SRZD


24/09/2014 06h07

Protótipos da Beija-Flor: cores e texturas darão o tom do desfile da escola de Nilópolis
Redação SRZD

A Beija-Flor abriu as portas do seu barracão na Cidade do Samba, para mostrar seu projeto artístico para o enredo "Um Griô conta a história: um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial: caminhemos sobre a trilha de nossa felicidade", que está sendo desenvolvido pela comissão de Carnaval formada por Victor Santos, Ubiratan Silva, Bianca Behrends, Cláudio Russo, Fran-Sérgio e André Cezari.Foto: Alexandre Alcântara

Capitaneado por Laíla, diretor de Carnaval da agremiação, o grupo apresentou os protótipos das fantasias e alegorias à imprensa e alguns convidados. Sob o olhar atento da presidência da escola, Selminha Sorriso, o jornalista Aydano André Mota, Chiquinho do Babado e Jorge Castanheira e Elmo José dos Santos, que representaram a Liesa, Laíla falou rapidamente.

"Não estamos mais discutindo notas e sim as justificativas que devem ser plausíveis. Em 2015 a Beija-Flor vem com uma proposta de enredo que agrada a sua comunidade e estamos trabalhando para que a proposta seja diferente até mesmo do que já foi feito na escola", disse ele referindo-se aos enredo africanos mostrados pela agremiação em carnavais anteriores.

Fran-Sergio abriu a explanação sobre as alegorias. Cada membro da comissão que elabora os carros, explicou detalhadamente a proposta de cada um na setorização do enredo. No quarto andar, as fantasias dispostas em manequins e uma atmosfera decorada com esculturas africanas davam o toque do tema.

Indumentárias coloridas e leves chamavam a atenção pelo acabemnto e uso de materiais rústicos como sizal, palha, buzios e sementes, mesclados a pedrarias e tecidos nobres. Estampas típicas da região também compõem as fantasias que a escola levará para a avenida.

Foto: Alexandre Alcântara

" Todos estão acostumados a ver uma África pesada. A nossa proposta é outra, até porque estamos falando de uma região onde as cores estão em todos os lugares. A Guiné Equatorial é extremamente colorida e quente com seus ritmos, sua gente alegre. Lógico que não há como fugir de determinados pontos como o navio negreiro. Não dá para não falar disto. Mas queremos a escola solta e leve para que nossos componentes possam evoluir felizes", disse Fran Sérgio.

Alguns materiais das fantasias foram trazidos diretamente da Guiné para a confecção do Carnaval. O que não pôde ser trazido, foi fabricado com exclusividade para a escola, como no caso de algumas estampas e texturas.

"Fomos até a Guiné para nossa pesquisa e a ideia era trazer os tecidos, mas ficaria inviável. Então, trouxemos algumas referências que foram fabricadas para nós , dentro da beleza das formas e das cores de lá. Além disto, conseguimos a dose certa de carnavalização em cada fantasia, sem exageros. A Beija-Flor tem pouquíssimas alas comerciais e nosso estudo em relação a custos e boas soluções teve como resultado a criatividade", diz André Cezari.

Foto: Alexandre Alcântara

Sobre o trabalho de confecção e reprodução das fantasis, Laíla disse que apostou em uma fórmula que está dando bastantee resultado.

"Modifiquei o estilo de trabalho, segmentando e dispondo uma equipe para cada setor. Isto não é novidade porque outras escolas também traballham assim, mas aqui a gente tem um responsável por cada setor, que trouxe ideias para cada fantasia", diz ele.

Com sete alegorias que contarão a história do enredo, a Beija-Flor será a terceira escola a desfilar na segunda-feira de Carnaval, e Fran-Sergio aponta a posição da escola como um ponto positivo para  o sucesso do projeto.

"O horário enriquecerá ainda mais o visual da escola além de termos a Sapucaí "quente" e componentes descansados. Tudo isto acho que vai contibuir para o sucesso da nossa apresentação. A comunidade da Beija-Flor é fantástica, gosta de desfilar com este tipo de tema e as fantasias, conforme já dito, vão facilitar ainda mais a evolução do componten", disse ele ao SRZD-Carnaval 

Acompanhe a setorização do desfile:

Abre-alas:  A Floresta Equatorial - a alegoria traz uma enorme floresta, com cachoeiras, flora e fauna locais.

