SRZD


03/09/2014 13h09

'Por onde samba' Paulinho Botelho?
Redação SRZD

O SRZD estreia o "Por onde samba?" com o mestre de bateria Paulinho Botelho. O quadro tem o objetivo de conversar com personalidades que estejam sem escola e afastadas do Carnaval, mostrando o que andam fazendo e como estão se sentindo fora do espetáculo.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval 2015

Paulinho Botelho. Foto: SRZD - Luana Freitas

O mestre teve uma importante trajetória no Carnaval carioca. Atuou pela última vez na festa na Vila Isabel, há dois anos. Ele também passou por outras grandes agremiações, como a Beija-Flor, onde ficou por 12 anos e perdeu apenas três décimos durante todo o período.

Paulinho revelou o real motivo de sua saída da Vila Isabel e da Beija-Flor, quanto ganhava na época da Viradouro, desabafou sobre comportamento e decepções que sambistas causaram a ele, revelou que enfrentou uma depressão, disse como está sua rotina fora do Carnaval, e muito mais!

Confira a entrevista completa:

 

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    21/09/2014 18:50:31Sol da meia-noiteMembro SRZD desde 09/04/2012

    Grande Artista!Exelente profissional parabens, achei uma pessoa realista e conhecedora do seu potencial com ótima auto estima. Parabens!São pessoas que vivem a realidade nua e crua do dia a dia das escolas merecem todo nosso carinho e consideração, lidam com a periferia diretamente, gente sem a menor referencia e transformam em ritimistas, do marginal ao artista com fama eles tem que tocar em todas as teclas desse piano social e transformar em musica para a gente que está sentado assistindo. Paulinho você será sempre 10!

  • Avatar
    04/09/2014 22:24:39Carlito BFMembro SRZD desde 16/11/2009

    Admiro Paulinho pelo seu trabalho......mas achei ele muito arrogante nesta entrevista.

  • Avatar
    04/09/2014 18:08:17RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Acho que o mestre Paulinho e o Mestre Laíla deveriam se deixar abraçar e matar as magoas porque a vida é bela pra quem sorri. A Ã?nica coisa que realmente importa nessa vida são as amizades.

  • Avatar
    04/09/2014 14:11:36WallaceMembro SRZD desde 12/08/2010

    A bala que matou Kennedy,é assim que ele está se achando.Por que não está trabalhando? Engraçado que em todas as escolas que ele passou teve problemas.Será que em todas as situações ele tinha razão? Vamos aguardar.

  • Avatar
    04/09/2014 14:05:28batuqueMembro SRZD desde 04/09/2014

    Ta mais que certo Mestre eles exigem profissionalismo o tempo todo se foesse um Mestre que abaixa a cabeça e aceita tudo pra não perder o cargo eles iriam pisar no cara e o cara seria marionete mas com vc foi diferente vc foi homem vc só quis trabalhar eu assisti de perto faltou condições e quando vc conseguia ajuda pra bateria eles barravam então vc é um dos maiores exemplos de homem e Mestre que eu tenho pq eu tbm não gosto de engolir mosca vc é o cara e quem aceitou trabalhar nas condições que estava lá pra mim não vale nada aí diz que é Vila acima de tudo sou Vila doente mas minha dignidade acima de tudo...

  • Avatar
    03/09/2014 19:10:38Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Na estreia do novo & positivo quadro do site intitulado `Por onde samba?´ o maestro-regente de bateria-orquestra de Escola de Samba, mestre Paulinho Botelho mais conhecido no meio como mestre Paulinho de Pilares mostra que o compromisso dos poetas, atletas esportivos e artistas inclusos sambistas não são com o politicamente correto, mas, sim com a excelência na qualidade no que produzem, criam, desenvolvem. Que é o que a biografia do mestre Paulinho Botelho ou de Pilares por si só diz tudo inclusive em vaidade, o que é próprio dos artistas. Haja vista, ele recorrentemente faz questão de expressar-se na 1ª pessoa do singular: `Sou um vencedor... Fui muitas vezes campeão´, por exemplo. Para minha surpresa, obviamente porque eu não sabia disto, mestre Paulinho Botelho ou de Pilares revelou ter como agremiação do coração a Acadêmicos do Salgueiro a Academia do Samba. Sem deixar de corretamente enaltecer e agradecer a maior vencedora da era sambódromo, a Beija Flor que é a agremiação onde ele mais brilhou mestre Paulinho Botelho ou de Pilares acabou sambando, digo, lá ter aprendido a seguinte prepotência: `A Beija Flor é uma agremiação para ser respeitada e temida (sic). A coirmã para se sagrar campeã tem que ganhar da Deusa da Passarela´. Com todo respeito ao mestre Paulinho Botelho ou de Pilares, a Beija Flor & sua respeitabilíssima comunidade de adeptos devem ser respeitada, mas, não temida. Esse tempo já era. Por exemplo, em relação ao Carnaval 2015 a perspectiva de resultado para a agremiação & sua comunidade de adeptos é brigar/disputar/concorrer voltar honrosamente entre as campeãs. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    03/09/2014 17:59:16[email protected]Membro SRZD desde 21/12/2012

    Sou Vila Isabel e quem entende um pouco de carnaval sabe perfeitamente que o seu talento como mestre de bateria é indiscutível, é show de bola mesmo! E quem é da Vila sabe exatamente o quanto você foi importante na Vila Isabel. Lamento muito pelo calote da administração anterior. E espero que você seja logo contratado por uma escola do grupo especial, pois um profissional de seu gabarito não pode ficar fora desse grande espetáculo, boa sorte.

Comentar