SRZD


21/08/2014 12h28

ENQUETE ENCERRADA! Vote no melhor enredo do Grupo Especial para o Carnaval 2015
Redação SRZD

A votação recomeçou na manhã desta sexta-feira. Por um erro de sistema, que já foi corrigido, a enquete não estava contabilizando apenas um voto por IP. Para ter um resultado justo e real, somente os votos registrados a partir desta manhã serão validados.

Todos os enredos do Grupo Especial para o Carnaval 2015 já foram divulgados. E, como o SRZD-Carnaval faz todo ano, queremos saber sua opinião, leitor e amante do espetáculo: qual é o melhor enredo para o próximo Carnaval?

Vale lembrar que o objetivo da enquete é que os leitores possam votar e dar sua opinião sobre os temas, sempre de forma respeitosa. O resultado da votação não expressa a posição do SRZD.

O resultado da enquete será divulgado no dia 5 de setembro, e o SRZD-Carnaval fará uma matéria especial com integrantes da escola que vencer a pesquisa!

- Enquete: vote no melhor enredo da Série A para o Carnaval 2015

Logomarcas Grupo Especial Carnaval 2015. Foto: Montagem SRZD

Relembre os temas abaixo e deixe seu voto!

SALGUEIRO - "Do fundo do Quintal: sabores e saberes na Sapucaí"

MOCIDADE - "Se o mundo fosse acabar, o que você faria se só lhe restasse um dia?"

PORTELA - "ImagináRIO - 450 janeiros de uma cidade surreal"

UNIDOS DA TIJUCA - "Um conto marcado no tempo"

UNIÉO DA ILHA - "Beleza Pura?"

SÉO CLEMENTE - "A incrível história do homem que só tinha medo da Matinta Pereira, da Tocandira e da Onça Pé de Boi"

IMPERATRIZ - "AXÉ NKENDA - Um  ritual de liberdade -  E que a voz da liberdade seja sempre a nossa voz"

VILA ISABEL - "O maestro brasileiro está na terra de Noel. A partitura em azul e branco, da nossa Vila Isabel"

VIRADOURO - "Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça"

BEIJA-FLOR - "Um Griô Conta a História: Um Olhar Sobre a África e o Despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos Sobre a Trilha de Nossa Felicidade"

MANGUEIRA - "Agora chegou a vez, vou Cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira Em Primeiro Lugar!"

GRANDE RIO - "A Grande Rio é do baralho!"

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 



Comentários
  • Avatar
    05/09/2014 00:19:56augusto cesar da conceição alvesMembro SRZD desde 13/10/2010

    O PESSOAL ESTÁ ESQUECENDO O QUE A ENQUENTE PERGUNTA. OS MELHORES ENREDO DE 2015 SÃ?O : VIRADOURO ILHA IMPERATRIZ PORTELA M OCIDADE Não estou falando de carnavalesco ou escola e sim ENREDO. PARA MIM ESSES SÃ?O OS MELHORES!

  • Avatar
    03/09/2014 20:53:36Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Em 2014 tem alguns enredos interessantes, segue eles abaixo . Imperatriz Leopoldinense . Beija Flor de Nilopolis . Grande Rio . Mangueira . Mocidade independente de Padre Miguel . Salgueiro

  • Avatar
    03/09/2014 13:14:09VictorMembro SRZD desde 02/07/2014

    Em primeiro lugar Cecilia, pelo que eu sei, a enquete computa APENAS UM VOTO por usuário do site, agora se a Mocidade Independente tem uma torcida grande, não podemos fazer nada! E em relação ao enredo da Mocidade, acho muito dificil ele não causar na avenida, posso dizer com toda a certeza que hoje a Mocidade é a escola mais aguardada para o desfile de 2015, e na minha humilde opinião e para o meu gosto a escola tem o melhor enredo SIM, mas lembrando que essa é a minha opinião! E olha que eu não sou um "INDEPENDENTE", apenas sei reconhecer quando a escola coirmã tem um enredo maravilhoso, como o da agremiação em questão!

