SRZD


30/03/2014 21h06

Mestre Ciça é a nova aposta da União da Ilha para 2015
Redação SRZD

Mestre Ciça é a nova aposta da União da Ilha para o Carnaval 2015, assumindo o lugar de Thiago Diogo.

Ciça, que atuou à frente da Invocada desde 2010, não recebeu nenhuma nota 10 pelo desempenho da bateria no último desfile, o que o deixou decepcionado. Pouco depois da apuração, veio o anúncio: ele estava fora da escola.

- Vídeo: veja entrevistas com integrantes da Grande Rio no desfile das campeãs

- Mestre Thiago Diogo deixa a União da Ilha

Foto: Reprodução de Internet

Na última semana, a União da Ilha divulgou que Thiago Diogo não seria o mestre de bateria em 2015, devendo assumir o lugar de Ciça na Grande Rio. Thiago conseguiu notas 10 em 2014 que renderam muitos elogios ao segmento.

Neste sábado, o atual presidente da Ilha, Ney Filardi, optou pelo nome do experiente Ciça. Lolo, que está na Curicica, e Capoeira, da Império da Tijuca, eram as outras opções da agremiação.



Comentários
  • Avatar
    03/04/2014 18:28:51Marcos de Paula ManelichiMembro SRZD desde 12/10/2012

    Boa noite Almir ! O que acontece é que sou contra tantas mudanças no carnaval... sendo que as baterias das principais agremiações (portela, salgueiro, mangueira, ilha, imperatriz, padre miguel, etc), atingiram um apse ritimico em meados dos anos 90... de tal forma que na minha humilde opinião poderiam manter suas principais características se adequando pouco a pouco à modernidade, sendo que estas agremiaços pouco fizeram isso...acho que poderiam ter segurado mais algumas questões como afinação e levadade surdo de 3a, elementos que foram totalmente modificados.. nao questiono a qualidade de nenhuma destas baterias, nem o trabalho de seus regentes, nota ja é mais complicado por ser uma coisa muito subjetiva e ingrata, mas ainda creio que a pegada firme e tradicional nao pode ser suprimida por conta de notas de jurados, ficaria muito feliz em ver a bateria tabajara com as 3as soltinhas e sem desenhos, assim como o salgueiro em seu tradiional 2 x 2, compreende ? As vezes menos é mais..rsrs...estou torcendo muito para que o ciça tenha esta luz e retorne com os principais elementos da ilha, como surdos e caixas.. assim como torço pela volta da antiga fidelidade, fato que ajuda com que cada bateria preserve sua identidade... um abraço

  • Avatar
    03/04/2014 16:59:27Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Marcos de Paula Manelichi, mangueirense parceiro, a recíproca é verdadeira. Inclusive, sem problema, você pode continuar discordando de minhas ideias. Eu respeito a clássica e tradicional marca registrada em termos rítmico-instrumental-sonoro da bateria â?? nunca a considerei como orquestra â?? Tem Que Respeitar Meu Tamborim. Explicando, eu nem lembro mais quando esta bateria obteve sua última nota 10 unânime. Pra ter-se ideia, esta bateria é uma das menos agraciada com Estandarte de Ouro. Suas duas últimas vezes foram em 2011 e no longínquo ano de 1990. Ainda sobre identidade rítmica-instrumental-sonora entre baterias e ou orquestras de instrumentos de percussão complementadas por instrumentos de cordas e seus respectivos mestres ou maestros regentes. Por exemplo, a identidade da bateria Tem Que Respeitar Meu Tamborim é praticamente a mesma ao longo dos tempos, tendo inclusive nos últimos anos um comandante-show que é o mestre Ailton. O qual eu não considero como sambista-músico instrumentista. Isto é, exímio na execução de diversos instrumentos de percussão ou de cordas com destreza. Ou seja, ele é um sambista-músico ritmista que é exímio em um ou outro instrumento. Embora você diga que não tenha a mesma identidade da época do legendário mestre Marçal, a orquestra portelense Tabajara do Samba atualmente regida pela batuta ou pelo bastão de comando do mestre Nilo Sérgio, tem o mesmo gabarito, sendo agraciada pelo Estandarte de Ouro naquela época e em 2010, 2012 e 2013. Já mestre Ciça, que é originário da orquestra Medalha de Ouro (da Estácio), tendo passado pela bateria Furacão Vermelho e Branco (Viradouro) e pela orquestra Invocada (Grande Rio), conforme eu disse anteriormente agora terá um teste de fogo. Ele regerá a orquestra 90° como nos tempos dos mestres Odilon, Paulão e Bira. Não, simplesmente comandará a baterILHA. Almir de Macaé.

