SRZD


03/03/2014 03h20

Mangueira anima público, inova na bateria, mas falha no final
Redação SRZD

A Mangueira levantou o público da Marquês de Sapucaí durante seu desfile, com o enredo "A festança brasileira cai no samba da Mangueira". Quarta escola a entrar na Avenida neste domingo, a verde e rosa apresentou uma inovação na bateria, cantou forte o refrão do samba e animou os torcedores nas frisas e arquibancadas.

Fotos: Ary Delgado

O desfile começou 1h15 e o público, como é de costume, ovacionou a escola antes mesmo de sua entrada. A comissão de frente, coreografada por Carlinhos de Jesus, representou a diversidade da festa brasileira. Alguns integrantes estavam caracterzados de índios, apenas com tapa-sexo. O segmento mostrou o encontro do nativo da "terra brasilis" com o visitante português.

- Veja a galeria de fotos da concentração da Mangueira

No abre-alas, que representava a "festa do descobrimento", integrantes deslizavam de um carro para outro através de uma corda. A alegoria representava o encontro dos marinheiros e indios, o som produzido pelos índios que levam à dança e à confraternização. O último carro arrancou risadas do público, mostrando homens literalmente saindo do armário, se "revelando", representando a comunidade gay.

A carnavalesca Rosa Magalhães desfilou no terceiro carro, "Dia de festa no mar, homenagem a Yemanjá", e foi aplaudida pelos torcedores na plateia. Os componentes desfilaram animados e cantando bem o samba, especialmente o refrão, apoiados pelos torcedores.

Foto: Ary Delgado

A bateria, sob o comando do mestre Aílton, levou mais uma inovação para a Avenida: na frente dos jurados, 90% dos ritmistas tocaram apenas tamborins, enfeitados com luzes de led verde e rosa, e a rainha Evelyn Bastos subiu em uma grua e surgia, no alto, no meio dos ritmistas. A bateria se arriscou, mas a ousadia deu certo e o público aplaudiu muito.

- Veja a galeria de fotos da Mangueira na Sapucaí

A escola levou muitos diretores, que ficavam nas laterais das alas, tornando o desfile confuso em alguns momentos. No final, um dos carros bateu na torre de TV, arrancando o cocar do índio. A escola precisou correr um pouco e quase estourou o tempo, encerrando o desfile com 1 hora e 21 minutos.

Fotos: Ary Delgado

Todos os detalhes do desfile da Mangueira:

- Vídeo: compacto do desfile da Mangueira

- Vídeo: blogueiro do SRZD avalia desfile da Mangueira

- Mangueirenses avaliam performance do próprio desfile

- Galeria de fotos da Mangueira

- Galeria de fotos da concentração da Mangueira

- 'Trabalho difícil devido a dívidas', conta Chiquinho da Mangueira

 

Tudo sobre o primeiro dia de desfiles do Grupo Especial do Rio:

- Vídeo: avaliação das baterias do Grupo Especial (domingo)

 

Beija-Flor:

- Vídeo: análise do desfile da Beija-Flor

- Vídeo: compacto do desfile da Beija-Flor

- Com o prestígio dos amigos, Boni é homenageado pela Beija-Flor

- Galeria de fotos da Beija-Flor

- Integrantes comentam desfile da Beija-Flor

- 'É um prazer sair por essa escola', disse Edson Celulari

 

Salgueiro:

- Vídeo: avaliação do desfile do Salgueiro

- Vídeo: compacto do desfile do Salgueiro

- Salgueirenses comentam próprio desfile

- Galeria de fotos do Salgueiro

- Detalhes separam Salgueiro de um desfile arrebatador

- 'Primeira de muitas', diz Xande de Pilares sobre compor samba do Salgueiro

 

São Clemente:

- Vídeo: blogueiro do SRZD comenta desfile da São Clemente

- Vídeo: compacto do desfile da São Clemente

- Galeria de fotos do desfile da São Clemente

- Galeria de fotos da concentração da São Clemente

- São Clemente comenta desempenho do próprio desfile

- São Clemente desce o morro e leva favela para Sapucaí

- Max Lopes: 'Samba no pé, sem excesso de tecnologia'

 

Grande Rio:

- Vídeo: compacto do desfile da Grande Rio

- Vídeo: avaliação do desfile da Grande Rio

- Componentes da Grande Rio analisam desfile

- Galeria de fotos do desfile da Grande Rio

- Galeria de fotos da concentração da Grande Rio

- Atrizes desfilam como destaque da Grande Rio

- Com bom rendimento do samba, Grande Rio faz desfile empolgante 

 

