SRZD


17/10/2014 03h13

'Um guerreiro Beija-Flor': parceria de Samir Trindade vence pela quinta vez na azul e branca
Joice Hurtado e Luana Freitas*

É entoando o refrão "Sou negro na raça, no sangue e na cor, um guerreiro Beija-Flor. É minha deusa soberana, resgata sua alma africana" que a azul e branca de Nilópolis vai tentar buscar seu 13º título do Grupo Especial em 2015, após a sétima colocação no último Carnaval.

A obra da parceria de J. Velloso, Samir Trindade, Jr. Beija-Flor, Marquinhos Beija-Flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dílson Marimba e Silvio Romai foi consagrada na grande final da disputa de samba da escola, que aconteceu na noite desta quinta-feira. A agremiação prepara o enredo "Um griô conta a história: um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa felicidade", através da Comissão de Carnaval formada por Laíla, Fran Sérgio, Ubiratan Silva, Victor Santos, André Cezari, Bianca Behrends e Cláudio Russo.

- Clique aqui e ouça o samba da Beija-Flor para 2015

- Veja o momento do anúncio do vencedor e entrevista com JR Beija-Flor

Fotos: SRZD - Rodrigo Trindade

Detalhes da noite decisiva

A noite da escolha do samba oficial da Beija-Flor começou por volta de 22h30, com discurso do Diretor de Carnaval e Harmonia da escola, Laíla, que disse, em tom vibrante, que ele não manda na agremiação nem decide o samba vencedor. Segundo ele, a voz da comunidade é levada em consideração, além da qualidade da obra. "Vai ganhar o samba que a escola quiser", disse. O resultado foi anunciado sem demora, pouco após o término da apresentação dos finalistas, cerca de 3h10.

És 22h45, a bateria Nota 10 agitou a quadra. Pouco depois, os segmentos da escola se apresentaram, como de costume, embalando os foliões presentes com antigos sambas da escola de Nilópolis. Casais de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, baianas e a rainha de bateria Raíssa Oliveira mostraram gingado e samba no pé.

Ao SRZD-Carnaval, Laíla fez um balanço da safra deste ano e não deixou de comentar sobre a colocação da azul e branca no último Carnaval. "A Beija-Flor é escola de grandes sambas. A safra desse ano não foi diferente. Temos sambas maravilhosos a ponto de ficar difícil escolher um só. A gente tem certeza que vai escolher o melhor samba. O sétimo lugar não é o nosso lugar. Estamos um pouco chateados com o último resultado e iremos para a Sapucaí para conquistar o título", disse,

Antes do início da disputa final, o presidente da Beija-Flor, Farid Abrahão David, também conversou com o SRZD-Carnaval.

"Tenho a certeza de que vamos surpreender na Avenida com o nosso enredo que lançará um olhar mais profundo sobre um país muito pouco conhecido, de extensão territorial pequena, mas de muitas coisas belas para serem mostradas (...) Faremos novamente um grande Carnaval. Este ano fomos injustiçados, mal interpretados, mas isso já é página virada. A Beija-Flor tem como característica querer se superar a cada ano, até quando ela leva o título", finalizou, não deixando de citar o resultado do último desfile da escola.

Pinah. Foto: SRZD - Rodrigo Trindade

Pixulé. Foto: SRZD - Rodrigo TrindadeUm dos principais destaques da história da Beija-Flor, Pinah, que ganhou notoriedade ao encantar o príncipe Charles da Inglaterra, falou ao SRZD-Carnaval sobre a dsputa de sambas de 2015. Na opinião da "Cinderela Negra" da azul e branco, a escola acertou e mcheio ao optar por um tema africano. "A Beija-Flor não poderia ter escolhido tema melhor. Retomar à nossa origem, aos nossos ancestrais, mostrando o colorido da Guiné será uma oportunidade maravilhosa para que a escola venha, mais uma vez, forte", diz ela que durante toda a sua história de ligação com a escola, somente não desfilou em 1991.

A final ainda contou com a presença do embaixador da Guiné Equatorial, além da participação da coirmã Império da Tijuca, que apresentou o samba de 2014, agitando os torcedores e integrantes da azul e branca com o "Vai tremer".

