SRZD


26/08/2014 19h52

Por excelência, apresentação de sambas na Mocidade é adiada
Redação SRZD

A diretoria da Mocidade Independente de Padre Miguel alterou a data de apresentação dos sambas concorrentes. O evento passou do dia 6 para o dia 13 de setembro. Em uma reunião na próxima sexta-feira, 29, no barracão da agrmiação, a comissão de carnaval vai pedir alterações aos compositores.

- Mocidade: ouça os sambas concorrentes na disputa de 2015

Os sambas alterados deverão ser entregues na quadra da Mocidade no dia 10 de setembro, das 15h às 21h. A diretoria da escola afirmou acreditar no potencial dos compositores e que busca a excelência em todos os quesitos da agremiação no Carnaval de 2015.

A Mocidade vai apresentar o enredo "Se o Mundo fosse acabar, me diz o que você faria se só lhe restasse um dia?", de autoria do carnavalesco Paulo Barros. A coroação da rainha de bateria Claudia Leitte está mantida para o dia 6 de setembro, às 22h, na quadra da agremiação.

Leia também:

- Papai chegou na Mocidade! Catra fala sobre disputa do samba-enredo

- Mocidade recebe recorde de sambas para 2015

 

- Vídeo: Claudia Leitte samba e convoca torcedores para coroação

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    03/09/2014 10:26:55Ruana AnjosMembro SRZD desde 03/09/2014

    Gdiane,a MOCIDADE PD ser uma escola pequena com o coração grande... O coração da escola tá na bateria ,digamos q se a ñexistemaisquente,tem um coraçãozão,A PORTELA é uma escola grande com um coração pequeninho...minha mãe jah chegou a durmir num dia de ensaio de quadra na PORTELA,pela amor né!!!BATERIAFRACA!!!apesar das notas,pq se eu fosse jurada e quise-se dar nota 9 pra escola q foi ótima em tal quesito e 10 numa q eh mediana,eu posso,mas a voz do povo e a voz de DEUS,pergunta pra quem entende ...qual a bateria mais diferenciada,pra ñ dizer a melhor!

  • Avatar
    29/08/2014 16:15:04Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    AVISO AOS NAVEGANTES INDEPENDENTES: Não sou o único crítico da desvairada & ilusória euforia de, abre aspas, novo tempo, fecha aspas, que reina nas hostes da Mocidade Independente e de sua comunidade. Por isto reproduzo adiante uma comunicação minha com um leitor que pode ser um independente e que foi postada em relação à notícia neste site, dia 25/08/2014 sob o título (Definidas as datas das escolhas de samba-enredo das Escolas do Grupo Especial). Bruno, apesar de você não se identificar com nome completo e dizer se é ou não independente, excetuando a mudança do dia da semana na data de escolha do samba-enredo, o restante do que você chama de desmandos da direção da Mocidade é democrático, é propositivo e serve como trabalho de conscientização para a comunidade. Isto, porque a mudança do dia da semana é uma medida acertada da diretoria. A agremiação enquanto entidade comunitária & massiva, tradicional & vanguardista e outrora vitoriosa é correto e coerente fazer a escolha de samba-enredo iniciando em um sábado à noite terminando-a na manhã de domingo, que é um dia de descanso para a maioria dos trabalhadores pobres da comunidade. Quanto às suas demais críticas ao que você chama de desmandos, elas são democráticas, propositivas e deve servir de linha de conscientização para a comunidade da Mocidade Independente. Ã? óbvio, que se você quiser e ou puder identificar-se pelo nome completo seria melhor. Eu penso que se você for mesmo independente & associado participativo ganharia adeptos neste trabalho de conscientização. Ou seja, se você prosseguir com suas propositivas críticas, postando-as aqui neste site em todas as notícias possíveis que se refiram à agremiação. Saudações carnavalescas de um portelense que tem respeito pela comunidade e pela Mocidade Independente, Almir de Macaé.

  • Avatar
    29/08/2014 11:00:39Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Ainda acerca da nota do jornalista & colunista de O Globo sobre um carro explodindo enquanto quesito Alegorias/Adereços no Carnaval 2015 da Mocidade Independente ser alusiva à trágica morte de um filho do patrono da agremiação é oportuno dizer o seguinte. Em 1º lugar, não creio que tal `Alegoria´ vá mais ser apresentada na Sapucaí. O que comprovará que o vitorioso carnavalesco Paulo Barros, embora, inovador & talentoso é `desvairado´ e o patrono, por não ser do ramo é um `estranho´ no ninho. Em 2º lugar, sem corporativismo algum, pois, apesar de eu ser jornalista sou crítico das Organizações Globo, o aludido jornalista cumpriu o juramento do exercício da profissão: Informar/noticiar os fatos do dia a dia sob um ponto de vista crítico. Em 3º lugar, por fim, antiéticas, irresponsáveis e levianas foram o outro aludido jornalista e as pessoas aqui em relação à questão envolvendo a rainha da bateria-orquestra da Beija Flor, sendo esta agremiação madrinha da Mocidade Independente. Eu disse isto aqui inúmeras vezes. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    28/08/2014 18:39:40Carlito BFMembro SRZD desde 16/11/2009