  • Avatar
    01/09/2014 19:23:55CeciliaMembro SRZD desde 18/06/2013

    Mas Não é mesmo esse enredo da mocidade está longe de ser o melhor, o problema é que se pode votar mais de uma vez então a turminha fanática e pentecostal da mocidade fica em fileiras votando pra levantar o brio do torcedor, enredo bom é aquele que causar na avenida, só assim pra saber qual o melhor enredo.

  • Avatar
    28/08/2014 20:39:28Luciano AraújoMembro SRZD desde 22/11/2010

    O que mais chama atenção, expectativas e ambição, e com certeza, o melhor enredo de 2015, é "SE O MUNDO FOSSE ACABAR, O QUE VOCÃ? FARIA SE SÃ? LHE RESTASSE UM DIA?" , da nossa querida Mocidade Independente de Padre Miguel...

  • Avatar
    27/08/2014 17:26:19VictorMembro SRZD desde 02/07/2014

    Verdade João, alegorias são cenários para melhor compreender o enredo, ali o carnavalesco pode fazer o que achar melhor para o público "ENTENDER" a história que a agremiação está contando, e eu sempre entendo muito bem o que o Paulo transmite em seus carros, são alegorias de facílimo entendimento! E agora saindo do assunto alegoria, vamos falar de alas, que essas sim acredito eu, que o Paulo é mestre, e as fantasias criadas por ele são de fácil entendimento, tem muito luxo e criatividade, e ninguém pode dizer que não são "CARNAVALESCAS", pois são sim, claro que algumas são mais teatrais mas são só algumas durante o desfile, mas isso é igual a questão das alegorias, se o enredo pedir...Por que não?

  • Avatar
    27/08/2014 16:01:32João SilvaMembro SRZD desde 18/08/2010

    Ã? isso mesmo amigo Victor. Alegorias são cenários. Se o que se coloca em cima desse cenário está coerente, ou seja, transmite e comunica o tema do setor, qual o problema nisso? Se todos os carros da Mocidade não forem estáticos e vierem todos coreografados/teatralizados, qual a polêmica nisso? Vai deixar de ser escola de samba porque ninguém samba nos minúsculos queijos e só fazem ali caras e bocas? AH, tá. O parâmetro pra dizer se uma escola é ou não é de samba é quantidade dos carros encenados. Muito elucidativo, de profundo e relevante mérito essa questão. Quando a gente não gosta, qualquer desculpa serve.

  • Avatar
    27/08/2014 13:44:01VictorMembro SRZD desde 02/07/2014

    Concordo com voce Cláudia, quando a coreografia é NECESSÁRIA e está dentro do contexto do enredo, não vejo nenhum problema, mas realmente em 2014 tivemos alguns probleminhas de coreografias desnecessárias nas alegorias da tijuca, como a última por exemplo, com uma coreografia sem nenhum sentido! E se tem uma coisa que o Paulo Barros sabe fazer é alegorias coreografadas encantadoras e que dão um tom divertido e leve para o desfile, esses dias até vi um comentário, não lembro a onde, que resume bem essa utilização da coreografias nos carros, a pessoa falou o seguinte, que o componente da escola fica muito feliz em participar de uma alegoria desse tipo, pois ele se sente importante, se sente bem! Gosto muito de alegorias coreografadas, e voce Cláudia, que viu esses dias o desfile de 2012, o que acha da alegoria dos bonecos de barros humanos? Eu acho sensacional, lindíssima, delicada, divina!

  • Avatar
    27/08/2014 01:13:03GeanMembro SRZD desde 22/02/2016

    Ã? Cláudia, uma coisa não tem nada a ver com a outra. O Paulo Barros é um Grande Carnavalesco... fato!!!! Apesar de não agradar algumas pessoas com seu estilo teatral. E por mais que a Portela tenha tido 4 Alegorias coreografadas(teatralizadas), a Portela fez desfile de escola de Samba em 2014. Não dá pra comparar com a Teatralização da Tijuca. E é isso que o PB faz, coloca teatro em suas Alegorias. Não negue Cláudia, não vem com essa de que a Tijuca só teve 3 Alegorias coreografadas. O Paulo põe Teatro em todas as suas Alegorias. E vamos em 2015 ver o mundo explodir em uma Alegoria... Gente malhando em Alegoria... Gente nua em Alegoria... Ou você acha que o fim do mundo não será polêmico??? E essas 3 hipóteses que citei recentemente, será mais uns dos teatros nas Alegorias de PB.

