SRZD


26/03/2014 16h49

'O Carnaval de San Luis é um dos mais importantes do país a nível internacional', afirma Leila
Patrícia Raposo

Passada mais uma edição de sucesso do "Carnaval de Rio En San Luis" - realizada no último final de semana, no Sambódromo de Potrero de Los Funes, na Argentina - o SRZD-Carnaval conversou com a produtora executiva da Gangazumba Produções, Leila Medina, que fez um balanço sobre os aspectos posivitos e negativos deste 5º ano de evento, além de já revelar o que pensa para a folia de 2015.

Antonio Pitanga e Leila Medina. Foto: Diego Mendes

"Como principais pontos positivos destaco a integração social conseguida com o projeto, que dá oportunidade para que pessoas de todos os lugares da província de San Luis participem - seja como equipe de produção ou como desfilantes - já que, as oficinas de produção e aulas de percussão e samba nos pés estiveram por diversos lugares da província", detalhou.

"Também ressalto nessa edição de 2014, os artistas locais que se destacaram nos concursos realizados para escolha do carro alegórico, fantasias e samba-enredo  da escola de samba Sierras del Carnaval. Não podemos deixar de lembrar também da importância do evento para o próprio carnaval do Rio, já que o evento em San Luis se tornou uma nova vitrine, uma nova forma de exposição positiva do carnaval do Rio no exterior. Já como negativo, ou não tão positivo, como prefiro dizer, cito o clima local, que em março costuma apresentar grande variação de temperatura deixando-nos expostos à possibilidade de enfrentar frio como o do 1º dia de desfile desse ano, quando os termômetros marcavam 7º", completou Leila.

Sobre um possível corpo de jurados pensado já para 2015, pelo presidente da Gangazumba, Antonio Pitanga, Leila avaliou.

"Eu diria que o Carnaval do Rio em San Luis está prestes a dar mais um grande passo em termos de profissionalização do evento por considerar a possibilidade de numa próxima edição - ainda não está certo de que seja já na próxima, mas pode ser que sim - como motivação para um maior envolvimento dos artistas e artesãos do carnaval local, convocar um júri para premiação de algumas modalidades", opinou.

Leila confraterniza com a Corte carioca, com o governador Claudio Poggi, além de Pitanga e sua esposa, Benedita. Foto: Diego Mendes

"Não estamos falando de competição entre escolas, já que hoje a província é representada por só uma escola, a Sierras del Carnaval, e as outras 2 são formadas por componentes das diversas alas das escolas cariocas do grupo especial e de acesso A. Mas sim de motivar a participação local através de premiações pontuais", explicou.

Sobre a edição de 2015, Leila já pensa positivo.

"Para 2015 os planos são de continuar acrescentando qualidade ao evento - já considerado como o mais importante da província e um dos mais importantes do país a nível internacional - buscando com seriedade e criatividade torná-lo o mais atrativo possível, não só para o argentino, mas também para os países próximos que não tenham a oportunidade de desfrutar do Carnaval do Rio, em sua terra natal", finalizou.

A 6ª edição do "Carnaval de Rio En San Luis" já está confirmada para os dias 14, 15 e 16 de março de 2015.

Fotos: Diego Mendes

Veja também:

- Antônio Pitanga: 'O poder da cultura é capaz de unir dois povos'

- Rainhas brasileiras roubam a cena na Argentina

- Célia Domingues: 'Este Carnaval é um sucesso e já fomos convidados para 2015'

- Cauã Reymond prestigia 'Carnaval de Rio En San Luis'

'Carnaval de Rio En San Luis': samba da Mangueira é cantado na Argentina

- Bruno Ribas: 'Nosso samba é agregador'

- Vídeo: chegada de brasileiros agita San Luis, na Argentina

- 'Carnaval do Rio En San Luis': Milton e Caribé contam detalhes sobre criações

- Vídeo: aderecistas argentinos conversam com o SRZD-Carnaval

'Carnaval do Rio En San Luis': SRZD-Carnaval acompanha primeiro dia de desfiles

- SRZD-Carnaval desembarca na Argentina para mais uma cobertura



Comentários
Comentar