SRZD


03/03/2014 05h53

Unidos de Lucas: enredo homenageou escritora e jornalista Lúcia de Castro
Rodrigo Burgos*

Foto: Emerson Guimarães/Agência Sambrasil.Net de Comunicações

Apresentando o enredo "Missicofe, Missicofe, Dari, Dari..", a Unidos de Lucas - uma das escolas do Grupo que fez parte do Grupo Especial - foi a décima primeira agremiação a desfilar na "Passarela do Povo" da Intendente Magalhães.

A agremiação, conhecida como Galo de Ouro da Leopoldina, homenageou a precursora do teatro infantil no Brasil, a escritora de literatura infantil, romancista, teatróloga, cronista, jornalista e tradutora: Lúcia Matias Benedetti Magalhães, que em 2014 completaria 100 anos de vida. 

O enredo é de autoria da carnavalesca da Estação Primeira de Mangueira, Rosa Magalhães

Sob as "rédeas" do Mestre Orelha, a bateria mostrou grande harmonia, com batidas fortes, embaladas pelo samba interpretado pelo mestre Sidinho.

Foto: Emerson Guimarães/Agência Sambrasil.Net de Comunicações

Tudo sobre o primeiro dia de desfiles na Intendente Magalhães:

- Unidos de Vila Santa Teresa: Penúltima a desfilar pelo Grupo B, escola teve desempenho discreto

- Império Rubro-Negro: Escola encerrou os desfiles do Grupo B

- Unidos da Ponte: Escola abordou a paixão do povo de São João pela sua terra

- Unidos do Cabuçu: Enredo prestou homenagem à Escrava Anastácia

- Favo de Acari: Escola foi a oitava agremiação do Grupo B a desfilar nessa madrugada

- Sereno de Campo Grande: Ala de Baianas é destaque

- Unidos da Vila Kennedy: Escola mostrou muita garra durante o desfile

- Arranco do Engenho de Dentro: Comissão de Frente se destaca

- Acadêmicos do Engenho da Rainha: desfile seguro na 'Passarela do Samba'

- GRES Acadêmicos do Sossego: Rainha de Bateria leva o público ao delírio

- Unidos do Jacarezinho: Bastante empolgação durante o desfile

- GRES Unidos de Bangu: Escola abre os desfiles do Grupo B

 

*colaborador voluntário do SRZD

 

Foto: Emerson Guimarães/Agência Sambrasil.Net de Comunicações



Comentários
  • Avatar
    05/03/2014 10:21:51Vandemberg Roberto da SilvaAnônimo

    Quem conhece o samba, sabe o quanto foi prejudicial ao subúrbio da Leopoldina, Parada de Lucas, que tinha duas escolas de samba, Unidos do Capela e aprendizes de Lucas, Unidos do Capela tinha tradição de grandes sambas de enredo, tinha uma das melhores bateria de escola de samba, considerada por grandes conhecedores como uma das mais vibrante do carnaval carioca. pois bem, veio a tal da ALERJ, OBRIGANDO a união das duas escolas, o que acarretou com o fim de uma grande Escola de Samba, Unidos do Capela, expoente de grandes compositores, de grandes ritimistas, grandes mestres salas e portas bandeiras, hoje temos uma escola desfilando na Intendente Magalhães, em horário sem divulgação, sem informação jornalísticas, uma vez que a toda poderosa rede de televisão adquiriu os direitos com todo seu poderio econômico , como ela faz com o nosso futebol, que passa a ser transmitidos as 22 horas da noite, mas voltemos ao Carnaval. até aonde podemos acreditar na verdadeira campeã, antes eram os contraventores que pagavam aos jurados, hoje quem paga? a toda poderosa Televisão? não sabemos, mas com certeza há sim a influencia dela nos resultados. ô SUBLIME PERGAMINHO LIBERTAÃ?Ã?O GERAL. ATÃ? QUANDO MEU SENHOR?

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.