  • Avatar
    26/08/2014 20:37:51Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Estava vendo esses dias os desfiles da Tijuca de 2010 a 2013. Na maioria das vezes foram 6 alegorias, só 2012 que foram 7. Em 2012 foram 4 alegorias completamente coreografadas, nas outras foram 3, sendo que em todas as outras alegorias não foram coreografadas. Gozado para um carnavalesco de Cirque de Soleil ter apenas metade das alegorias coreografadas né? E qual é o problema? Se tiver no contexto do enredo, não vejo problema algum. Vi problema este ano, quando tinha coreografias que não cabiam no enredo. E Gean, a tua escola este ano teve quatro alegorias coreografadas. Será que não vai se transformar em Cirque de Soleil? Cuidado para não pegar a síndrome de Paulo Barros hein?

  • Avatar
    26/08/2014 20:24:12Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Carlito BF, você não me entendeu. O Renato viu o filme e em 97 e não se baseou, ele REPRODUZIU a viagem pelo corpo humano que o filme abordava. Vi agora uma entrevista que ele deu a uma revista. Sim, querido, o mestre de certa forma COPIOU o filme. Tanto é que ele disse que o criticaram pois ele copiou. Acho que qualquer semelhança não é mera coincidência, não é verdade? E aí, o que tem pra me dizer?

  • Avatar
    26/08/2014 11:32:38Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Embora ENQUETE signifique isto mesmo (apontar/indicar/reunir testemunho sobre determinado assunto proposto por órgão de Comunicação Social) causando debate inclusive de forma polemizada. Eu discordo é do site se referir a Enredo (desenvolvimento artístico de tema ou conceito, mantendo um equilíbrio desde a concepção à realização) quando agora, antes do desfile, o que se pode e deve é opinar sobre qual o melhor tema em relação ao título do Enredo. Assim, sendo coerente eu indico como melhor o da afilhada de minha amada Majestade do Samba, a vermelha-branco da Cidade Sorriso onde a agremiação de minha simpatia é a verde-branco (Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça). Afinal, é público & notório que eu critiquei, dentre outros, título de enredo & tema com redundância de repetição da preposição (sobre), reducionismo a folclore o fio condutor de homenagem a um carnavalesco assumidamente revolucionário e os chamados enredos afros com exaltação ao racialismo em detrimento da luta contra a opressão racista. Então, democraticamente eu discordo do maniqueismo de, por um lado, exaltar-se título de enredo & tema abstrato somente por idolatria a concepção de determinado carnavalesco. E por outro lado, desqualificar outro enredo & tema somente pelo fato do mesmo não ser `inédito´. Por fim, esclarecendo ser mero palpite repito o que já disse anteriormente em relação às perspectivas sobre o resultado do Carnaval 2015: Três agremiações brigarão/disputarão o título (a atual & imerecida campeã, a vice e 3ª colocada do Carnaval 2014). Seis idem as três vagas restantes entre as campeãs mais outras três na faixa intermediária (da 4ª a 9ª idem). Três idem pela fuga do rebaixamento (a 10ª a 11ª colocadas e a que ascendeu da Série A). Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    26/08/2014 11:32:37Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Embora ENQUETE signifique isto mesmo (apontar/indicar/reunir testemunho sobre determinado assunto proposto por órgão de Comunicação Social) causando debate inclusive de forma polemizada. Eu discordo é do site se referir a Enredo (desenvolvimento artístico de tema ou conceito, mantendo um equilíbrio desde a concepção à realização) quando agora, antes do desfile, o que se pode e deve é opinar sobre qual o melhor tema em relação ao título do Enredo. Assim, sendo coerente eu indico como melhor o da afilhada de minha amada Majestade do Samba, a vermelha-branco da Cidade Sorriso onde a agremiação de minha simpatia é a verde-branco (Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça). Afinal, é público & notório que eu critiquei, dentre outros, título de enredo & tema com redundância de repetição da preposição (sobre), reducionismo a folclore o fio condutor de homenagem a um carnavalesco assumidamente revolucionário e os chamados enredos afros com exaltação ao racialismo em detrimento da luta contra a opressão racista. Então, democraticamente eu discordo do maniqueismo de, por um lado, exaltar-se título de enredo & tema abstrato somente por idolatria a concepção de determinado carnavalesco. E por outro lado, desqualificar outro enredo & tema somente pelo fato do mesmo não ser `inédito´. Por fim, esclarecendo ser mero palpite repito o que já disse anteriormente em relação às perspectivas sobre o resultado do Carnaval 2015: Três agremiações brigarão/disputarão o título (a atual & imerecida campeã, a vice e 3ª colocada do Carnaval 2014). Seis idem as três vagas restantes entre as campeãs mais outras três na faixa intermediária (da 4ª a 9ª idem). Três idem pela fuga do rebaixamento (a 10ª a 11ª colocadas e a que ascendeu da Série A). Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    25/08/2014 20:45:27VictorMembro SRZD desde 02/07/2014