  • Avatar
    03/04/2014 10:44:45RICARDINHO DA PORTELAMembro SRZD desde 28/02/2013

    coitado do ciça. não da sorte.lastimável ! mas diga-se de passagem, ele também gosta de inventar, aí se da mal. quer ser o rei da cocada preta !ano que vem a ilha toma uma sipuada, quem é o culpado? ciça . volta para a estácio, ou viradouro ciça ,quem sabe tua sorte muda .

  • Avatar
    02/04/2014 22:48:26Marcos de Paula ManelichiMembro SRZD desde 12/10/2012

    Gostaria de fazer um pequeno adendo, admiro muito o Ciça, mas devemos observar que por onde ele passa deixa uma pitada bem forte do estácio..bateria que admiro muito, mas que no caso não é a bateria da ilha... espero do fundo do coração que desta vez eu erre e ele traga de volta toda a pegada ebalanço da ilha dos anos 80 e 90... boa sorte ao ciça e à ilha

  • Avatar
    02/04/2014 22:25:24Marcos de Paula ManelichiMembro SRZD desde 12/10/2012

    Boa noite Almir, respeito muito sua opinião e seu comentario, mas identidade em nada tem a ver com maestros e afins, algumas coisas teriam q ser respeitadas independente das pessoas ou mesmo da época... e digo isso quanto à fidelidade dos sambistas com suas agremiações, preservação das batidas originais de surdo e caixa e suas respectivas afinações... hoje grande parte das escolas utiliza o mesmo padrão de surdo criado pelo odilon para suprir uma deficiencia dos ritmistas da época.... tirando toda liberdade, balanço e criatividade da bateria... hoje vemos muitas agremiações com a mesma batida de surdo.. tanto no rj quanto sp... assim como tocando com 2 baquetas.... mesma coisa falo das caixas... muitas agremiações fugindo de sua batida original para corresponder as novas levadas de surdo...assim como na afinação... todas muito parecidas... por isso minha comparação com anos 80 e 90... hoje ouvindo a bateria da ilha, praticamente não reconheço os elementos trazidos nos anos 80 e 90 pelo paulão... assim como outras baterias que citei como salgueiro... este é meu apelo.. ainda há tempo para resgatar... não podemos deixar que a modernidade tome conta como está tomando... tornando a festa do povo em um espetáculo hollywoodiano, comandado pela tv... deixando a emoção de lado em prol da "perfeição"...um abraço

