SRZD


28/07/2014 20h56

Pezão: 'PM não pode ser julgada pela má conduta de um grupo'
Redação SRZD

O governador Luiz Fernando Pezão afirmou nesta segunda-feira (28) que a Secretaria de Segurança tem como uma das prioridades o combate à má conduta dos policiais. Segundo ele, o trabalho da Polícia Militar não pode ser julgado por causa do mau comportamento de alguns agentes.

- MP pede prisão preventiva de PMs suspeitos de homicídio no Fogueteiro

Luiz Fernando Pezão. Foto: Agência Brasil

"Se teve um governo que cortou na própria carne foi o nosso governo. Em sete anos e meio, punimos mais de 1.500 policiais militares por má conduta, com expulsão, prisão. Não compactuamos com violência, nem contra policiais militares, quando são assassinados, e da mesma forma quando praticadas por policiais, que cometem arbitrariedade, crimes", disse.

Para Pezão, julgar toda a Polícia Militar por causa da conduta de um seleto grupo é algo que não deve ser feito. "Não podemos julgar a maioria da nossa força de Segurança por alguns policiais militares, que não tem comportamento condizente com a legalidade. Não podemos julgar uma tropa de 48 mil policiais militares e 11 mil policiais civis, com base na má conduta de um grupo. Estamos fazendo um grande esforço para melhorar a formação deles", afirmou.

Leia também:

- Secretário afirma que fechamento de avenida não causou caos no trânsito

- Eleições: saiba o que pode ou não pode na propaganda eleitoral

Curta a página do SRZD no Facebook:



Comentários
  • Avatar
    29/07/2014 09:55:25ANDREAnônimo

    O slogan de campanha de Bethlem é ?Fazendo a coisa certa?. Essa é a TURMA DO PMDB DE PEZÃ?O MP convoca Rodrigo Bethlem e vice-prefeito para depor sobre caso Deputado foi acusado de fazer 'caixa 2', com dinheiro de campanha financiado por Jacob Barata

  • Avatar
    28/07/2014 23:49:44rioaovivo.comAnônimo

    CANDIDATOS A GOVERNADOR : rjtv.globo.com

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.