SRZD


14/04/2014 23h20

Árbitros da Série B do Rio sofrem emboscada à mão armada
Redação SRZD

Os árbitros Mário Vinícius Baptistas e o auxiliar Rodrigo Azevedo, que trabalharam na partida entre Barra da Tijuca x Goytacaz, no último domingo, dia 13 de abril, contaram que sofreram uma emboscada à mão armada após a partida. A dupla fugiu e buscou abrigo em um posto de gasolina.

- America busca recuperação contra Americano na quarta

Mário Vinícius Baptista Valentim, árbitro da partida. Foto: DivulgaçãoDe acordo com o depoimento prestado pelas duas vítimas na 62º Delegacia de Polícia de Imbariê, eles estavam na van da federação e seguiam em direção ao Rio de Janeiro, quando foram interceptados por um carro prata com três homens armados na Avenida 25 de agosto, na Baixada Fluminense.

Na ação, os homens ordenaram que todos descessem e perguntaram quem era o árbitro da partida. Neste momento, todos ficaram em silêncio, e o motorista da van, identificado como Anderson, foi agredido no rosto. Na sequência, Rodrigo conseguiu fugir, e os três suspeitos obrigaram Vinícius a correr também. Ainda segundo o depoimento, os dois se esconderam em um posto de gasolina e afirmaram não saber sobre o paradeiro do motorista. O jogo em que eles trabalharam terminou em 2 a 2, com um gol do Goytacaz aos 46 do segundo tempo.

Veja o Boletim de Ocorrência na súmula:Foto: Divulgação



Comentários
  • Avatar
    16/04/2014 22:16:20Leo sangueAnônimo

    CASTIGO PRA APRENDER A NÃ?O ROUBAR MAIS OS JOGOS, PRINCIPALMENTE OS DO MECÃ?O.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.