  • Avatar
    02/04/2014 15:26:37Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Na União da Ilha cuja ala de instrumentos de percussão complementada por instrumentos de cordas tem identidade instrumental-rítmica-musical própria, mestre Ciça terá a oportunidade de reafirmar a sua excelência enquanto maestro regente com característica/estilo/marketing próprio conforme ele mesmo fez na Estácio, Viradouro e Grande Rio. Isto, a menos que os julgadores/julgadoras da LIESA prossigam com a pública e notória â??perseguiçãoâ? de não dar notas 10 unânimes ao trabalho que ele desenvolve dirigindo uma ala de instrumentos musicais em uma escola de samba. Isto, porque diferentemente de seus detratores, eu não identifico â??correriaâ? ou â??descaracterizaçãoâ? rítmica alguma â?? são 147 BPM â?? na cadência das chamadas baterias dirigidas pelo mestre Ciça. Em outras palavras, com 147 BPM as alas de instrumentos musicais dirigidas por mestre Ciça empreendem um ritmo linear no limite considerado ideal, diferentemente de outros mestres que empreendem um ritmo não linear que oscila entre 145 e 147 BPM. Por isto, as alas de instrumentos musicais dirigidas por mestre Ciça têm ritmo/cadência injustamente considerada â??correriaâ?. Sem comparação de estilo e época, a 90° ou a baterILHA atual a partir da direção de mestre Ciça manterá a excelência desta ala de instrumentos de percussão complementada por instrumentos de cordas com o mesmo gabarito que tinha quando foi dirigida por mestres Odilon, Paulão e Bira. Coisa que mestre Riquinho não conseguiu. Assim como o promissor mestre Thiago Diogo, embora esteja sobrevalorizado no mundo do samba. Por último, eu considero equivocado comparar épocas, identidades e estilos tanto das alas de instrumentos de percussão complementadas por instrumentos de cordas quanto fazer comparação entre os mestres que as dirigem e ou dirigiram. Afinal, alguns deles na prática são maestros regentes de orquestras, filosófico e comunitariamente falando. Almir de Macaé.

  • Avatar
    02/04/2014 00:42:07Marcos de Paula ManelichiMembro SRZD desde 12/10/2012

    Po, não tenho palavras p falar do Ciça... mas porq nao o Paulão ?? Porq ta velho ? Nao eh inovador ? As inovaçoes acabaram com o carnaval ! A bateria da ilha esta totalmente descaracterizada ! E vem ai mais uma descaracterização ! Nada contra o Ciça que é sambista e malandro, mas as agremiações precisam olhar p dentro de si mesmas e resgatar suas raizes ! Nada contra m. Marcæo, mas a "furiosa" em nada se parece com a bateria do louro.. nada contra m. Nilo, mas em nada se parece com a fantastica bat do marçal... nada contra bereco e cia, mas em nada se parece a do mestre coé..nada contra wallan, mas mto pouco se parece com a bateria de mug.. na imperatriz a bateria de mestre beto há mto tempo ficou p trás... na tijuca o borel ficou longe! Por razøes obvias, somente a mangueira ainda consegue manter um pouco a sua identidade ! Nao me interpretem mal, nao quero desmerecer ninguem ! Ã? apenas um apelo para refletirmos sobre a perda de identidade ! Abraço a todos.

  • Avatar
    01/04/2014 07:55:19PCMembro SRZD desde 18/02/2010

    Quero ver agora o inbecil do Riquinho e seus cucús ficarem ameaçando o mestre Ciça de morte, de que vai furar os instrumentos como fez todo o ano passado com o mestre Thiago... Não adiantou nada.. Achou que iria voltar a ser mestre da Ilha e o Pres. Ney contratou o Ciça. Ciça é malandro das antigas, do morro de São Carlos, não vai se intimidar com esses merdas. Ta adoçando eles pra depois passar o rodo. Kkkkkk

  • Avatar
    01/04/2014 07:45:14PCMembro SRZD desde 18/02/2010

    Corre o risco dos jurados prejudicarem a União da Ilha em 2015 dando notas baixas ao Ciça em represália ao episódio do desfile das campeãs em que a bateria desfilou de costas, que no caso, o mestre estava apenas cumprindo ordens do Patrono Jaider, e ai dele se não cumprisse, e quando repercutiu mal, o mesmo patrono tirou o corpo fora é como sempre a corda arrebenta no lado mais fraco, Ciça foi dispensado. Ã? esse ambiente que Thiago se enfiou. Mas o dinheiro fala mais alto. Vendeu sua alma e agora vai ter que agüentar.