    Concordo com voces, acredito que 2015 promete, e muito! Podemos esperar grandes surpresas e inovações de todas as escolas. Da Mocidade, por ter na minha opinião o melhor enredo do grupo especial e ter um carnavalesco que dispensa comentários, Grande Rio por ter um enredo sim, muito bom, e um carnavalesco que me surpreendeu em 2014, com uma plástica impecável, Salgueiro por ser Salgueiro e ter uma dupla divinal de carnavalescos, e tem um enredo maravilhoso tambem, Unidos da Tijuca, por seu histórico e acredito que não vá perder essa identidade que construiu durante todos esses anos, União da Ilha, por ter apresentado um belíssimo e criativo carnaval em 2014, e ter também um enredo muito interessante, que permite muita criatividade do carnavalesco...enfim esses são apenas alguns dos motivos para 2015 ser um grande ano para as escolas, fora as outras agremiações que não citei, mas que também estão com ótimos enredos e carnavalescos!

  • Avatar
    25/08/2014 15:18:58João SilvaMembro SRZD desde 18/08/2010

    Ã? muito interessante ver a passagem do tempo transformando a vida, por conseguinte, tudo que nela está contido. A cultura é um aspecto da vivencia humana desde os primórdios. Assim também acontece com nossas escolas. Um dia foi apenas um cortejo com batucadas ao leo, versos cantados ao improviso, ganhou elementos diversos, não apenas os africanos, mas o cortejo religioso das procissões católicas, dos desfiles dos ranchos, das grandes sociedades.Fico imaginando seu Zezinho das Candongas, legitimo bamba afrodescendente, ao ver que um dia, um maluco beleza saído do Maranhão retirou elementos humanos do chão e os colocou sobre alegorias. A partir de então no chão se sambava, mas em em cima dos carros era só caras e bocas. O carnaval como ficou, com enredos pesquisados, descritos e oferecidos aos compositores para criarem suas obras. Depois até gravados por meios tecnológicos. Era muito avanço pra cabecinha do seu Candonga que rechaçava aquela nova fórmula de desfilar , não conseguia conceber tanta evolução. Seu Candonga morreu amante do samba, mas do samba raiz que ele conheceu. Por não ter aceitado tamanha transformação, inovação, elementos, segundo ele, estranhos ao samba raiz, ao carnaval no Rio de Janeiro criado. Samba, para seu Candonga, acontecia no chão. Carro era mero detalhe. Os sambas eram improvisados. Destaques vinham no chão. Bateria dava continuidade ao ritmo, paradinhas nem pensar. Alegria e o riso no rosto do povo era o luxo na mente desse bamba. Morreu crucificando o que hoje chamamos de maior espetáculo da Terra. Porque carnaval para seu Candonga era somente o que ele conheceu, puro, sem mistura, sem inovação, sem evolução, pobre, sem luxo, com sambas improvisados, mas com muita descontração. Ah, nem tinha hora para terminar. Somente ali ele foi feliz. Morreu!

Comentar