    Engraçado, quando um jornalista-sinho de meia pataca, caluniou a Beija-Flor, dizendo que ofereceram a Raisa por dinheiro. A Claudia não ficou indigna, pelo contrario, saiu repetindo como se fosse a pura vredade. Será que pimenta nos olhos dos outros é refresco????? Mas , acho que o Anselmo como jornalista serio deveria apurar o que houve antes de publicar certas notas. Apesar dele usar que "disseram" justicando que ele não estava dizendo nada, apenas repetindo o que disseram..... Ã? muito vergonhoso sair dizendo o que não sabe, não tem prova ou certeza, não é Claudia?

  • Avatar
    28/08/2014 17:02:41GeanMembro SRZD desde 22/02/2016

    Ricardinho, parceiro Portelense, acho que ela pode ter morrido sim. Desde Junho a Aghata não é a mais a mesma(não causa, e não zoa Portela e Beija-Flor), de Julho até o dia 7 desse mês, ela só comentava em tópicos da Mocidade. Agora se ela morreu mesmo, o pior de tudo vai ser a Mocidade ser Campeã e a noiada não poder esfregar a vitória na cara de Portelenses e Nilopolitanos. Mas confesso que a noiada faz falta nesse site Ricardinho, assim como faz falta Dholores Arruda, Tedy e Beija Sempre. Infelizmente grandes personagens desse site estão sumido, dando a impressão que partiram dessa pra melhor.

  • Avatar
    28/08/2014 14:46:59Velha MocidadeMembro SRZD desde 03/07/2009

    Eu estava revendo o desfile da Mocidade em 2003 quando a comissão de frente utilizou de instrumentos como grandes rodas. Na época Haroldo Costa, comentarista da Globo, criticou dizendo que "à rigor o que foi apresentado pela Mocidade, não era comissão de frente"...Passados alguns anos o mesmo Haroldo votou no estandarte de ouro para a tijuca em 2010. Incoerência, mudança de paradigma ou apenas conceitos diferentes? o que acham?

  • Avatar
    28/08/2014 14:38:43Velha MocidadeMembro SRZD desde 03/07/2009

    Cláudia, prossigamos com nossos debates (apesar de eu pouco aparecer...rs), não permita que ti calem por formas obscuras e insanas!

  • Avatar
    28/08/2014 12:44:48Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Ã?, a cegueira de quem não gosta do Paulo Barros não permite ver a gravidade da nota. Essa é a grande realidade. Queria ver se realmente fosse com a escola dessas pessoas, o que iria acontecer. Eu independente da escola ficaria indignada de qualquer forma, não suporto oportunistas. Realmente, vou fazer como o João: vou sumir daqui porque não há como argumentar com gente de mentalidade fechada. Desculpe, Victor e outras pessoas lúcidas, mas não dá.

  • Avatar
    28/08/2014 12:18:53Phelippe Beija FlorMembro SRZD desde 22/02/2012

    claudia esta indignada coitadinha da formiguinha faz um teatro tão bem como se ela conhece o Rodrigo ou alquem da familia kkkkkk se tivesse como postar um video ela ia aparecer chorando aqui o jornalista deve estar desesperado de medo de vc por conta de sua indignação