'Torcida é quem comanda a festa', diz Marquinhos Beija-Flor, compositor campeão

Dos três sambas que chegaram à grande final da disputa na Beija-Flor, uma parceria contabiliza 10 campeonatos pela azul e branco. O samba de número 13, obra assinada por J. Velloso, Samir Trindade, Jr. Beija-Flor, Marquinhos Beija-flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dilson Marimba e Silvio Romai, levou à quadra nilopolitana, cerca de 2 mil torcedores para entoar os versos "Sou negro na raça, no sangue e na cor... um guerreiro Beija-Flor".

Parceria do samba 13. Foto: Diego Mendes

"Foram 11 semanas se preparando para chegar até a final e nós conseguimos. A cada etapa tentamos nos superar, dando o nosso melhor e este é o ápice . Hoje é dia de nossa torcida nos ajudar como nunca, brincando, mostrando a cara e cantando muito nosso samba", diz Marquinhos Beija-Flor, que tem 5 campeonatos pela escola de Nilópolis.

Marquinhos acredita que o fator determinante para que a obra composta por ele e seus parceiros chegasse à final da disputa foi a melodia rica aliada a uma letra poética e com a cara da Beija-Flor. No entanto, admite que maior dificuldade foi reunir a torcida e fazer com que todos tivessem o mesmo comprometimento.

"Não é fácil juntar todos e fazer com que o comprometimento seja igual. Mas conseguimos a cada semana, conquistar a confiança de todos e aqui estamos. Independente dos campeonatos que já tivemos, cada vitória é como se fosse a primeira. Ganhar na sua casa não tem preço e, se levarmos essa vitória, será como um renascimento, porque teremos a responsabilidade de cantar até sangrar para trazer as notas máximas para Nilópolis", finalizou.

'Missão cumprida', diz parceria do samba 39

Primeiro samba a se apresentar já na madrugada de sexta-feira, a parceria formada por Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Jorginho Moreira, Billy Conty, Diogo Rosa, Milton Montenegro, Irlan Rios e Adilson Brandão, levou um contingente de aproximadamente 1.200 torcedores para entoar, com a ajuda de Wander Pires e todo o corpo de intérpretes, os versos da obra. Inovando com o refrão do meio onde somente dois versos são entoados, a parceria contagiou a quadra. Juntos pela primeira vez, os compositores, antigos na escola, tiveram a superação como palavra de ordem.

Parceria 39. Foto: SRZD - Rodrigo Trindade

"Apesar de ser a primeira vez que compusemos juntos, conseguimos superar todas as dificuldades e nos unimos para que nosso trabalho tivesse sucesso. Sempre estivemos reunidos par adefinir cada detalhe e chegamos ao final dessa batalha com o sentimento de missão cumprida", diz Marcelo Guimarães que tem dois campeonatos pela escola e já chegou a 15 finais.

A parceria acredita que a emoção colocada em cada verso do samba, que exaltou em seu refrão a Guiné, a Beija-Flor e o Brasil foi o fator determinante para que chegassem até a final da disputa.

'Acreditamos no sonho', diz a parceria de Marcelo Valência

Éltima parceria a se apresentar na disputa, o samba assinado por Marcelo Valência, Gil do Andaraí, Sandro Chalub, Menor da Beija-Flor e William Fechecler foi defendido por Tinga e Ito Melodia. Incansáveis no canto desde a primeira apresentação, os compositores, que nunca venceram uma disputa pela azul e branco, falaram ao SRZD-Carnaval, sobre a expectativa de chegar até a final.

"Estamos com uma torcida que tem o nosso espírito: são alegres e guerreiros. Acreditamos no sonho de chegar até a final e vamos junto com nossos amigos fazer esse sonho se trransformar em realidade. Temos um samba guerreiro, com melodia bonita e um refrão forte e isto contagiou a quadra. Chegamos até a final com humildade, com simplicidade e nosso coração está a mil por hora. A ansiedaade é grande para ver a comunidade cantando nosso samba. Não queremos simplesmente ganhar uma disputa de sambas, queremos fazer história na Beija-Flor", diz Marcelo, vice-campeão da disputa de 2014.

