SRZD


18/04/2014 13h20

Salgueiro: três chapas disputam presidência da escola. Quem vence?
Redação SRZD

A eleição presidencial do Salgueiro vai contar com três candidatos este ano. Regina Celi, que tentará a reeleição; o ex-presidente Luiz Augusto Duran (Fu); e a chapa surpresa: Quinho, um dos intérpretes da agremiação.

Regina Celi administra a vermelha e branca desde 2011, quando venceu o ex-marido, Fu, com uma diferença de 209 votos. Durante sua alogiada gestão, Regina inovou ao revelar os votos de cada segmento na final de samba-enredo, prática que repetiu todos os anos em que esteve à frente da escola.

Fu, ex-marido de Regina, já presidiu o Salgueiro por oito anos e tenta retomar o comando da agremiação.

A grande surpresa ficou por conta de Quinho, que decidiu inscrever chapa para disputar a presidência da escola. onde é intérprete ao lado de Leonardo Bessa e Serginho do Porto.

- Exclusivo: Moisés desiste de candidatura à presidência da Vila Isabel

Fotos: Reprodução de Internet

A comissão eleitoral do Salgueiro vai analisar a legalidade de cada chapa até o próximo dia 24. Em caso de irregularidades, as correções poderão ser feitas no prazo de 24 horas. A votação acontece no dia 4 de maio, na quadra. Beneméritos, fundadores e contribuintes têm direito ao voto.


Veja mais sobre:Salgueiro

Comentários
  • Avatar
    22/04/2014 15:48:27Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    PC, parceiro de mundo do samba, concordo com você. Quando em nosso comunitário meio se fala em vocação política e ou competência administrativa não tem nada a ver com a da sociedade que é burguesa, hipócrita e baseada somente em título acadêmico/universitário, como se isto, por si só, significasse também vocação e competência. Sua opção de defesa da candidatura a presidente de Melquisedeque/Quinho e por consequência da volta da era do patronato e do tapa na cara é de fato democrática e esclarecedora. Sem que isto signifique alguma forma de â??ameaçaâ? de minha parte. Preste atenção ao seu democrático direito de crítica ao casuísmo de que a presidenta salgueirense tenha mudado o estatuto para poder candidatar-se pela 3ª vez. Se ela o fez utilizando encontrada no estatuto incluindo ter sido através de assembleia de associados especificamente convocada para tal. Isto ocorreu de forma casuística, porém, democrática. Agora, é equivocado e passível de processo judicial você não apresentar prova de enriquecimento ilícito de quem quer que seja. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    22/04/2014 13:50:33Admilson Rodrigues GomesMembro SRZD desde 07/04/2009

    Regina e fim de papo!

  • Avatar
    22/04/2014 13:11:48PCMembro SRZD desde 18/02/2010

    Isso é democracia minha gente.. Pode se candidatar quem quiser. E quanto a preparo, quem disse que o ex presidente Fu tinha algum? E a sua ex esposa e tb candidata tinha algum preparo? Sabe-se sim que ambos ela e ex marido enriqueceram. E porque quer não quer largar? Porque é salgueirense? Claro que não!! Mudou atÄ? o estatuto irregularmente para se reeleger mais três mandatos. Mudanças são sempre necessárias até que se provem o contrário.. E não esquecçam que a família Garcia está por traz da candidatura do Quinho o apoiando com toda a força que sabemos que eles tem..

  • Avatar
    21/04/2014 22:48:39Antonio Carlos Flausino VaiVaiMembro SRZD desde 16/01/2013

    Com todo respeito aos demais concorrentes, só um louco para tirar a Regina Celi na Presidência do Salgueiro. Seu ex marido Fú tudo bem acho até coerente se candidatar pois ja presidiu a Escola, mas o Quinho (risos)é colocar o Salgueiro no Grupo de Acesso, oque ele entende de Administração ainda mais uma Escola como O Salgueiro. Acho que ele deve continuar fazendo seu trabalho como interprete na Escola junto com seu demais companheiro. Não vamos fazer oque fizeram com o Salgueiro nos anos 70 e 80, quando pessoas que não tinham nada haver com o carnaval(Régis Cardoso e outros) presidiram a Agremiação e o Salgueiro mal conseguia chegar a um 5º Lugar. foram anos de muita dor e tristeza. O Miro Garcia com todo seu prestigio e poder que tinha foi difícil dar um título a Escola em 1993. Bom acho que cada um tem que se contentar com o que tem e não meter o nariz onde não é chamado. Sei que a Eleição é para todos que queiram disputar a Presidência, mas em time que esta ganhando não se mexe. Infelizmente nos dias atuais o "ser humano quanto mais tem, mais ele quer".Quinho fica na sua, acho melhor.

