SRZD



Ricardo Nicolay

Ricardo Nicolay

CARNAVAL. Antropólogo, jornalista e quase geógrafo. Bacharel em Ciências Sociais pela Fundação Getúlio Vargas, mestre em Comunicação e doutorando em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Autor do livro "Território, rede e cultura da tradição - o fado do século XIX no mundo do século XXI". Colaborador do Departamento Cultural da Unidos de Vila Isabel. Apaixonado pela Vila Isabel e devoto fiel dos santos do Carnaval.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



21/10/2014 11h58

Quem beija essa flor não chora
Ricardo Nicolay

"Sou negro na raça, no sangue e na cor
Um guerreiro Beija-Flor
Éh minha deusa soberana
Resgata sua alma africana"

Enredo e história: uma nova leitura da África

Quando a Beija-Flor anunciou o seu enredo para o próximo carnaval logo me veio à cabeça os ensinamentos do mestre Pamplona e todo o seu esforço para trazer de volta a negritude e a africanidade ao carnaval carioca. Com um dos sambas mais bonitos do Grupo Especial do Rio de Janeiro, talvez o mais bonito de todos, a Beija-Flor de Nilópolis vai para a Marquês de Sapucaí em 2015 cantar e homenagear a África, mas não enfocando em sua religiosidade, como usualmente o tema foi (e ainda é) usado por muitas escolas, mas sim, mostrando uma face atual do continente africano e, assim como justifica a sinopse, uma "nova face em meio a grande floresta e a imensidão do mar em que se encontra a Guiné Equatorial [...], terra intimamente ligada à história do Brasil, vivendo o presente, como nação amiga e ansiando um futuro de unidade, paz e justiça.*"

O enredo, intitulado 'Um Griô Conta a História: Um Olhar Sobre a África e o Despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos Sobre a Trilha de Nossa Felicidade', assinado pela Comissão de Carnaval integrada por Laíla, Fran Sérgio, Ubiratan Silva, Victor Santos, André Cezari, Bianca Behrends e Claudio Russo, logo chama atenção pela forma como foi escrito, apresentando a proposta a partir de um singelo diálogo entre uma criança, "o pequeno filho da Guiné Equatorial*", e um ancião, o Griô. Guardião da memória do passado, O Griô conta para o menino a história de sua terra e de seus antepassados, mostrando a ele todo sofrimento e todas as lutas do povo africano para alcançar a liberdade, a paz e a justiça.

Foto: Diego Mendes

A Guiné Equatorial, um país de quase meio século localizado no Golfo da Guiné no oeste da África central, será o fio condutor do desfile, sendo transformado no grande exemplo de progresso e desenvolvimento africano. A história da Guiné, assim como de todo o continente, está imersa no selvagem e avassalador processo imperialista europeu de expansão e domínio territorial, cultural e econômico. Lá chegaram primeiro os portugueses, e depois os espanhóis.

Hoje a Guiné Equatorial possui o maior PIB per capita do continente, apesar de haver uma distribuição desigual da renda, que está concentrada nos cargos do alto escalão do governo e nos empresários proprietários das grandes empresas multinacionais. A grande força econômica do país se deu a partir da década de 1990, com a descoberta de petróleo e gás, além da agricultura que é também é desenvolvida no país.

Detentora de 12 títulos no carnaval carioca, a azul e branca de Nilópolis tem presença marcante da africanidade em seus enredos. Em 1978 conquistou o histórico terceiro campeonato com o enredo 'A Criação do Mundo na Tradição Nagô', desenvolvido pelo carnavalesco Joaozinho Trinta, quebrando a tradicional hegemonia das quatro grandes escolas do carnaval carioca: Mangueira, Portela, Salgueiro e Império Serrano.

Outra escola que, assim como a Beija-Flor, se utilizou da africanidade sem focar exclusivamente em sua religiosidade foi a Unidos de Vila Isabel no carnaval de 2012, ano em que a escola homenageou outro país africano, Angola, que também foi colonizada pelos portugueses e ponto importante do comércio escravagista para o Brasil. Assim como escreveu Rosa Magalhães (carnavalesca) e Alex Varela (historiador), "o interesse português era um só - mão de obra para outra colônia de além-mar, o Brasil. Embora fossem ricos em minerais, em diamantes, nada disso os interessou. Pois na época, o reino de Angola era o grande manancial abastecedor dos engenhos do Brasil. Sem o açúcar, não havia o Brasil. Sem negros não haveria o açúcar. Sem Angola, não havia negros. E, sem Angola não havia o Brasil**."