Alegorias 1 e 2 Foto: Alexandre Alcântara

Alegoria 2 - Mãe África, o olhar sobre a África - retrata toda a força espiritual do povo e a saída da África rumo a outros continentes

Foto: Alexandre Alcântara

Alegoria 3 - Especiarias - retrata a rota para as Índias e o caminho do Descobrimento

Foto: Alexandre Alcêntara

Alegoria 4 - Colonizadores - retrata a invasão europeia e a colonização da região. Nesta alegoria, representações da arquitetura europeia contrastam com a arquitetura africana, além de mostrar as influências portuguesa, holandesa, inglesa e espanhola. 

Foto Alexandre Alcântara

Alegoria 5 - Tribos -uma representação de uma senzala, dentro de um navio negreiro, além de ícones que refletem a religiosidade estão presentes neste carro.

Foto: Alexandre Alcântara

Alegoria 6 - Riquezas naturais - a alegoria retrata a asecensão da naçãoe as riquezas naturais da Guiné.

Foto: Alexandre Alcântara

Alegoria  7 - União dos povos - Brasil e Guiné Equatorial - a última alegoria celebra o encontro das duas nações, com suas particularidades e peculiaridades

- Saiba tudo sobre o Carnaval 2015

 



Comentários
  • Avatar
    28/11/2014 14:31:03Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    pois e jefferson chaves, ainda bem que você não e jurado e pelas suas palavras não tinha condições nenhuma de ser julgar nada de escola de samba. Existem 12 escolas no grupo especial e digo com imensa felicidade que a beija flor sempre esta entre as melhores. Infelizmente a grande maioria do pessoal e anti-beija flor e a critica de forma "equivocada", isso e coisa de um pais que não sabe valorizar o que é bom, e um problema cultural. A Beija flor não deve nada a você e nem a ninguem aqui neste site, Nos temos historia, compromisso e responsabilidade com o carnaval do Rio de Janeiro e sempre procuramos fazer o melhor, o erro faz parte da vida, pois e através dele que conseguimos o exito e com certeza de buscar a vitoria, fique ciente que não entraremos para ser codjuvante, entraremos para ser protagonistas. "Comunidade impõe respeito, bate no peito somos beija flor.

  • Avatar
    25/11/2014 01:32:06Jefferson ChavesMembro SRZD desde 25/11/2014

    Achei muito o mais do mesmo , essas CARRANCAS , ESSE CARRO Q TEM FLORESTA E ÁGUA E CACHOEIRA . ja se viu nos carnavais passados ,, Beija-flor criatividade e originalidade pra inventar outras coisas,é nota ZERO !! se eu fosse jurado iria canetá-la com nota 9.7 e colocaria assim a justificativa : VAMOS ser mais originais ,pois esses elementos ja vi nos carnavais passados nos quais vc Bejja-flor ja mostrou na avenida !!

  • Avatar
    24/11/2014 23:00:10DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    Esse carro número quatro é acoplado?_ Segundo regulamento, somente o abre alas pode ser acoplado. A comissão de carnaval deve estar atenta e cumprir fielmente o regulamento, para não prejudicar a escola no desfile de 2015. Depois do que houve no desfile desse ano na comissão se frente, outro erro seria catastrófico.

  • Avatar
    24/11/2014 23:00:07DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    Esse carro número quatro é acoplado?_ Segundo regulamento, somente o abre alas pode ser acoplado. A comissão de carnaval deve estar atenta e cumprir fielmente o regulamento, para não prejudicar a escola no desfile de 2015. Depois do que houve no desfile desse ano na comissão se frente, outro erro seria catastrófico.

  • Avatar
    29/09/2014 20:09:58Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Só a beija flor garante está quantidade de comentários, são 152. Realmente ela é soberana, competitiva e líder absoluta na era sambódromo. Parabéns beija flor.

  • Avatar
    29/09/2014 11:08:48RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Thiago pode acreditar o Griô e o menino vem no abre alas e quem sabe representados na comissão de frente?

