SRZD


27/03/2014 12h31

Quesito enredo: como os jurados não conseguem justificar as suas notas
Anthoni Santoro

A troca da ordem de desfile de determinadas alas, em algumas escolas, gerou uma enxurrada de justificativas para as perdas de pontos. Supostamente, o roteiro original do desfile perderia seu caminho alterando a leitura do enredo. Os jurados, então, justificam-se no regulamento que pede para punir as escolas acometidas por tais erros. A punição acaba ficando subjetiva e dependendo da quantidade de alas trocadas por cada escola, os julgadores ficam abertos a critérios decimais para penalizar. A inversão de alas não deveria ser penalizada caso não comprometesse a compreensão do enredo. Jurados não podem ser meros fiscais de ordem de alas. Essa obrigação de punição deveria ser opcional. Seguir a risca o regulamento engessa a avaliação principal do quesito e o seu entendimento acaba preso a inversão de alas e destaques de chão, e falta de tripé (Portela).

- Justificativas não justificadas

- Carnaval 2014: Liesa divulga justificativas dos julgadores

Sinto a falta de uma análise/justificativa mais direta e conclusiva sobre o tema proposto, com os seus argumentos e o seu desenvolvimento. A leitura do enredo por parte dos jurados poderia (e deveria) ser feita sem utilização do tal (caderno) abre-alas - entregue pela Liesa e preenchido pelas escolas com o roteiro detalhado dos desfiles. Muita fidelidade prejudica a análise principal do quesito.

Destaque positivo para o julgador André Luiz da Silva Junior que conseguiu discorrer sobre a temática do desfile, abordando, argumentando e expressando as suas ideias sobre a concepção e a realização dos enredos, sem restringir-se a utilização do manual do julgador para gerar perdas de pontos para a escola.

Foto: Reprodução de Internet

É nítido que o Império da Tijuca foi julgado de forma diferente. As questões relativas aos argumentos e as narrativas do enredo, e a consequente materialização plástica do tema foram muito mais penalizados do que os de outras escolas. O peso de ter subido do Grupo de Acesso é tanto que até o julgador Johnny Soares se perdeu nas contas(veja a imagem),parecendo que os parâmetros das notas não ficaram muito claros, bem como o somatório que teoricamente resultaria na nota final. Causou profunda estranheza a atribuição de notas abaixo do balizamento de 4,5. 

Vila Isabel, Beija-Flor e Grande Rio tiveram os seus enredos bem julgados e as justas perdas de pontos no quesito. A escola do bairro de Noel foi penalizada por tudo aquilo que já sabíamos e ouvíamos antes do Carnaval. A falta de dinheiro e de investimento gerou um desfile incompleto. Já em Nilópolis houve um desenvolvimento confuso do enredo sobre a comunicação e o homenageado Boni. Fabinho, carnavalesco da Grande Rio, tirou leite de pedra para realizar o enredo em homenagem a Maricá, mas a concepção do roteiro gerou subtemas e as perdas de décimos. Maysa, o suposto fio condutor, só foi presente no começo e no final do desfile.

Não entendi algumas justificativas para perdas de pontos no roteiro e desenvolvimento do enredo da Mocidade. Uma festa colorida e plasticamente bem resolvida na avenida, mesmo com todas as intempéries do período pré-Carnaval. Louvado seja o carnavalesco Paulo Menezes que,no tempo hábil para toda a execução do desfile de Pernambucópolis, fez um milagre estético.

Definitivamente, uma das melhores partes dos desfiles das Escolas de Samba são as justificativas dos jurados - incompreensíveis e infundadas. E ainda recebem para isso.


Veja mais sobre:Carnaval 2014

Comentários
  • Avatar
    30/03/2014 20:03:19EDERILTONMembro SRZD desde 24/10/2011

    E o SAMBA SAMBOU!!! CARRO MOTORIZADO NA AVENIDA E AINDA GANHA NOTA 10, O IMPERIO SERRANO JÁ FOI REBAIXADO POR COLOCAR CARRO DE VERDADE NA AVENIDA. A LIESA MUDA AS REGRAS E PREJUDICA O CARNAVAL. TIJUCA CAMPEÃ?? TÃ?O INJUSTO QUANTO O DESCENSO DO IMPÃ?RIO!!!