Foto: Diego Mendes

Samba-enredo

O samba escolhido para ser o hino da escola faz jus à rica história de lutas e de superação do continente africano e de seu povo. Assim como o enredo, o samba da parceria de J.Velloso, Samir Trindade, Jr Beija flor, Marquinhos Beija flor, Gilberto Oliveira, Elson Ramires, Dílson Marimba e Silvio Romai, da cabeça ao segundo refrão, encanta e emociona a quem o ouve e com isso tem o grande poder de contagiar a comunidade no desfile.

Entre os versos que me chamaram a atenção, destaco alguns pela forma como apresentaram determinados temas. Os primeiros estão na primeira parte do samba, quando há referência ao Griô e suas lembranças de vida e de luta:

"Vem na batida do tambor
Voltar na memória de um Griô
Fala cansada, mãos calejadas
Ouça menino Beija-Flor
[...]
O invasor singrou o mar, partiu em busca de riquezas
E encontrou nesse lugar
Novas Índias, outras realezas
Destino trocado, tratado se faz
Marejam os olhos dos ancestrais"

Já nos primeiros versos da segunda parte do samba os compositores fazem menção às ilhas guineenses de Bioko, Ano Bom e Corisco que, durante o período da colonização portuguesa, foram convertidas em postos facilitadores do tráfico de escravos:

"Formosa divina ilha testemunha dos grilhões
Eu vi a escravidão erguer nações
Mas a negritude se congraça
A chama da igualdade não se apaga"

Destaco também os versos que clamam para que o "pequeno filho da Guiné Equatorial*" nunca desista de lutar e de fazer o seu lugar cada vez melhor, como nos versos:

"Criança, levanta a cabeça e vai embora
O mar que trouxe a dor riqueza aflora
Tem uma família agora
Quem beija essa flor não chora"

Não há dúvidas de que a Beija-Flor e toda a sua comunidade vem com muita garra para vencer em 2015 (já que no carnaval deste ano amargou o sétimo lugar) com um samba deste porte e um tema que foge à regra da africanidade usual do carnaval carioca.

* Trecho extraído da sinopse do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis
** Trecho extraído da sinopse do G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel


Veja mais sobre:Beija-Flor

Comentários
  • Avatar
    30/10/2014 14:06:47Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Com certeza beija sempre, amigo e parceiro do site srzd. O importante agora e torcermos juntos pela nossa querida Beija Flor, afinal de contas temos uma coisa em comum, somos nilopolitanos de coração. agora me diga uma coisa que samba lindo esse beija da flor né amigo, estou muito feliz e orgulhoso por essa bela escolha. um abraço e nos encontramos em breve durante os comentarios. outra coisa amigo, voce sabe meche com informatica, eu estava pensando de criarmos uma blog com assuntos da nossa escola de samba. o que vc acha?

  • Avatar
    30/10/2014 08:52:21Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Leandro, tem muita raiva (não ódio) sim, mas, que fique claro.... essa Raiva vai para o PSDB (um dos partidos mais desprezíveis pra mim) e pra o play boy pilantra do Aécio, jamais pra você. As palavras um tanto quanto duras dirigidas a você são somente a minha maneira contundente de retrucar às inúmeras acusações (sua e de muitos outros) de que os nordestinos têm responsabilidade na eleição da Dilma como se a eleição dessa senhora fosse um absurdo imperdoável e inadmissível e não tivesse sido fruto da opção de milhões de brasileiros de todas as regiões e classes sociais desse País. Jamais em minha sã consciência daria meu voto a um homem com o histórico do Aécio Neves, mas, pontos de vistas diversos expostos e debatidos, vida que segue e carnaval que chegue. Torçamos pra que você esteja completamente errado em sua avaliação de mais essa administração do PT.

  • Avatar
    29/10/2014 21:36:16Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Misericórdia, que tanto ódio, eu apenas dei a minha opinião é já disse que respeito a sua, você pode escrever um livro que não voto no PT e principalmente na Dilma. Outro detalhe, não sou rico, sou uma pessoa simples que trabalho duro todos os dias para sustentar a minha família e dar uma boa educação a meu filho de oito anos que é a razão da minha vida. Gosto de ler os seus comentários e quero ser seu parceiro aqui no site e não vale a pena discutirmos política, futebol e religião. Entendo demais a sua opinião e queria que você entendesse a minha.

  • Avatar
    29/10/2014 18:35:03Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Pergunta que não quer calar.... Segundo os eleitores de Aécio, o PSDB representa a mudança (???). Mas, sendo assim, porque diabos, então, o maior cabo eleitoral (leia-se: Fernando Henrique Cardoso) foi enfiado embaixo da cama e não deu, em momento algum, as caras na ferrenha e longa campanha do seu pupilo Aécio? O PT não escondeu o Lula, muito pelo contrario!!! Mas, porque será que o PSDB não quis, de jeito maneira, que Fernando Henrique aparecesse? Resposta: Ver a fuça de FHC traria à mente do povo brasileiro a lembrança dos anos de administração desse partido e aí, já viu, né!!!!

