SRZD



Hélio Ricardo Rainho

Hélio Ricardo Rainho

VASCO. Carioca, publicitário, MBA em Marketing, ator, diretor teatral, escritor, pesquisador de escolas de samba, futebol e teatro. Escreveu a biografia do jogador Mauro Galvão e é colunista de futebol há 13 anos. Twitter: @hrainho

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



30/03/2014 23h15

Vascão na Final!!!
Helio Ricardo Rainho

Vascão na Final!

Desdenhado, apequenado, num de seus anos mais inexpressivos, o Campeonato Carioca terá, ao menos, a chance de se redimir com a grande rivalidade dos dois clubes que farão a decisão de 2014.

Com a vitória simples por 1x0 sobre o Fluminense, o Vasco classificou-se para a grande decisão de um título que há muitos anos não conquista. Embora pouco reforçado e sem muita mudança na estrutura combalida do clube, segue sua marcha de superação com dois grandes méritos para essa empreitada: uma defesa vigorosa e um ataque funcional.

Falando da defesa, o que vem jogando esse Rodrigo é uma barbaridade! Muito bem acompanhado do jovem Luan, que há muito tempo era melhor do que os bondes de empresário que sufocavam sua escalação. Juntos, os dois compõem hoje uma das zagas mais firmes do país. Espera-se que os vendilhões do clube não balancem seus saquitéis de dinheiro para liquidarem os dois nesta temporada. Lidando com essa gestão exploratória que o Vasco hoje tem, não se duvida muito.

No ataque, já disse e volto a dizer que termos um artilheiro de campeonato é algo que aponta para nossas origens, nossas tradições, despertando o sentimento de que estamos vivos e de que o Vasco despertou de sua letargia. Sempre fomos um time de artilheiros, e o ataque do Vasco possui vários jogadores afinados para chutar em gol. Essa tem sido uma das virtudes da equipe no campeonato.

O artilheiro Edmilson tem mostrado boa técnica e senso de colocação. Além dele, a estrela do menino Thalles é uma "boa sombra" e também uma promessa de que o Vasco ainda pode ter futuro, com um menino talentoso e voluntarioso para comandar o ataque cruzmaltino.

O treinador do Vasco tem limitações. Não sou desses que muda de opinião tão somente por causa de resultados: Adílson é limitado tecnicamente e, por isso, "sobrou" no mercado, ficando à disposição do Vasco. Apesar disso, está lá fazendo o papel de "gritador" e levando motivação para um grupo que, ao menos, sabe o que quer e onde pode chegar. hoje, por exemplo, aprendemos a superar a desvantagem, revertendo o empate que favoreceria o adversário em uma nova vitória que nos classificou. Foi um bom ensaio: precisaremos do meso ímpero contra "as hordas do mal" nos dois proximos confrontos. 

Destaco ainda o meia Douglas, que tem o porte e a serenidade de um meia clássico, armando silenciosamente as jogadas para que virem gols, como aconteceu hoje na jogada decisiva que garantiu o Vasco na final da competição. E o gigante Guiñazu, que hoje foi um monstro na marcação e no combate! Raça pura!

Termos um goleiro fez e faz toda a diferença. Martin Silva é o que nos faltou ano passado, na omissão do departamento de futebol e na incompetência de Carlos Germano. Fomos rebaixados única e exclusivamente porque não tínhamos um goleiro, coisa que hoje, pelo menos, já temos. De minha parte, não há perdão para o que fizeram com o clube ano passado. Resta-nos, portanto, celebrar as defesas fortuitas de Martin e virar as costas para os dirigentes patéticos que não enxergaram essa necessidade quando havia tempo de evitar o que aconteceu.

Vamos lá, Vasco! Contra tudo, contra todos, contra a burrice e a indigência interna, contra a "corja de sopradores" que já deve estar se mexendo pra assegurar os dois empates da "horda do mal", contra a militância xiita da mídia em favor das "capas de diabo"...

Fazei, nosso Vasco, prevalecer a sua luz, a sua cruz, a sua fé, a Ordem Militar de Cristo, o fulgor de sua bandeira, a raça de seus artilheiros, a pujança de sua torcida!

Que venha um Vasco campeão, não para salvar a reputação destruída e vil dos abutres que carcomeram o clube nos últimos anos. Mas para honrar o pé descalço do torcedor pobre, do negro lutador, do suburbano aguerrido, dessa gente simples e apaixonada que não merece passar a vergonha que uma elite indigente tentou trazer à nossa Colina Histórica!

Contra tudo e contra todos...somos mais você, Vascão do nosso coração!!!

Facebook Hélio Ricardo Rainho
Twitter [email protected]


Comentários
  • Avatar
    01/04/2014 12:53:41LASLO PANAFLEXMembro SRZD desde 13/03/2014

    vasco NA FINAL???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK S Ã? PODE SER 1º DE ABRIL. QUE FINAL????? FLAMENGO JÁ Ã? CAMPEÃ?O !!!!! vasquinhooooo KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKK

Comentar