amplitude desse desfile sob pena de ser canetado por incoerência, uma vez que Ayê é cultura unicamente difundida entre africanos. Gaia, enquanto organismo vivo, já é citado no samba "Gaia, Terra viva a riqueza"... prestem atenção: Terra viva! Uma alusão direta à tese organismo vivo. Agora, como os cinco continentes serão citados, lógico que eles começariam com o africano, dada a familiaridade do Sal com essa cultura. Mas a Ásia estará presente simbolizando a água. A América o fogo. Europa faz menção ao elemento árido (Gaia... por aí vai. Por fim, o resultado da devastação feita pelo homem ao organismo vivo, Gaia, será mostrado com o caos. O caos é uma reação de Gaia (segundo teses) ao comportamento devastador humano (carro lindo). Simples assim! No mais, é só esperar o desfile e ler o livro abre-alas.

  • Avatar
    21/02/2014 13:30:34Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Leandro, você está corretíssimo. O samba do Salgueiro está enxertado de figuras da mitologia africana que nada, absolutamente, nada têm a ver com a mitologia de Gaia. Todo o encanto do universo / E a divina criação mistérios da imensidão / Gaia... Terra viva... a riqueza / Gira o mundo meu cenário / Relicário de beleza / Templo sagrado de Olorum / Salve a grandeza de Oxalá / Guardiões da natureza / Ã? a magia dos orixás / Oxum Iemanjá Iansã Oxóssi caçador / Ossanha Ogum caô meu pai Xangô / Nas águas a felicidade... / Vermelho e branco é axé / Pra dar um banho de amor na humanidade / Purificando o coração de quem tem fé / Na chama da esperança / O fogo pode transformar / Clareia pra ver nascer um novo dia / Bendito ar que se respira... / E o vento a soprar / E no avanço dessa tecnologia / Ecoa a voz da academia / Ã? uma questão de querer aprender a cuidar / E saber preservar / Meu samba vai tocar seu coração / Ã? um alerta ao mundo inteiro / "A vida em nossas mãos" / Buscando a solução... / Canta meu salgueiro / O bem que a gente planta / Floresce nesse chão... / Canta salgueiro. Ã? como eu disse, é um enredo travestido de outro. Simples assim! Volto a dizer que pra mim não tem demérito algum. Achei sensacional a solução. Só não pode é umas salguerenses idio.tas quererem, mais uma vez, esconder o que mais uma vez está escancarado no Sal. Dizer que esse enredo não virou africano e o mesmo que dizer que a ilha de caras não tava lá representada no desfile do ano passado â?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

  • Avatar
    21/02/2014 13:19:21Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Mas para aqueles que insistem que o enredo não vem travestido de africano, busquem uma entrevista da Marcia na qual ela deixa explicitamente isso bem claro e explica o porquê dessa estratégia.

  • Avatar
    21/02/2014 13:16:56Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Tedy, todo o desenvolvimento do enredo do Salgueiro vem dentro da mitologia grega, sim! Ocorre que os carnavalescos optaram por transformar cultura grega em cultura africana vários fatores. Por saberem conduzir os trabalhos de fantasias, alegorias e adereços forma mais eficiente. Também, por ser o Salgueiro uma escola que sempre se destaca quando aborda temas afros (os componentes rendem bem mais). Por saber que o público brasileiro de carnaval tem muito mais identificação com temas afros que com outros. Mas, todo o desenvolvimento do enredo é grego revestido de africano, tirado da mitologia de Gaia. Não critico! Acho que carnaval é isso mesmo! Ã? subverter, quebrar paradigmas, endoidecer sempre. Porém, só ressalto que os invejosos de plantão ficam em cima do enredo da Beija (claro, né? Não poderia ser diferente!) enquanto vários outros também fazem a mesma mistureba que a Beija fez. Imagine se fosse a nossa escola que viesse com esse enredo do Sal e usando da mesma estratégia, ou seja, pegar mitologia grega e transformá-la em mitologia africana!!! O que tu achas que estaria acontecendo? Diz aí? â?? kkkkkkkkkkkkk

Comentar