SRZD


05/08/2014 14h20

Ex-policial Bola vai a júri popular por morte de dois homens
Redação SRZD

O ex-policial, Marco Aparecido dos Santos, o Bola, vai a um novo júri popular pela acusação de homicídio. A decisão foi dada pela juíza Cirlaine Maria Guimarães, da comarca de Esmeraldas, em Minas Gerais. Ele é acusado de ter matado dois homens no centro de treinamento do Grupo de Respostas Especiais (GRE) da Polícia Civil, em 2008.

- Pai que abandonou filho após acidente é procurado pela polícia no RS

Marco Aparecido dos Santos, o Bola. Foto: Divulgação

Na mesma acusação, outros três ex-policiais, que teriam participado do crime, também seram julgados. Todos eles irão responder por homicídio, tortura, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e peculato, que é o crime cometido por funcionário público.

Na denúncia feita pelo Ministério Público, o Bola e os outros ex-policiais renderam as vítimas quando eles estavam em um carro, parado perto do GRE. Os ex-agentes suspeitaram que eles fariam um assalto e constataram que eles tinha antecedentes criminais. Em seguida, eles foram levados para dentro da GRE onde foram interrogados, algemados e torturados. No final, eles tiveram os corpor esquartejados.

Curta a página do SRZD no Facebook:


Veja mais sobre:Caso Eliza SamudioMorte

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.