SRZD


19/05/2014 10h49

Completando um ano da nova gestão, Portela volta a pensar em campeonato
Redação SRZD

A Portela vive um novo momento. Completando um ano da gestão do presidente Serginho Procópio, que tem em sua equipe Monarco e Marcos Falcon, a águia de Madureira está novamente estruturada. Dívidas ainda existem, mas a administração faz questão de frisar que estão todas sendo pagas, de acordo com os compromissos firmados entre os credores e a escola. Em um balanço feito pelo trio, que faz questão de prestar contas à comunidade, a escola, que este ano conquistou o terceiro lugar e voltou ao desfile das Campeãs aclamada pelo público, agora pode começar a pensar em campeonato.

Foto: Reprodução de Internet

O presidente Serginho Procópio destaca, entre os principais pontos dos primeiros 12 meses de gestão, o fortalecimento da Portela como berço cultural.

"Os artistas estavam afastados. Praticamente haviam sumido da Portela. Marisa Monte e Paulinho da Viola fizeram show memorável na quadra, com a renda para ajudar os preparativos do desfile deste ano. Diogo Nogueira, Mariene de Castro, Teresa Cristina e até artistas de outras escolas como Martinho da Vila, Neguinho da Beija-Flor, Dudu Nobre e Beth Carvalho vieram prestigiar a nossa feijoada, porque também quiseram ajudar a Portela. Todos conhecem a importância da escola no cenário cultural. Hoje, a escola valoriza seus grandes nomes, como Monarco, Casquinha, Waldir 59, e sempre recorda os que passaram como Paulo da Portela, Candeia e Manacéa, o que há anos não acontecia."

Marcos Falcon, vice-presidente e responsável pela parte financeira da Portela, diz que, embora a escola ainda não tenha conseguido quitar todas as dívidas, que somavam mais de R$ 10 milhões, a situação está sob controle.

" Aquele caos que encontramos quando assumimos a Portela, não vai se repetir. Eram dívidas em todas as esferas, com diversos fornecedores, além de sérias pendências trabalhistas. Pagamos algumas, parcelamos outras e estamos cumprindo todos os acordos. Conseguimos regularizar a situação com o Ministério da Cultura, que nos permitiu captar recursos contando com os incentivos da Lei Rouanet. Fechamos as contas do carnaval 2014 sem dívidas. Prometemos uma administração transparente e é isso que está acontecendo. Todos os recursos que entraram na escola foram usados na Portela. E os sócios vão poder conferir isso na assembleia para prestação de contas, marcada para o próximo dia 29."

Já Monarco, baluarte da escola, é só alegria ao falar do atual momento da agremiação.

"Serginho e Falcon trabalham sério, como prometeram aos portelenses. Formaram uma equipe honesta, atuante e que botou a escola nos trilhos, apesar de todas as dívidas que encontramos. Na época da campanha, quando as pessoas souberam que eu estava na chapa, muita gente disse que eu não deveria me envolver tão diretamente na política na escola. Fiz o que a minha consciência mandou e não tenho nenhum arrependimento. Tenho certeza que teve o dedo de Deus na nossa vitória, que fez com que os portelenses se unissem e dessem as mãos para reerguer a escola" , afirma o artista, que prevê outro belo desfile para o ano que vem.

A porta-bandeira Daniele Nascimento, herdeira de Wilma, está confirmada como titular do pavilhão. Foto: Gabriela Batista

A terceira colocação deste ano, fez com que a equipe fosse mantida. Monarco avalia a atitude da presidência de forma positiva e já pensa em título para 2015.

" A equipe toda do barracão foi mantida, com o Alexandre Louzada (carnavalesco) e o Bruno (Luiz Carlos, diretor de carnaval) comandando os profissionais. Este ano, ficamos em terceiro lugar, atrás de duas escolas fortes financeiramente (Unidos da Tijuca, 1ª colocada, e Salgueiro, 2ª). Ninguém vai mais poder dizer o que eu cansei de ouvir: que a Portela não fazia desfile pra competir. O portelense está feliz e vamos levar a escola outra vez a disputar as primeiras colocações em 2015", aposta Monarco.

Para celebrar o primeiro ano de gestão do trio, será celebrada uma Missa de Ação de Graças nesta segunda-feira, às 20h, na quadra, que fica na rua Clara Nunes, 81, em Madureira.