  • Avatar
    20/04/2014 18:50:17Phelippe Beija FlorMembro SRZD desde 22/02/2012

    a respeito da eleição so um louco pra tirar a regina de la olha o período antes dela assumir q o salqueiro vinha vivendo e hj a escola q e

  • Avatar
    20/04/2014 18:47:39Phelippe Beija FlorMembro SRZD desde 22/02/2012

    esquece a beija flor o arrombado de macae cuida da portela q tem varias décadas sem titulo quen dera se sua escola contasse com a família david pra ajudar a se manter

  • Avatar
    20/04/2014 11:39:48Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro de mundo do samba e irmão mais novo de Quinha da Portela, aquele abraço a ambos, preliminarmente. Rsrsrs... Você tem razão em relação ao ótimo intérprete Quinho... Rsrsrs... Ã? o seguinte, Melquisedeque é um nome bíblico, se refere a um sacerdote, de acordo com o Velho Testamento... Rsrsrs... Agora, eu reafirmo é imprescindível que a guerreira comandante salgueirense se reeleja pela 2ª vez conquistando o 3º mandato consecutivo. Isto, porque ela na eleição da LIESA em meados de 2015 tem que encabeçar chapa concorrente junto com a candidatura à vice do presidente portelense, tendo conforme disse anteriormente os apoios, participações e votos estratégicos da nova comandante, que se elegerá no mesmo dia dela, da agremiação de Noel & Martinho da Vila mais os independentes da agremiação da estrela-guia de Padre Miguel. Os três membros vitalícios do esdrúxulo e dominante Conselho â??Superiorâ? na atual estrutura de poder da LIESA têm que ser extintos. Então, os 21 cargos e ou funções são: presidente executivo, vice, tesoureiro, secretário, diretor jurídico, diretor comercial, diretor de carnaval, diretor social, diretor cultural, diretor de patrimônio, assessor de imprensa, assessor jurídico, Conselho Deliberativo: presidente, vice e secretário, Conselho Fiscal: presidente mais dois titulares mais três suplentes. Ã? uma pena esta hipotética chapa concorrente não poder contar com mestre Laíla e Cláudio Russo. Seria ilusão achar que o â??papaiâ? nilopolitano os liberaria para tal. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    20/04/2014 02:40:46ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    POR RA, MELQUISEDEQUE, TÁ DE SACANAGEM, ISSO NÃ?O Ã? UM NOME E UM CHUTE NO SACO,AINDA QUER SER PRESIDENTE DO SALGUEIRO COM ESSE NOME? JEEEESUS. O QUINHO, EI, QUINHO VAI CAÃ?AR UMA LAVAGEM DE ROUPA MEU COMPADRE.

  • Avatar
    19/04/2014 16:20:20Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Prosseguindo, o debate de ideias no mundo do samba deve ser sobre filosofia política comunitária, rejeitando-se tanto o moralismo pequeno-aburguesado quanto o administrativismo. No caso do pleito na Academia do Samba, a defesa da vitória da chapa encabeçada pela guerreira comandante salgueirense com um consequente 3º mandato consecutivo não se confunde nem com o casuísmo de que ela possa ter mudado o estatuto para que pudesse concorrer novamente. Assim como não se confunde com o administrativismo baseado no número de títulos independentemente de que tenha sido ou não merecido em função da deturpação de privilegiar o show artístico-visual em detrimento do espetáculo cultural-musical. A defesa do que representa a guerreira comandante salgueirense não a idolatra como se ela fosse uma rainha da cocada preta defendendo o maior espetáculo da Terra de forma oposta ao que foi transformado, um show business, mercantilizado. Não, a defesa do que ela representa repudia sua desqualificação de â??ter comido no prato da era dos Garciaâ? uma vez que, ao contrário, a guerreira comandante salgueirense representa a ruptura tanto com esta nada saudosa era quanto com a do ex-presidente que ela derrotou anteriormente. Haja vista, os dois candidatos a presidente que concorrem com ela se confundem com aquilo com que a guerreira comandante salgueirense chamou de â??a volta da era do tapa na caraâ?. Em outras palavras, a volta do autoritarismo imiscuído com relações promíscuas com a contravenção penal do jogo do bicho e outras atividades criminosas. Afinal, a chapa liderada pela guerreira comandante salgueirense é a melhor opção para o mundo do samba como um todo, especialmente para a Academia do Samba cuja agremiação historicamente é caracterizada pela trilogia tradição, inovação e mudanças no maior espetáculo da Terra. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/04/2014 16:20:20Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Prosseguindo, o debate de ideias no mundo do samba deve ser sobre filosofia política comunitária, rejeitando-se tanto o moralismo pequeno-aburguesado quanto o administrativismo. No caso do pleito na Academia do Samba, a defesa da vitória da chapa encabeçada pela guerreira comandante salgueirense com um consequente 3º mandato consecutivo não se confunde nem com o casuísmo de que ela possa ter mudado o estatuto para que pudesse concorrer novamente. Assim como não se confunde com o administrativismo baseado no número de títulos independentemente de que tenha sido ou não merecido em função da deturpação de privilegiar o show artístico-visual em detrimento do espetáculo cultural-musical. A defesa do que representa a guerreira comandante salgueirense não a idolatra como se ela fosse uma rainha da cocada preta defendendo o maior espetáculo da Terra de forma oposta ao que foi transformado, um show business, mercantilizado. Não, a defesa do que ela representa repudia sua desqualificação de â??ter comido no prato da era dos Garciaâ? uma vez que, ao contrário, a guerreira comandante salgueirense representa a ruptura tanto com esta nada saudosa era quanto com a do ex-presidente que ela derrotou anteriormente. Haja vista, os dois candidatos a presidente que concorrem com ela se confundem com aquilo com que a guerreira comandante salgueirense chamou de â??a volta da era do tapa na caraâ?. Em outras palavras, a volta do autoritarismo imiscuído com relações promíscuas com a contravenção penal do jogo do bicho e outras atividades criminosas. Afinal, a chapa liderada pela guerreira comandante salgueirense é a melhor opção para o mundo do samba como um todo, especialmente para a Academia do Samba cuja agremiação historicamente é caracterizada pela trilogia tradição, inovação e mudanças no maior espetáculo da Terra. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/04/2014 13:31:20TedyMembro SRZD desde 12/04/2012

