SRZD


11/07/2014 18h26

Veja o enredo do Sereno de Campo Grande para o Carnaval 2015
Redação SRZD

Integrante do Grupo B, organizado pela Associação das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, o Sereno de Campo Grande divulgou o enredo e a sinopse do tema que apresentar no desfile da Intendente de Magalhães, na tentativa do campeonato e consequente ascensão à Série A do Carnaval carioca. Assinado pela dupla Eduardo Pinho e Amauri Santos, que também dará expediente na Estácio de Sá, a "coruja" contará algumas curiosidades que rondam o número 7.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval 2015

Os compositores que estiverem interessados em participar da disputa de sambas devem estar atentos às datas de entrega das composições  e início da disputa. Para realizar a inscrição das obras, a parceria vai desembolsar R$200. Os compositores que participaram do desfile em 2014 e que pagaram a roupa da ala, terão desconto de R$ 40.  Somente serão aceitas inscrições de parcerias com até 5 compositores. 

A data escolhida para entrega das composições é o dia 19 de agosto. Antes disto porém, os poetas da azul e branco poderão tirar suas dúvidas referentes à sinopse nos dias 15 e 22 de julho. em ambas as ocasiões, os carnavalescos estarão disponíveis para atender os compositores às 20h na quadra da escola. no ato da entrega das composições, as parcerias deverão apresentar um CD com o samba gravado e 20 cópias da letra, além do pagamento da taxa. 

A disputa começa com a apresentação dos sambas concorrentes, uma no dia 29/08/2014 e outra no dia 05/09/2014.

Confira a sinopse na íntegra:

G.R.E.S. SERENO DE CAMPO GRANDE
Carnaval 2015
De azul e branco a Coruja pinta o 7 na avenida.

O Sereno de Campo Grande vem contar algumas curiosidades sobre o número 7. Místico, histórico e religioso, o porquê nós ainda não descobrimos, são segredos que devem estar guardados a 7 chaves. O que sabemos é que o 7 mesmo sem percebermos está sempre presente em nosso dia a dia desde a criação do mundo.

Contam as escrituras sagradas que após seis dias de trabalho árduo o Criador descansou, pois criou o céu, a terra e tudo que neles há. Criou o Sol com 7 cores em seus raios para a vida iluminar, fez a lua tão vaidosa que de 7 em 7 dias muda de forma ao nosso olhar.
Criou o homem e lhe ofereceu 7 virtudes, mas também lhe mostrou que existiam 7 pecados. Este, muito pretensioso navegou por 7 mares em busca de sabedorias, porém desobediente e pecador fez tudo ir por água abaixo, mas Noé 7 dias antes num bom papo com Deus decidiu colocar na arca 7 casais de cada animal puro e também 7 casais de cada ave antes do dilúvio chegar. Passado o susto, aí sim, pode enfim contemplar a beleza do arco-íris com suas 7 cores.

O homem, ao longo de sua existência passou a descobrir muitas outras curiosidades que envolvem o 7, conheceu os 7 metais sagrados, viu que em seu próprio corpo existem 7 pontos de energia, construiu 7 maravilhas e depois mais 7, fez do cinema a arte de número 7 e viu que em noite de lua cheia é o filho homem de número 7 é que se transforma em lobisomem.


Nas histórias infantis, Simbad contou suas 7 viagens, Barba azul teve 7 mulheres, os 7 anões salvaram a Branca de neve, o pequeno polegar era um dos 7 filhos e calçou a bota de 7 léguas e a Fera foi ver a Bela às 7 horas e depois se ausentou por 7 dias.

O 7 é místico, o 7 é referência religiosa, são 7 os sacramentos do catolicismo, mas também são 7 as linhas da umbanda e 7 são os símbolos sagrados dos ciganos, porém mesmo aquele que não é tão religioso assim, pelo sim pelo não, pula as 7 ondas em busca de um ano melhor, não custa nada né?


Portanto dou-lhe um conselho de amigo, viva intensamente os 7 dias da semana e não faça da vida um bicho de 7 cabeças, vamos brincar, sambar, cantar... Desfrutar das 7 notas musicais... Pois só o felino tem 7 vidas e sabemos que tudo isso acabará quando estivermos embaixo de 7 palmos. Mas enquanto isso não acontece a Sereno de Campo Grande lhe convida a pintar o 7.

Amauri Santos e Eduardo Pinho

Leia mais:

-Unidos da Ponte contrata nova porta-bandeira



Comentários
Comentar