Império da Tijuca:

- Vídeo: análise do desfile do Império da Tijuca

- Vídeo: compacto do desfile da Império da Tijuca

- Integrantes do Império da Tijuca avaliam desfile

- Império da Tijuca treme a Sapucaí e mostra garra para permanecer no Especial

- Veja a galeria de fotos do desfile do Império da Tijuca

- Veja a galeria de fotos da concentração do Império da Tijuca

- Voltando para elite do Carnaval, Peixinho promete garra e vontade



Comentários
  • Avatar
    06/03/2014 13:47:36Arthur VelosoMembro SRZD desde 06/03/2014

    Rih Diniz, concordo plenamente com o que disse, a mangueira está acompanhando a todo pulso a evolução do carnaval, e vejo a cada dia uma escola mais encorpada e animadora, peço porém minha colega, tome cuidado ao citar as "Unidos da Mangueira" como meras "imitações", As verde e rosas espalhadas pelo Brasil afora, formam uma legião de homenagens e saudações à nossa estação primeira, o carnaval do interior é inspirado no Rio e São Paulo, porém cumpre um importante papel nas comunidades em que estão instalados, o mesmo papel cumprido pelas escolas da Capital, tenho certeza que as escolas homenageadas se enchem de orgulho ao ver seu nome e suas cores serem perpetuados por todo o nosso Brasil, muitas delas são até mesmo apadrinhadas pelas escolas na quais se inspiraram, em minha cidade faço parte de uma Escola chamada Academicos do Partido Alto, verde e rosa, apadrinhada pela Estação Primeira, foi aqui também em Juiz de Fora que me apaixonei pela Mocidade Alegre em uma cerimonia de batismo de uma escola homónima da minha cidade, coisa maravilhosa. O carnaval é um festa única em cada canto que acontece, procure conhecer os desfiles das nossas pequenas escolas do interior e verás que irá se apaixonar.

  • Avatar
    03/03/2014 19:52:53Rih DinizMembro SRZD desde 15/01/2012

    Nivaldo Brandão... Cê reparou no monte de ME_LECA que falou? Carnaval pra mangueirense esquecer? O desfile da Mangueira teve erros sim, mas os acertos foram infinitamente melhores! "nunca se viu tanta incompetência como o visto esse ano"? Cara, na boa,cê deve ter visto o desfile de qualquer "Unidos da Mangueira" ou outra imitação por esses rincões do Brasil afora, porque tenho certeza que o desfile da ESTAÃ?Ã?O PRIMEIRA DE MANGUEIRA não foi o que você viu. Já houve escolas MUITO, MAS MUITO incompetentes passando naquela pista, e lhe asseguro que a mangueira não TÃ?O incompetente assim não. "Desde a escolha do samba": Pois bem. você por algum acaso, só por curiosidade ouviu o samba da Mangueira. Um PU_TA samba, um dos melhores (não digo melhor) do ano, melodia animada, e letra além de poética, contagiante! Tenho dito. "A CONTRATAÃ?Ã?O DE UM CARNAVALESCO QUE OPTA PELO FÁCIL, SEM CRIATIVIDADE". pera. PERA! PELOAMOR! A carnavalescA da Mangueira é a ROSA MAGALHÃ?ES, uma mestra, e maior campeã da era Sambódromo. Onde tá esse "carnavalesco" que você falou? "Uma escola grandiosa que passa apática por uma avenida sem ação." Sobre isso, nem vou comentar, vou deixar na conta do "cordão de pérolas" que foi esse seu comentário. Você só pode ter entrado nesse senso comum e falado essa MER_DA toda pra agradar ou fazer o papel de "intelectual da folia". Antes de sair falando qualquer coisa, pensa e se intera da realidade, cara. abração!

  • Avatar
    03/03/2014 03:42:05Nivaldo BrandãoMembro SRZD desde 31/08/2013

    Um carnaval para Mangueirense esquecer... Nunca se viu tanta incompetência como o visto esse ano ... desde a escolha do samba... a contratação de um carnavalesco que opta pelo fácil... sem criatividade, de uma grandiosa escola que passa apática por uma avenida sem ação. Política não se envolve com o mundo de samba... Lastimável...

Comentar