  • Avatar
    28/08/2014 11:04:32Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Foi publicada em O Globo, dia 27/08/2014, pelo jornalista Ancelmo Gois, a nota (Explosão na Sapucaí) informando que o carnavalesco da Mocidade Independente, Paulo Barros, apresentará no Carnaval 2015 enquanto parte do quesito Alegorias & Adereços um carro explodindo o qual é interpretado como alusão à trágica morte de um filho do patrono da agremiação, Rogério Andrade. Tanto Paulo Barros quanto a Mocidade se manifestarem. O carnavalesco Paulo Barros o fez através da rede social Facebook: `Ã? óbvio que eu jamais pensaria em algo tão mórbido como forma de homenagear alguém que morreu justamente numa explosão de carro. A palavra que define o teor desta nota é lamentável´. Já a Mocidade emitiu nota: `Em nenhum momento, o nosso carnavalesco idealizou uma ´homenagem´ tão triste e que traz lembranças tão indesejáveis para o patrono & presidente de honra de nossa agremiação. Tal informação nos soa como absurda e distante da veracidade dos fatos. Entendemos a busca pela informação do que a nossa agremiação levará para Avenida em 2015, mas, consideramos inadequada a relação disso com a vida pessoal de qualquer integrante de nossa Escola de Samba. No ensejo, esclarecemos também que, em nenhum momento a assessoria de imprensa de nossa agremiação foi procurada para confirmar a procedência da informação´. Resumo do Enredo: Na democracia o exercício da profissão de jornalista é protegido pela Constituição ao não obrigá-lo a revelar a fonte, caso a mesma não autorize. Parece ser este o da interpretação do fato gerador da informação que é o carro explodindo enquanto parte do mencionado quesito carnavalesco o qual, por se tratar de vazamento, o jornalista optou por deixar de ouvir o chamado outro o lado da notícia. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    28/08/2014 11:04:32Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Foi publicada em O Globo, dia 27/08/2014, pelo jornalista Ancelmo Gois, a nota (Explosão na Sapucaí) informando que o carnavalesco da Mocidade Independente, Paulo Barros, apresentará no Carnaval 2015 enquanto parte do quesito Alegorias & Adereços um carro explodindo o qual é interpretado como alusão à trágica morte de um filho do patrono da agremiação, Rogério Andrade. Tanto Paulo Barros quanto a Mocidade se manifestarem. O carnavalesco Paulo Barros o fez através da rede social Facebook: `Ã? óbvio que eu jamais pensaria em algo tão mórbido como forma de homenagear alguém que morreu justamente numa explosão de carro. A palavra que define o teor desta nota é lamentável´. Já a Mocidade emitiu nota: `Em nenhum momento, o nosso carnavalesco idealizou uma ´homenagem´ tão triste e que traz lembranças tão indesejáveis para o patrono & presidente de honra de nossa agremiação. Tal informação nos soa como absurda e distante da veracidade dos fatos. Entendemos a busca pela informação do que a nossa agremiação levará para Avenida em 2015, mas, consideramos inadequada a relação disso com a vida pessoal de qualquer integrante de nossa Escola de Samba. No ensejo, esclarecemos também que, em nenhum momento a assessoria de imprensa de nossa agremiação foi procurada para confirmar a procedência da informação´. Resumo do Enredo: Na democracia o exercício da profissão de jornalista é protegido pela Constituição ao não obrigá-lo a revelar a fonte, caso a mesma não autorize. Parece ser este o da interpretação do fato gerador da informação que é o carro explodindo enquanto parte do mencionado quesito carnavalesco o qual, por se tratar de vazamento, o jornalista optou por deixar de ouvir o chamado outro o lado da notícia. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    28/08/2014 10:44:17RICARDINHO DA PORTELAMembro SRZD desde 28/02/2013

    com tanta coisa acontecendo na mocidade,cadê a Aghata? volte a ser grande mocidade , pois acho que ainda será muitos anos sem ganhar sequer um sexto lugar ! é a aghata estava com tanta marra, agora calou-se. vau vendo. kkkkkk.obs. será que ela morreu?

  • Avatar
    28/08/2014 10:29:33Velha MocidadeMembro SRZD desde 03/07/2009

    Claúdia e demais, bom dia. Vou tentar esclarecer algumas coisas em relação ao ocorrido. A música que inspirou PB para a construção do tema de enredo para Mocidade 2015, cita uma explosão de um carro no meio do transito...bom até aí fazer uma citação seja em alegoria, seja em fantasias não seria problema algum. O colunista anselmo gois do O Globo, sugeriu ironicamente que esta parte do desenvolvimento do enredo seria uma homenagem ao filho de Rogério Andrade, morto em um atentado a bomba onde o carro do pai explodou. Essa associação materializou uma situação perturbadora: imaginem a associação que as pessoas irão fazer no momento do desfile. Mesmo que não seja mais abordado o assunto e o Paulo Barros repudie a falsa notícia (como já fez no seu perfil no Facebook) será inevitável a associação, mesmo que irreal. O tal "jornalista" não apenas divulgou algo sem consultar a assessoria de imprensa da Mocidade, como também plantou esta imbecilidade covarde e propositalmente.

  • Avatar
    28/08/2014 09:15:29ACBeijaflorMembro SRZD desde 08/09/2010

    Cláudia Bauer não vi o que o jornalista publicou e pela sua indignação deve ser muito grave mesmo, porem se esta sendo construido um carro que lembra toda a tragédia o próprio Rogério de Andrade está ciente disso. E se ele esta aceitando fazer o que? Os comentários vão surgir mesmo, seja de um jornalista ou não. Acredito que esse jornalista só foi o primeiro a comentar esse fato lamentável... Acho que deveriam repensar o carro.

  • Avatar
    28/08/2014 08:24:31Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Ã?, acho que vou precisar desenhar pra você, Phellipe Beija Flor. Atualmente NÃ?O ME INTERESSA saber de samba. Eu estou indignada com o que o jornalista falou, ta bom? Ou quer que eu copie e cole um desenho?

Comentar