    A Regina deveria ficar no cargo direto de presidente do Salgueiro. Ã? a melhor presidente do Grupo Especial. As três melhores administrações do Grupo Especial são: Salgueiro, Beija-Flor e Tijuca. Mas a do Salgueiro mesmo tendo apenas um título nos anos mais recentes é a melhor administração.

  • Avatar
    19/04/2014 11:40:41Jonny B. GoodmanMembro SRZD desde 14/10/2010

    Sinceramente acho que a coisa esta ficando boa.... será travada uma briga jurídica interessante, de um lado a situação que tenta se reeleger (baseada em uma mudança de estatuto, ode a Sra. Regina realizou alteração visando a sua reeleição quando já cumpriu o seu 2ª mandato não podendo mais pleitear o cargo, conforme a lei, veremos o que acontece.)De outro lado o ex-presidente do salgueiro e ex-marido da Sra. Regina, Sr. Fu Duran, querendo da continuidade ao vinculo familiar no comando da escola (ou sei lá o que, derepente diminuir voto de alguém. E finalmente teremos o Sr. Melquisedeque Quinho, postulando o cargo baseado no resgate dos antigos Salgueirenses, que momentaneamente se encontram afastados por motivos diversos e apoiado pela Família Garcia, (que conforme a Sra. Regina afirmou em entrevista "a volta da era do tapa na cara", palavras dela que comeu muito do prato dos Garcia. Vamos ver o que acontece...dia 4/5 será data a resposta. Sorte a todos.

  • Avatar
    18/04/2014 19:19:07AghataMembro SRZD desde 20/05/2013

    Tomara q a dona Regina, ganhe mais esta eleição. Pois caso contrário, será um desastre para a Academia do samba e para o carnaval carioca, não tê-la mais como sua Presidenta. Mas como no mundo do samba todos nós q vivenciamos seus bastidores, sabemos q por mais louco e sem propósito q pareça, pois é possível sim da dona Regina não conseguir sua reeleição. Existem muiiiiiitas forças nos bastidores, quem vivencia os bastidores sabe o q eu to dizendo.

  • Avatar
    18/04/2014 17:57:10Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    A candidatura do intérprete Quinho encabeçando chapa concorrente caso tenha registro confirmado será nova rebeldia à gestão da presidenta Regina Celi Fernandes. Favorita para conquistar a 2ª reeleição ou 3º mandato consecutivo, ela em 2011 teve que dar de cachê um carro-zero a Quinho para que ele aceitasse dividir voz oficial com os intérpretes Serginho do Porto e Leonardo Bessa. Caso a presidenta salgueirense se reeleja novamente, derrotando pela 2ª vez â?? a 1ª foi em 2012 - o ex-marido dela Luiz Augusto Duran o Fu e o próprio Quinho, dependerá do nível da campanha eleitoral para que ela renove o contrato profissional do rebelde intérprete Quinho. Que foi recontratado profissionalmente â?? pertencia à tricolor caxiense â?? pela Academia do Samba em 2004 durante a gestão do então presidente Fu. O que se augura para o bem do mundo do samba e do Salgueiro é que respaldada por seus competentes, mudancistas, merecidamente elogiados e vitoriosos dois mandatos consecutivos iniciados em 2009, a guerreira comandante salgueirense seja vencedora pela 3ª vez. E que após isto, tendo em vista o Carnaval 2015 o qual com certeza o Salgueiro disputará o título, em meados do ano na eleição da LIESA em cujo órgão há dois mandatos consecutivos ela é oprimida, discriminada e relegada à mera função de suplente no Conselho Fiscal do órgão. Então, será imprescindível a guerreira comandante salgueirense passar a articular uma chapa concorrente na eleição da LIESA tendo como programa a extinção do vitalício Conselho â??Superiorâ? e a mudança do quadro de julgadores/julgadoras. Na chapa a candidata a presidente deve ser ela, o candidato à vice o presidente da Majestade do Samba e ter como apoiadores a nova presidenta da agremiação de Noel e os independentes da estrela-guia de Padre Miguel. Almir de Macaé.

Comentar