Veja mais sobre:PortelaCarnaval 2015

Comentários
  • Avatar
    21/07/2014 23:06:58ClóvisMembro SRZD desde 27/10/2011

    ...portelense desde l970 só assisti à Portela com enredo religioso já em 1984....até então só o afro Ilu Ayê,mas nada religioso...e isso diferenciava a escola com seu famoso Departamento Cultural com temas importantes, como Macunaíma, Itinerário de Pasárgada, Lapa em Três Tempos e tantos outros tão cotados...mas agora parece provinciana quando já foi a Corte...espero arguciosidade da atual diretoria com filões notáveis com impõem Salgueiro e Tijuca...com todo o respeito ao excelente trabalho do Sr. Monarco e diretoria...

  • Avatar
    21/07/2014 22:57:01ClóvisMembro SRZD desde 27/10/2011

    ...portelense desde l970 só assisti à Portela com enredo religioso já em 1984....até então só o afro Ilu Ayê,mas nada religioso...e isso diferenciava a escola com seu famoso Departamento Cultural com temas importantes, como Macunaíma, Itinerário de Pasárgada, Lapa em Três Tempos e tantos outros tão cotados...mas agora parece provinciana quando já foi a Corte...

  • Avatar
    23/05/2014 18:11:31LoyanaMembro SRZD desde 05/07/2011

    Almir, não falei que o enredo é "repetitivo, batido ou esgotado " falei que não o acho interessante, e realmente não acho...mas enfim se a Portela arrebentar com ele em 2015 o meu achismo que se dane...srsrrsrs

  • Avatar
    21/05/2014 10:47:07Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Loyana, portelense parceira conforme eu sou torcedor-amante da Majestade do Samba, é o seguinte. Eu me considero uma pessoa convictamente democrática que sabe conviver com pluralidade, heterogeneidade enfim com a universalidade das ideias. Assim, em nosso mundo do samba, um meio comunitário de excelência em Artes, Culturas e Dignidade, eu tenho convivido com pessoas que se equivocam deixando de levar em consideração que o nosso meio tornou-se o maior espetáculo da Terra. Ou seja, tornou-se um meio ditado pelo mercado (capital ávido por lucro ao invés do bem estar ou felicidade social). Em outras palavras, o maior espetáculo da Terra permanece apoteótico e competitivo, tendo se globalizado e virado um show business. Dentre os 10 quesitos apreciados enquanto regra que vale ponto, Enredo somente deve ser considerado repetitivo, batido ou esgotado quando houver repetição do tema, viés e fio condutor. Não me parece o caso do enredo 2015 de nossa amada Portela intitulado â??ImagináRio - 450 anos de uma Cidade surrealâ? a ser desenvolvido pelo ótimo & vitorioso carnavalesco Alexandre Louzada, que é portelense. Aliás, pra ter-se ideia como a Águia Altaneira ou a Águia Guerreira de Oswaldo Cruz e Madureira é pródiga em exaltar a Cidade Maravilhosa ou a Paris Tropical vide o clássico da Música Popular Brasileira â??Foi um Rio que passou em minha vidaâ? do sambista, compositor e poeta portelense Paulinho da Viola. Por último, agora mesmo em 2014 no enredo â??Um Rio de mar a mar: do Valongo à Glória de São Sebastiãoâ? do professor Rogério Rodrigues e desenvolvido pelo citado carnavalesco, um dos sambas concorrentes o da parceria liderada pelo compositor Gerson PM tem como refrão principal: â??Ser carioca é ser Portela/Sou Portela/Rio, eu posso te dizer/Rio, eu amo vocêâ?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    21/05/2014 02:05:21LoyanaMembro SRZD desde 05/07/2011

    Uma das formas de uma escola se estabelecer na busca por títulos é reconhecer o trabalho árduo de profissionais q entraram n agremiação... Parabéns a Portela por ter compromisso e respeito com estes trabalhadores q honraram o nome da nossa escola no desfile deste ano... definindo equipe e enredo com tanto tempo de antecedência, a possibilidade de um desfile impagável é grande, apesar do tema para 2015 não ser o mais interessante