  • Avatar
    28/09/2014 20:05:43Tiago AlmeidaMembro SRZD desde 13/08/2014

    Gostei muito das fantasias e das alegorias propostas pela comissão de carnaval, porém estou com a sensação de que está faltando augo, como: O Griô e o menino africano que são muito sitados na sinopse. Espero que tenha mais coerência no próximo desfile do que vimos nos dois últimos. Acho que o ponto de desequilíbrio da Beija, vai ser mesmo a comunidade vindo como disse o Laila "mordida" E com muita vontade de vencer e fazer bonito. Se a escola escolher o samba certo, vai facilitar o bom desfile que está se prometendo.

  • Avatar
    28/09/2014 18:37:36DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    Até que enfim, meu querido Rogério, nunca é tarde para acordar. Venho escrevendo sobre "referência" do carnaval do Rio e para o resto do país, já faz tempo. A Deusa é referência sim, assim como a própria Mocidade foi de 1990 à 1994 e a imperatriz de 95 à 2000, que foi quando a Beija, conseguiu superá-la gradativamente. Hoje, Salgueiro e a Vila, quado tem grana e quando apresentam bons enredos, conseguem disputar de igual por igual o carnaval. Quanto á Tijuca, ela só será Tijuca com o Barros, esse casamento e fato e, após os desfiles de 2015 vamos poder constatar isso.

  • Avatar
    28/09/2014 15:02:31RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Na verdade Ted eles estão justamente tentando atacar a Beija-flor onde ela é mais forte pra desmerecer a escola, A Beija-flor começou a vencer quando conseguiu chegar ao nível dos desfiles da Imperatriz e essa começou a decair, a Tijuca começou a vencer quando resolver se espelhar nos desfiles da Beija-flor a Vila e o Salgueiro segundo os presidentes venceram quando resolveram se espelhar no jeito Beija-flor de fazer carnaval e agora vem essa gente aqui dizer que a Beija-flor tem que mudar pro estilo anos 80 KKKK estamos no ano de 2015 e vamos olhar pra frente colocando nossa comunidade pra sambar em forma unida já que essa ainda é a receita que o livro de julgamento pede, e se tem escola que não tem um profissional gabaritado pra conseguir fazer isso o problema não é nosso, a Beija-flor quer ganhar carnaval assim como todas as outras e a gente está trabalhando muito pra isso, o 7º lugar desse ano está atravessado até agora, a escola contratou o Claudio Russo pra pesquisa e deu certo, o Coreografo está com a cabeça fervilhando de idéias segundo ele falou em outra matéria, contratamos um novo figurinista que arrancou só elogios nos sites especializados de gente que realmente entende, nossa bateria foi só elogios no ultimo carnaval, temos Selminha e Claudinho que graças a Deus estão fortes pra mais 10 anos pelo menos, Um enredo que é a cara da escola, podem dizer que é batido mas agrada o meio carnavalesco em geral e não apenas a comunidade, o samba é depois de 2008 o melhor pra levar estandarte, a escola vem leve e colorida com fantasias de muito luxo e beleza, os carros grande e coloridos. Como pode alguém vir aqui e dizer que não estamos bem. Beija-flor louca pra gritar é campeã.

  • Avatar
    28/09/2014 12:39:55TedyMembro SRZD desde 12/04/2012

    Tá vendo, foi só eu falar que o "Criador de produção ex-Tijuca, e atualmente Mocidade deixa a escola com os componentes sem sambar, sem teatralizar, sem fazer nada, muito diferente da tal "bagunça espontânea" que esse João Silva defende em sua tese, que que esse João Silva tratou de não dar mais as caras por aqui. ... E olhem que é esse João que disse que esta anotando tudo que a gente escreve e que vai voltar aqui depois da apuração. Vai voltar coisa nenhuma,vai é fazer como a Aghata que ano passado dizia que a Mocidade Independente seria campeã do carnaval 2014, ou que segundo ela voltaria "com certeza" no Desfile das campeãs, nem um coisa, nem outra, e depois a Aghata teve que apagar os comentários onde falava isso.