Parceria do samba 4. Foto: SRZD - Rodrigo Trindade

Apresentação dos finalistas

A apresentação dos sambas começou por volta de 0h30. As parcerias subiram no palco nesta ordem: a do samba 39, samba 13 e, por último, a do samba 4.

A primeira parceria, dos compositores Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Jorginho Moreira, Billy Conty, Diogo Rosa, Milton Montenegro, Irlan Rios e Adilson Brandão, levou uma torcida de peso, com muitas bandeiras e bolas. A apresentação terminou às 1h07.

A segunda parceria, dos compositores J. Velloso, Samir Trindade, Jr. Beija-Flor, Marquinhos Beija-Flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dílson Marimba e Silvio Romai, subiu no palco por volta de 1h20. Os torcedores entraram na quadra animados, com chapéus de espuma representando diversos animais típicos da Guiné, além de contar com efeitos especiais durante a apresentação.

Éltima a se apresentar na final, a parceria de Marcelo Valência, Gil do Andaraí, Sandro Chalub, Menor da Beija-Flor e William Fechecler, subiu no palco pouco depois de 2h. A apresentação contou com grupo cenográfico, bandeirões da Guiné Equatorial, chuva de papel picado e até mesmo um beija-flor com luzes de led.

O anúncio do samba campeão foi feito menos de 15 minutos depois da apresentação da última parceria. Por volta de 3h10, a diretoria subiu no palco, ao lado dos compositores finalistas, e, como de costume, a obra campeã foi anunciada pelo filho de Farid Abrahão David.

Momento do anúncio do samba campeão. Foto: SRZD - Rodrigo Trindade

Os compositores J. Velloso e Samir Trindade, que integram a parceria campeã, venceram a disputa pela quinta vez na azul e branca. Samir ganhou o concurso nos anos de 2014, 2012, 2011 2 2010, e J. Velloso foi campeão nos anos de 2013, 2012, 2008 e 2007.

Torcidas na final da Beija-Flor. Fotos: SRZD - Rodrigo Trindade

Leia mais sobre a final de samba da Beija-Flor:

- Veja a apresentação dos sambas na final da Beija-Flor

- 'Beija-Flor vem com tudo em 2015', diz Pinah

- Presidente da Beija-Flor diz que escola vai surpreender na Avenida em 2015

*Rodrigo Trindade - Colaborador do SRZD

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 



Comentários
  • Avatar
    20/10/2014 23:02:06Paulo CesarMembro SRZD desde 18/02/2012

    Não acompanhei os sambas em disputa na Beija-flor a não ser os 3 finalistas. Não só venceu o que mais gostei como também venceu o melhor samba do carnaval 2015. Parabéns a Beija-flor, escola que tive o prazer de desfilar em 2008 e ser campeã. Ã? bom ver o melhor ganhar, ao contrário da minha escola cujo vencedor não deveria nem ter chegado na final, e olha que eram 5 finalistas. Com um dos compositores sendo vice presidente da escola fica fácil. Boa sorte Beija-flor e muita, muita sorte União da Ilha.

  • Avatar
    19/10/2014 13:47:58Douglas GonçalvesMembro SRZD desde 18/06/2013

    Parabéns comunidade nilopolitana pelo lindo, singelo e digno samba de enredo e de estandarte... Um dos melhores da miserê safra p/ 2015. Se vier na mesma vibe de 2007; vai ser difícil. Acima de tudo parabéns também pela superação dessa ala de compositores. Saudações Independentes, Mocidade.