  • Avatar
    29/10/2014 18:11:03Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    dessa ordem. Você quer mesmo discutir vantagens e desvantagens, valores e desvaleres, decências e indecências desses dois partidos? Em tempo... Busque no google os dez fatores relevantes que fizeram com que os nordestinos em peso votassem em Dilma e você verá que essa desculpa infame do bolsa família é mera ladainha de psdbistas frustrados. O povo nordestino lembra-se â?? e lembra-se muito bem - dos anos da administração do PSDB quando o senhor Fernando Henrique se quer ia à região, já que estava sempre muito ocupado em cheirar o C.U do presidente americano e cuidar da sua elite burguesa (essa que você parece fazer parte). No governo PT o Nordeste se tornou a região que mais cresce nesse País (FATO!!!!). Você acha mesmo que o nordestino ia ser imbecil de votar num partido elitista, preconceituoso, xenofóbico e que tanto lhe desprezou quando esteve no comando? A votação nordestina só prova o quanto somos burros mesmo! Votamos naquela que nos respeita, nos incentiva, nos abre portas. Ã? verdade, psdbistas, somos todos idiotas! De volta ao Aécio... Pesquise as dez razões que fizeram com que o povo mineiro não tenha dado a vitória ao Aécio (atente para os setores da educação, saúde e liberdade de imprensa) e volte aqui pra falar de ética, decência, mudança se você puder. Só pra finalizar... Em Minas Gerais Dilma ganhou o Aécio que você tanto quer redimir. Ainda que fosse por somente um único voto, o fato é que ela ganhou o seu candidato! E outra... A votação de São Paulo em Aécio anulava a votação do Nordeste em Dilma e seu candidato seria eleito. Porém, Minas e Rio de Janeiro (dois estados bem distantes do Nordeste) deram a vitória a Dilma, meu caro!!!! .

  • Avatar
    29/10/2014 18:09:20Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Leandro, Seu discurso é, sim, o discurso de alguém muito ressentido pela vitória do PT. Não da pra entender como alguém com um mínimo de visão à cerca da realidade do nosso País possa comparar e ainda achar que a administração elitista, medíocre e subserviente (leia-se baba ovo dos EUA) do PSDB tenha sido (ou, viesse a ser) melhor e mais benéfica a este País que a do PT!!! Falar de mudança, de ética, de honestidade e votar no PSDB é, no mínimo, a piada do ano. Numa rasa comparação no que tange falcatruas, escândalos, desvios, o PSDB ganha com larga vantagem. Os fatos gritam por si e estão aí, disponíveis para todos àqueles de boa vontade e sem ressentimentos que queiram averiguar. O PT é sim uma enorme decepção em vários aspectos, inclusive no que tange à ética. Porém, o que lhe faz (em muito) superior ao PSDB (Partido do Senador Dirigindo Bêbado) é o fato de que no PT a merd... foi (e vem sendo) jogada no ventilador. Já no PSDB isso jamais aconteceu! Todas as imensas cag.adas dessa partido foram (e continuam sendo) devidamente escamoteadas, engavetadas e, olha meu amigo... não foram poucas (vide o aviãozinho cheio de talquinho)! Pesquise sobre a constante repressão de Aécio e seu partido a vários jornalistas e certos órgãos de imprensa de Minas Gerais. Logo, falar de mudança, almejar um País com administração honesta e votar no PSDB é a ambivalência mais espetacular que já vi (KKKKKKKK). Muito pior que mandar uma senhora procurar um curso numa instituição de ensino técnico pra tentar se aprimorar é se ter de volta no comando do País um partido que ficou no poder por 8 anos e não investiu praticamente nada em educação (os professores de Minas foram tratados como marginais e apanharam muito da policia do Aécio). Ou seja, se fosse o PSDB neste episodio, o Aécio dificilmente teria como mandar a senhorinha procurar uma instituição de ensino e aprimoramento já que seu partido praticamente não criou nada

  • Avatar
    29/10/2014 11:57:05Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Em relação a minas gerais dilma teve 52% e aecio 48% de media e no nordeste dilma teve 71% dos votos contra 29% de aecio na media. conforme passou ontem nos noticiarios aecio estava com praticamente 60% dos votos, porem, ja estavam encerando as apurações no sudeste, centro-oeste e sul e restavam as da regiao norte e nordeste, dilma deu a virada as 07:55 quando começou a apuração nestas duas regiões. portanto minas não foi a maior vitoria da dilma, porem, concordo com voce que aecio tinha a obrigacao de vencer no estado que ele foi governador.