  • Avatar
    28/09/2014 12:22:48RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Eu acho que o jeito que a Beija-flor o Laíla prepara a sua comunidade é espetacular, agora o que eu acho que tem que mudar nas escolas é esses trambolhos que vem nas comissões de frente, apesar de achar linda a comissão de frente da Deusa desse ano eu bati palmas pra mangueira, acho que na Beija-flor não combina aquele estilo original que a mangueira fez mas gosto da ideia de não ter um carro interagindo com a comissão de frente, Todos sempre criticavam as rodinhas da Gislayne, mas para mim eram perfeitas e funcionais, agora é esperar pra ver o Trabalho do Marcelo que esse ano vai fazer uma comissão de frente sem os pitacos do Laía. Acho também que PB está poluindo cada vez mais o desfile das escolas com suas "genialidades" pra mim ele não passa de um Marqueteiro!

  • Avatar
    28/09/2014 10:59:49Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Daniel e Clóvis, por que vocês acham que eu estou dialogando com vocês a respeito disso? Regulamento é um documento que é mutável, assim como a escolha dos jurados, desde que haja DISCUSSÃ?O sobre isso. Por exemplo, há mais ou menos um mês atrás houve uma sugestão sobre diminuir o número máximo de alegorias para 7. Concordo plenamente. Agora, Daniel, se um jurado caneta uma inovação de uma escola que está dentro do regulamento, eu acho que o jurado tem que ser penalizado, e não a escola se adaptar ao que ele deseja. Por isso que o carnaval está cada vez mais sem graça. Repito: para que o carnaval mude é preciso discussão. E não aceitação. Ã? isso.

  • Avatar
    28/09/2014 10:15:37ClovisMembro SRZD desde 07/04/2009

    Daniel, eu não sei como será o desfile da nossa augusta afilhada, mas sei que o Paulo Barros é um cara extremamente inteligente e saberá fazer como ninguém. Eu não gosto dele como carnavalesco, mas sei que e um cara competente e sabe trabalhar dentro do que ele se propõe. Pode ser que seja um escândalo, como também pode ser algo vazio. Só no dia saberemos

  • Avatar
    28/09/2014 10:09:32DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    Para falar de chão de uma comunidade como a Beija-flor, tem que ter entendimento do que seja essa força. Ã? incomparável, é diferente no canto, no samba no pé, em conjunto e harmonia. Tem inocente na área comentando coisas que não entende, ou será que a mocidade vai trazer um fim de mundo com os componentes sambando sem responder o que eles fariam? _ O desfile da mocidade de 2015 será um Deus nos acuda, uma amontoado de coisas fúteis, que diverge e foge do propósito individual. Agora, não ter afinidade com o estilo e a metodologia desse ou aquela proposta, cabe aos jurados interpretar com sabedoria e mediante o regulamento, que no ponto de vista das dos críticos de carteirinha e de muitos que acompanham essa festa, sabem que nos últimos anos, esse, tem sido rasgado ou no mínimo deixado à deriva.

  • Avatar
    28/09/2014 09:49:00ClovisMembro SRZD desde 07/04/2009

    Claudia, o julgamento é EXTREMAMENTE criterioso. Ã? tão criterioso que as alas são numeradas e o julgador tem que ver se elas estão cantando, evoluindo e etc, se acontecer algo do desagrado dele, irá canetar com certeza. Qto ao desfile de 89, ele é um marco para o carnaval, porém, para os jurados, teve falhas e foi canetado. Tão cedo haverá um desfile igual em termos de estética mas a harmonia e a evolução, enquanto estiverem nos moldes dos cadernos do julgador, continuara a ser como está. O manual é quem dita as regras agora e se as escolas não cumprirem, serão despontuadas. Tanto que a Imperatriz foi várias vezes campeã justamente com os desfiles técnicos. Então, copiou-se o modo dela desfilar e jogou isso para o manual. E sabemos bem que, a vitória além de gerar pontuação, projeta a escola além da soma em dinheiro ser maior na partilha e quem nos dias de hoje vai dispensar uma grana? Então, que se fulda a espontaneidade, eu quero e dindim no bolso. Esse é o pensamento atual.

Comentar