  • Avatar
    19/10/2014 11:53:18Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Acertei junto com a respeitabilíssima comunidade nilopolitana o meu palpite quando escolhi para se sagrar `hino´ oficial 2015 da Beija Flor a excelente obra musical da numerosa parceria de compositores-bambas liderada pela dupla J. Veloso & Samir Trindade. Tenho visto por aqui o choque de manifestações entre os parceiros o nilopolitano Tedy e o portelense Gean com um fanático pentecostal pela afilhada portelense Deusa da Passarela que resolveu se assumir adepto do retrocesso ao propugnar voto e a não provável volta do tucanato, ainda que a reeleição da atual presidenta da República vá ser apertada. Senti-me feliz quando na final de samba da Majestade do Samba, em frente à quadra tinha um carrinho de som pedindo apoio para o clube de futebol Madureira ascender para 2ª divisão a Série B e voto na atual & já mencionada presidenta. Já dentro da quadra, eu não vi ninguém defender o retrocesso. Ou seja, ninguém defendeu voto no candidato presidencial tucano. Repito tenho consciência que a vanguarda do atraso defensora do retrocesso e da não provável volta do tucanato incida em alguns adeptos fanáticos pentecostais notadamente da Deusa da Passarela e da afilhada agremiação da estrela-guia de Padre Miguel. Aliás, eu já levantei a suspeita/hipótese de certa independente com o mesmo sobrenome de um político tucano do sul do país inclusive ser racista. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    18/10/2014 17:00:24ClovisMembro SRZD desde 07/04/2009

    Se será o samba do ano, não sei, mas que é um samba excelente e que foi apoiado pela grande maioria na escola, isso é indiscutível. Qto ao ensaio técnico na Sapucai, só tenho uma coisa a dizer: se nesse ano, debaixo daquela tempestade, com um samba 'péssimo' na opinião dos 'entendidos' de carnaval, a escola fez um dos melhores ensaios do especial, se não o melhor, imagine com esse samba? Vamos esperar o dia 25/01 para saber.

  • Avatar
    17/10/2014 21:48:35RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Foi lindo eu estava lá e uma explosão de alegria tomou conta da quadra inteira. Não poderia ser diferente o samba 13 era o samba da comunidade.

  • Avatar
    17/10/2014 19:16:50DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    Samba completo, super dentro do enredo apresentado, melodia linda e a comunidade canta. "fala cansada mãos calejadas, ouça menino Beija-flor".

  • Avatar
    17/10/2014 17:58:58TedyMembro SRZD desde 12/04/2012

    O samba do J. Velloso e cia é tão bom que levantou o enredo da Guiné. Se tivesse o Cid Carvalho somado a esse samba, a Beija estaria com beeem mais chances. Agora essa Comissão de Carnaval esta desgastada, falta um carnavalesco de renome na Beija-Flor, pelo jeito vai acontecer o que aconteceu em 2013 em que o Samba do J. Velloso sobre o Cavalo Mangalarga era tão bom que levantou a escola na apuração. O samba tirou a nota dez, que alegorias e adereços não tiraram.

  • Avatar
    17/10/2014 13:04:11Ítalo SilvaMembro SRZD desde 02/07/2014

    Esse samba tem tudo para ser um dos melhores de 2015 é fácil tem melodia superativa ... Boa Sorte A Beija Flor que te fato fez escolha certa e melhor que muitas outras escolas ,que deixaram a desejar tanto na escolha e tanto pra comunidade""...

  • Avatar
    17/10/2014 12:31:58Rômulo MouraMembro SRZD desde 24/09/2014

    Parabéns Beija Flor, pela escolha do samba que não poderia ser outro, muito emocionante ter estado na quadra e poder ter visto este samba sendo o campeão. Já estou me preparando pra fazer parte do melhor ensaio técnico já visto na sapucaí... Criança, levanta a cabeça e vai embora O mar que trouxe a dor, riqueza aflora Tem uma família agora Quem beija essa flor não chora...

  • Avatar
    17/10/2014 08:42:03Cláudia BauerMembro SRZD desde 19/01/2013

    Eu sabia. Justíssima a vitória desse samba. O melhor samba de 2015 sem dúvidas. Muito feliz por isso. Aliás, já estou preparada para o melhor ensaio técnico que a Sapucaí já viu e também para os 80 pontos: harmonia e samba. Parabéns, Beija Flor!!!

  • Avatar
    17/10/2014 03:48:51GeanMembro SRZD desde 22/02/2016

    Parabéns Beija-Flor!!!! Melhor Samba de 2015.

Comentar