  • Avatar
    20/05/2014 16:17:49Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Jorge, eu agradeço-lhe a informação esclarecedora. Não é o seu caso, mas prosseguindo o debate de ideias pra que nenhum portelense alienado politicamente ou mesmo fanático que infelizmente existe, eu digo o seguinte. Quando eu considero nota 10 a gestão da atual diretoria está incluída sua acertada filosofia política administrativa específica do departamento social. Isto é, enquanto instituição privada de interesse público, ou seja, sendo grêmio recreativo e escola de samba desenvolve corretamente parcerias utilizando verbas públicas e privadas em projetos sociais que tenha cunho artístico, cultural e educacional. Tudo com transparência e ética. Mas, não são todas que fazem isto, nem é o caso aqui de citá-las. Quanto à perspectiva do Carnaval 2015, nossa amada agremiação está com a equipe completa e preparando-se para apresentar um desfile que não deixe dúvida ao suspeito quadro de julgadores/julgadoras (QJ) da LIESA a dar as notas máximas nos 10 quesitos apreciados, suficientes para torná-la campeã pela 22ª vez. Independentemente disto, a diretoria portelense será digna de uma nota 10 com louvor, se na eleição da LIESA em meados de 2015 junto com a presidenta da Academia do Samba e suplente do Conselho Fiscal do órgão vier a liderar, uma imprescindível chapa concorrente independente & de mudanças objetivando a extinção do vitalício & dominante Conselho â??Superiorâ? e a reestruturação do QJ da LIESA. Oportunamente, ao longo dos comentários mencionarei as agremiações e respectivos dirigentes que podem e devem também compor e ou apoiar tal chapa concorrente. Afinal, sem fazer indevida propaganda citando nome de quem está comprometido com o continuísmo na LIESA. Não esqueçamos que o nada saudoso presidente anterior & expulso do quadro social da Portela é secretário do Conselho Deliberativo da LIESA. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/05/2014 21:15:52Joao LorettoMembro SRZD desde 19/05/2014

    alguém tem o desfile completo de 2014 da Portela, pois procurei no youtube e não encontrei.

  • Avatar
    19/05/2014 19:59:39AghataMembro SRZD desde 20/05/2013

    Ã? a Portela, tentando voltar a ser grande, pois está há quase meio século sem ganhar campeonato algum. Para tentar voltar a ser grande tem um grande carnavalesco q é Louzada, o qual irá tirar água de pedra deste enredo piniqueiro, q já foi batido, rebatido e tribatido sobre o RJ.

  • Avatar
    19/05/2014 19:47:36JorgeMembro SRZD desde 29/11/2009

    Almir, me refiro a foto da águia. Esta não é uma alegoria portelense e sim da escola de samba Tradição.

  • Avatar
    19/05/2014 16:36:59Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Volto a comentar a notícia, não por vaidade, mas sim por necessidade enquanto torcedor-amante e pra lembrar a denominação-marketing da atual diretoria quando concorreu e venceu o pleito em 2013: â??Portela Verdadeâ?. Os comentários dos leitores Clóvis e Jorge são no mínimo, com todo respeito, imprecisos. Sobre o comentário do parceiro Clovis eu fico a vontade porque é público & notório que não sou uma pessoa religiosa. Assim a crítica dele de que estaria ocorrendo mistura de Arte com religião não me parece correta. As escolas de samba têm DNA diversificado tanto em termos de Arte quanto de Cultura nela inclusa a religiosa, ainda que historicamente a da maioria das pessoas seja a do sincretismo. Ou seja, a de juntar as crenças religiosas católicas ou judaico-cristãs com uma das religiões de matriz africana, Umbanda. Isto, além obviamente do Candomblé por ser outra religião que tem tudo a ver com as pessoas pobres e oprimidas dentre as quais as de cor da pele preta ou negros/negras ou ainda afrodescendentes. O samba tem raiz africana e o Brasil é o 2º país do Planeta em população negra. Eu estou convencido, a divulgação da missa em ação de graças é escolha meramente formal do trio de bambas Serginho Procópio, Marcos Falcon e mestre Monarco. Caso não ocorra outro evento alusivo às demais religiões, na hora da missa em ação de graças, lá no íntimo - crença religiosa é exatamente uma questão de foro íntimo - as pessoas não católicas, umbandistas e candomblecistas não irão deixar de fazer a oração conforme suas crenças religiosas. Quanto ao comentário do parceiro Jorge de que uma das fotos seria (?) da dissidente Tradição... Eu não consigo identificar a qual ele se refere. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/05/2014 16:36:59Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Volto a comentar a notícia, não por vaidade, mas sim por necessidade enquanto torcedor-amante e pra lembrar a denominação-marketing da atual diretoria quando concorreu e venceu o pleito em 2013: â??Portela Verdadeâ?. Os comentários dos leitores Clóvis e Jorge são no mínimo, com todo respeito, imprecisos. Sobre o comentário do parceiro Clovis eu fico a vontade porque é público & notório que não sou uma pessoa religiosa. Assim a crítica dele de que estaria ocorrendo mistura de Arte com religião não me parece correta. As escolas de samba têm DNA diversificado tanto em termos de Arte quanto de Cultura nela inclusa a religiosa, ainda que historicamente a da maioria das pessoas seja a do sincretismo. Ou seja, a de juntar as crenças religiosas católicas ou judaico-cristãs com uma das religiões de matriz africana, Umbanda. Isto, além obviamente do Candomblé por ser outra religião que tem tudo a ver com as pessoas pobres e oprimidas dentre as quais as de cor da pele preta ou negros/negras ou ainda afrodescendentes. O samba tem raiz africana e o Brasil é o 2º país do Planeta em população negra. Eu estou convencido, a divulgação da missa em ação de graças é escolha meramente formal do trio de bambas Serginho Procópio, Marcos Falcon e mestre Monarco. Caso não ocorra outro evento alusivo às demais religiões, na hora da missa em ação de graças, lá no íntimo - crença religiosa é exatamente uma questão de foro íntimo - as pessoas não católicas, umbandistas e candomblecistas não irão deixar de fazer a oração conforme suas crenças religiosas. Quanto ao comentário do parceiro Jorge de que uma das fotos seria (?) da dissidente Tradição... Eu não consigo identificar a qual ele se refere. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/05/2014 13:21:57JorgeMembro SRZD desde 29/11/2009