  • Avatar
    31/03/2014 17:09:59Fernando GomesMembro SRZD desde 15/01/2010

    E o Xande Figueiredo, olha a sacanagem que este cidadão fez com a Portela este ano. A bateria estava perfeita com um andamento cadenciado, com uma presença forte de agogôs; todos jurados,menos ele, deram 10 até o jurado do primeiro módulo fez uma observação elogiando a bateria. Daí ele coloca lá 9.7;mais uma vez mostra que:ou ele ñ entende de bateria ou estava pré-determinado a penalizar a escola.

  • Avatar
    31/03/2014 16:49:36Fernando GomesMembro SRZD desde 15/01/2010

    Ã? é o Ciça que tem de ser dispensado da Grande Rio e sim o Leandro Osíris do corpo de jurados. Ano passado o Odilon desacelerou, colocou cadência e resgatou a característica da bateria da Ilha; e o que fez este jurado: canetou a Escola feio. Por que ele ñ percebeu a mudança sonora da bateria:ou porque ñ entende ou porque já estava pré-determinado a penalizar a escola.

  • Avatar
    31/03/2014 12:28:43Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Para fazer jus, está de parabéns o comandante da União da Ilha o presidente da tricolor insulana e vice-presidente do Conselho Deliberativo da LIESA, â??doutorâ? Sidney Filardi o Ney, pela rápida definição de contratar profissionalmente o injustiçado pela maioria dos julgadores/julgadoras da LIESA, mestre Ciça. Em relação a este, curiosamente ele vai pegar outra ala-quesito de instrumentos musicais em uma escola de samba, que anteriormente foi construída uma â?? comunitária e filosoficamente falando â?? orquestra de instrumentos de percussão complementada por instrumentos de cordas. Na 1ª vez, mestre Ciça se equivocou ao cair na provocação da mídia. Então, comparando a excelência de seu trabalho enquanto maestro regente com a do mestre Jorjão a quem sucedera na Viradouro, mestre Ciça andou dizendo que a excelência do trabalho dele era â??melhorâ? que a do mestre Jorjão. Já na Grande Rio é público e notório que o problema foi outro, que não mestre Ciça equivocar-se novamente pretendendo fazer comparação entre a excelência de seu trabalho com a do mestre Odilon. Mas sim a â??perseguiçãoâ? dos julgadores/julgadoras da LIESA. Afinal, a excelência dos trabalhos dos mencionados maestros regentes difere apenas por causa do estilo de cada um. Não do gabarito. Por fim, agora é aguardar para ver qual será a definição de filosofia política do comandante Ney em relação à eleição que se realizará em meados de 2015 na LIESA. Almir de Macaé.

  • Avatar
    30/03/2014 22:23:07Haroldo Pereira Do Nascimento PereiraMembro SRZD desde 20/09/2012

    falar do mestre ciça é piada, um excelente mestre, o que ele fez no desfile das campea, é coisa de pais democratico,se nao estou satisfeito,tenho o direito de me manifestar, ou vivo num pais que so tem direito de se manifestar é capitalista, exemplo boni, nao gostou da classificaçao da beija flor e partiu para cima do castanheira pres. da liesa, e ele acabou abrindo as pernas para o poderoso da globo, vai mudar o juri juri este que sempre achei comprometido, o ciça fez pouco dar as costa para os mesmos eu faria muito pior, o ney foi inteligente em convidar o ciça para comandar a ilha, logo que eu soube a demissao do ciça passei um email para o ney e fiquei feliz pela sua rapidez em contrata-lo., e isso ai ciça toda sorte do mundo na ilha, meu email é [email protected]

  • Avatar
    30/03/2014 21:23:22EDERILTONMembro SRZD desde 24/10/2011

    Ao querido mestre Ciça a solicitação ao samba de Alcione: "Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar... inovações e renovações de mais estão descaracterizando o carnaval. Confio em ti, gosto do seu trabalho. Há muito seu trabalho tem sido injustiçado na avenida!!!

Comentar