  • Avatar
    29/10/2014 11:50:44Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Caro Beija sempre, não sou tucano, nem do psb, não sou de nenhum partido, eu apenas votei para uma mudança, pois tenho o direito de não concordar com o que esta sendo feito pelo nosso pais. Ja fui militante do partido dos trabalhadores e achei como muita gente acha hoje que quando a "ESQUERDA" governasse iria haver uma mudança em nosso pais, seríamos principalmente mais éticos pois esta sempre foi a principal bandeira do PT e na verdade foi pior dos que os outros e pra mim isto e uma decepção. Votei na marina no primeiro turno e Aecio no segundo turno e voltaria em qualquer um outro que fosse oposição ao governo, não sou homem de anular voto. se vocÃ? assistiu ao ultimo debate da globo você lembra da pergunta que uma senhora de 50 anos formada em economia perguntou o que o governo faria para incentivar a volta destes profissionais ao mercado de trabalho? a Dilma respondeu que ela procurasse o senai, senac, sesi que é o programa do pronatec, sinceramente meu amigo, isto não tem lógica, uma pessoa totalmente despreparada, ela e uma pessoa que foi preparada pelo marketeiro pra só falar de bolsa familia, pronatec e programa mais medicos, mas nada. você acha que o Pais como o brasil e pra ficar satisfeito com isso? se vocÃ? achar eu compreendo e entendo, vivemos numa democracia, agora eu não concordo, não acho ela preparada, uma pessoa de dificil dialogo e que as urnas quase a derrotaram, se estivesse mais duas semanas de eleições e os escandalos fossem revelados ele perderia fatalmente. A nossa região nordestina viveu um divisor de aguas, e as criticas que estamos tendo vai servir para refletirmos de forma diferente nas proximas eleições, pois iremos continuar a ser vigilantes com esse governo.

  • Avatar
    28/10/2014 18:37:48Beija SempreMembro SRZD desde 20/01/2013

    Vixe nossa, LeandroLacerda!!! Desculpe, mas você é mais um desses papagaios psdbistas frustrados que vivem repetindo essa ladainha medíocre e errônea. Então Minas (terra do Aécio e que deu mais votos para Dilma) é nordeste? Rio de Janeiro, Amazonas, Pará, Amapá são estados nordestinos? Ã? isso mesmo? Faz uma pesquisinha mais aprimorada, cara! Isso te impedirá de ficar pagando esse mico. Mas, será essa sua afirmação fruto de equívoco, ou de frustação?

  • Avatar
    28/10/2014 13:41:12Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Dilma ganhou a eleição, porem, vai ter que andar na "linha", se não fosse a região nordeste ele teria dito a lição que merecia por fazer um pessimo primeiro mandato.

  • Avatar
    28/10/2014 13:39:20Leandro LacerdaMembro SRZD desde 03/09/2014

    Ã? Beija flor vindo pra disputar mais um título. lindo samba!!!

  • Avatar
    25/10/2014 10:34:58Alex NogueiraMembro SRZD desde 10/06/2014

    Realmente, esse samba é maravilhoso... EU trabalho na África com a exploração de petróleo no mar e os versos "Criança, levanta a cabeça e vai embora. O mar que trouxe a tristeza riqueza aflora." são de ENORME significado... O mar que trouxe tanta tristeza agora trás o futuro na riqueza do petróleo. E a exploração está apenas começando, há mais óleo e gás na costa africana do que em qualquer lugar do mundo... Há tanto petróleo, que em alguns lugares nem é preciso perfurar! Ele já vaza até a superfície! A Natureza dando retorno... Impossível não se emocionar vivenciando todo este processo.

  • Avatar
    24/10/2014 19:17:12TedyMembro SRZD desde 12/04/2012

    Almir, valeu, ficou tudo esclarecido. E nesse Domingo é DILMA 13!

  • Avatar
    24/10/2014 10:58:24Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ESCLARECIMENTO: O meu parceiro-irmão de mundo do samba Tedy é pertencente à maioria/quase totalidade de adeptos da Beija Flor que vota 13 para presidente da República no próximo dia 26/10/2014. Saudações carnavalecas,Almir de Macaé.

  • Avatar
    24/10/2014 10:43:58Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Tedy, parceiro-irmão de mundo do samba pertencente à maioria/quase totalidade da comunidade adepta da Beija Flor é o seguinte. Entre os meus defeitos que são muitos com certeza um deles não é o de ser alienado & não saber separar as coisas. Eu sempre tive consciência de que assim como a Deusa da Passarela conta com hegemonia nas comunidades de Nilópolis e da Baixada Fluminense, o mesmo ocorre em termos eleitorais referenciados pelo ilustre torcedor da Beija Flor o ex-presidente Lula. Outra coisa completamente diferente são as equivocadas duas eleições como prefeito nilopolitano e a recém de deputado estadual do presidente executivo da Beija Flor. Por fim, conforme eu disse ao Roberto, oportunamente quando eu for à quadra da Beija Flor avisarei com antecedência e reivindico conhecê-los pessoalmente. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

Comentar