  • Avatar
    30/03/2014 16:24:25EL AFARMembro SRZD desde 09/01/2013

    Para que justificar o que não tem direito a defesa ? Se as notas não serão alteradas, se não cabe recurso, para que se justificam se tudo é incoerente! Que manual é esse? Ã? para ensinar a desfilar? A fazer um enredo? a tocar uma bateria? a desenhar uma fantasia? Será que esses jurados sabem fazer pelo menos um quarto do que faz uma escola de samba? Perda de tempo questioná-los, pedir justificativas, pois o resultado não será alterado. Certo é: Império da Tijuca foi injustiçada descaradamente, Vila Isabel foi beneficiada por ser a Campeã de 2013. Ainda bem que não participo mais disso, me dá nojo, esse juri não entende nada de escolas de samba, e o desfile perdeu a essência de samba, virou show pra gringo ver!

  • Avatar
    29/03/2014 19:49:12julio_sanMembro SRZD desde 13/04/2009

    Eu só queria entender a razão de tantos questionamentos, por parte dos "especialistas", já que a inconsistência e incoerência sempre permeou essas tais justificativas, mas eles sempre exaltavam os resultados, será que tem endereço certo, e que não é o ancião bombado campeão?

  • Avatar
    29/03/2014 00:57:00binocaMembro SRZD desde 17/07/2011

    AMIGO LUIZ CLAUDIO...ESSA NOTA PELO SOMATORIO DELE SERIA DESCARTADA TALVES MUDASSE O RESULTADO..ISSO QUE TEM QUE SER OBSERVADO..PORQUE TERIA QUE SER 8,7..E ISSO FORTE ABRAÃ?O SERA QUE VAI TER JEITO..OU JA PASSOU FICOU.O ENREDO DO IMPERIO DA TIJUCA TEM QUE SER ..JUSTIÃ?A NO CARNAVAL PRA PODER FICAR LEGAL...OU JURADO QUE E JURADO NÃ?O FAZ SOMATORIO ERRADO...E ISSO VARIOS ENREDOS....SAUDADES DA CAPRICHOSO DE PILARES..NO TEMPO DE CARLINHOS DE PILARES..OH SAUDADES...

  • Avatar
    28/03/2014 11:00:12Luiz ClaudioMembro SRZD desde 22/11/2010

    Binoca, ele errou a conta para mais. Ele deu 9,7 quando a soma daria 8,7. O problema para a Império da Tijuca foi ele também, pois todos os julgadores, com a conivência da Liga, já chegaram pré dispostos a prejudicar a escola da Tijuca. Um absurdo!!!

  • Avatar
    27/03/2014 17:01:11binocaMembro SRZD desde 17/07/2011

    ESSE JULGADOR PREJUDICOU UMA COMUNIDADE COM SEU ABUSO DE PODER ..PORQUE A LIESA NÃ?O FAZ JUSTIÃ?A PORQUE TAMBEM FALHOU EM COLOCAR QUEM NÃ?O SABE SOMAR PELO MENOS... O,1 UM DECIMO DERRUBA COMO LEVANTA ..E ELE DERRUBOU..E DEIXA QUE A IMPERIO DA TIJUCA CONTINUE NO GRUPO ESPECIAL PARA JUSTIÃ?A DA NOSSA NAÃ?Ã?O..E FAÃ?A COM QUE O JURADO SE RETRATE EM PLENARIA DO MAL QUE CAUSOU...OU A IMPERIO DA TIJUCA ENTRA COM UMA AÃ?Ã?O NA JUSTIÃ?A CONTRA O MESMO E FAZ ELE INDENIZAR A ESCOLA PELA SUA FALHA QUE VAI SERVIR DE EXEMPLO PARA OS MAUS QUE QUEREM SOMENTE AS MORDOMIAS DE SER JURADOS E PAGO POR QUEM ELES PENALIZAM SEM CONHECIMENTO DE CAUSA...JUSTIÃ?A NO CARNAVAL PRA PODER FICAR LEGAL..DEVERIA SER O ENREDO DA IMPERIO DA TIJUCA..EM 2015...SE CONTINUAR ASSIM O SAMBA VAI TER FIM...BINOCA DE MADURA

  • Avatar
    27/03/2014 16:53:32Phelippe Beija FlorMembro SRZD desde 22/02/2012

    alem de nao saber julgar nao sabe ler nem fazer conta essa e a realidade do senhor jhonny o mobral

  • Avatar
    27/03/2014 16:13:43S.GonçaloMembro SRZD desde 17/07/2011

    é claro que a intenção era dar a menor nota sempre que possivel pra Império da Tijuca, nem que fosse 0,1, não importa as notas intermediárias, essas coisas são acertadas antes dos desfiles.

Comentar