    Faz uma matéria da Portela e colocam uma foto da Tradição?...que isso SRZD?

  • Avatar
    19/05/2014 12:37:00ClóvisMembro SRZD desde 27/10/2011

    Esse negócio de misturar religião com arte é que afasta as pessoas por divergência óbvia.Pena que a escola não perceba o quanto perde com isso.Como eu,muitos se afastam. Hoje o samba se diversificou e ganhou identidade culturalmente diversificada,mas isso enfraquece a escola.

  • Avatar
    19/05/2014 12:33:23Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Em 2014 a surpresa, majestosa, por sinal, não foi a até aqui nota 10, conforme ensinou Mestre Candeia, filosofia político-administrativa do 1º ano de gestão da diretoria da Portela. Mas, sim, o altaneiro desfile apresentado. Antes do Carnaval 2014 eu subestimei a possibilidade de minha amada agremiação de fato disputar o título de campeã, embora eu sempre tenha afirmado que a Portela voltaria entre as seis primeiras colocadas. Entretanto, depois de assistir ao vivo na Sapucaí aos desfiles de domingo e 2ª feira, eu não tive dúvida. O título ficará entre a Portela e a Academia do Samba. Tudo, por que volto a citar Mestre Candeia, por uma questão de filosofia de desfile. As duas agremiações se apresentaram praticamente perfeitas dentro do apoteótico, competitivo e tradicional maior espetáculo da Terra atual. Foram as únicas a merecerem o título de campeã. Bem, sobre o resultado, até o presidente-fantoche da LIESA reconheceu ter existido â??discrepânciasâ? nas notas dadas pelo quadro de julgadores e julgadoras (QJ), admitindo mudá-lo em 2015. Tudo, porque o título de campeã foi imerecido assim como a agremiação rebaixada para a Série A foi injustiçada ante a que sendo a campeã do ano anterior & do coração de um dos três membros vitalícios & dominantes do Conselho â??Superiorâ? (CS), acabou ficando absurdamente na 10ª colocação. Eu não creio em mudança na LIESA antes da eleição em meados de 2015. Daí eu não me canso de alertar, o Carnaval 2015 é preliminar da eleição do órgão na qual, independentemente do resultado a ser comprovado no desfile, a Academia do Samba e a Majestade do Samba têm que encabeçar chapa concorrente propondo as seguintes mudanças na LIESA: Extinção do CS e reestruturação do QJ. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/05/2014 11:24:17RICARDINHO DA PORTELAMembro SRZD desde 28/02/2013

    ACHO QUE A CIDADE MARAVILHOSA DO BRASIL,RIO DE JANEIRO,TEM UM CONTEUDO IMENSO PARA MOSTRAR.SENDO AQUI NESSA CIDADE QUE TUDO ACONTECE EM PRIMEIRO LUGAR ,EM TODOS OS SENTIDOS,NÃ?O FALTARÁ O QUE MOSTRAR.EM SUAS BELEZAS NATURAIS,COSTUMES,FAVELA,SAMBA,CULTURA,F ESTAS RELIGIOSAS,BANDIOS, RSRSRSR, E MUITA CORRUPÃ?Ã?O.SÃ? NÃ?O GANHAMOS DE BRASILIA.MAS VEM MUITA COISA POR AÍ QUE AINDA NÃ?O FOI MOSTRADO.LOUZADA Ã? UM DOS MELHORES DO RIO, E NÃ?O VAI FALHAR COM CERTEZA. VAMOS VER O BICHO QUE VAI DAR.FALAR DE UMA CIDADE QUE ENCANTA A QUALQUER SER HUMANO,VALE A PENA REPRODUZIR , NO MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA. AXÃ?. E VIVA A MAGESTADE DO SAMBA DO BRASILEIRO.

Comentar