SRZD


10/11/2014 03h46

'Bate no peito Rocinha! Chegou a hora da superação!'
Redação*

A Acadêmicos da Rocinha escolheu seu samba para 2015 na noite deste domingo (9), mas de uma forma diferente: a diretoria da escola resolveu juntar as duas obras finalistas e, através de algumas modificações, nasceu o hino que a agremiação cantará no próximo desfile da Intendente de Magalhães.

A primeira parceria a se apresentar foi a de Flavinho Segal, J. do Táxi, Alessandro Falcão, FM, Leandro RC e Maurício Amorim. Em seguida, subiu ao palco Mário Lúcio e seus companheiros Beto da Igreja, Renatinho, PQD e Amaury Cardoso.

O resultado, que surpreendeu a comunidade e até mesmo os compositores finalistas, saiu por volta das 22h de domingo. Em conversa com o SRZD- Carnaval, Flavinho Segal contou que já ganhou três sambas na Rocinha e que o quarto título foi emocionante e diferente devido à junção das duas composições. "Nossa parceria já é antiga aqui na Rocinha. Firmamos a mesma galera de sempre. Essa união tem dado muito certo, tanto é que fomos campeões em 2009, 2013 e 2014. Agora, com essa junção, nos consagramos campeões também", comentou.

Flavinho Segal e parceiros. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Mário Lúcio, também consagrado campeão devido à junção, conversou com o SRZD-Carnaval e se mostrou surpreso com a decisão da direção da Rocinha. "Nosso samba tinha vários pontos altos, inclusive o refrão principal. A torcida cantou muito bem nosso samba. Estávamos confiantes, pois sabíamos das boas qualidades de nosso samba, mas prevaleceu a decisão da diretoria", disse o compositor.

Mário Lúcio e parceiros. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

"Os desafios ruins não são necessariamente a morte", conta Alex de Oliveira em seu enredo

"Borboleteando nos destinos da vida! O que te desafia, te transforma...". É baseada nesse tema que a Acadêmicos da Rocinha tentará retornar à Série A após desfile problemático de 2014, o que levou a agremiação à queda para a Série B. O enredo de 2015, assinado pelo carnavalesco Alex de Oliveira, tem bastante ligação com a escola, conforme ele mesmo explicou ao SRZD-Carnaval:

"Desde fevereiro já vinha conversando com presidente Darlan sobre uma proposta de enredo. Sugeri o tema atual com a proposta de falar da narrativa da borboleta (símbolo da escola) que contará ao mundo e à própria comunidade que os desafios ruins não são necessariamente a morte. Pelo contrário! É uma renovação, uma transformação!". O artista também revelou como a Rocinha desfilará na Av. Intendente Magalhães ano que vem: uma alegoria, três tripés e alguns elementos cênicos, que são surpresas, farão parte do desfile.

"A borboleta da Rocinha percorrerá a trajetória da humanidade, mostrando seres da floresta que se transformam como ela. Em seguida, após essa metamorfose, mostraremos a evolução do homem percorrendo sua trajetória. A borboleta termina pousando na comunidade da Rocinha para trazer as pessoas para uma transformação, rumo a um futuro transformador", completou Alex, que desenvolverá o desfile da Rocinha em companhia de Christine Moutinho.

Luciana Yegros é contratada pela Rocinha para coreografar comissão de frente

Além da dupla Alex de Oliveira e Christine Moutinho, quem também chegou para somar no desfile da Rocinha em 2015 foi a coreógrafa Luciana Yegros, que no último Carnaval ajudou a Viradouro a conquistar uma vaga no Grupo Especial. Ao falar com o SRZD-Carnaval, Luciana comentou o novo desafio. "Fiz comissão aqui na Rocinha em 2007 e 2008 e estou muito feliz por esse retorno. Fui convidada pelo carnavalesco Alex, meu querido amigo. Quero, agora, contribuir para que a Rocinha ganhe e retorne à Série A e, consequentemente, conquiste uma vaga no Grupo Especial, pois essa escola merece!", exclamou.

Christine Moutinho, Alex de Oliveira e Luciana Yegros. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

"Apostamos em uma nova Acadêmicos da Rocinha", falou presidente Darlan

Quem também aposta bastante no sucesso da Rocinha é Darlan Santos, presidente da escola, que em entrevista ao SRZD-Carnaval afirmou que a agremiação precisou da queda ao Grupo B para despertar em alguns aspectos. "A Rocinha precisou descer para retomar alguns focos que ela havia perdido. A partir deste momento, tentaremos reerguer essa escola. O enredo, por exemplo, tem tudo a ver com a Rocinha".

Para Darlan, a participação da Rocinha no desfile da Intendente Magalhães não diminui a escola. "Estando no Grupo Especial, na Série A ou B, o importante é ter dignidade, pois todas essas escolas, independente de onde estão, merecem respeito e devem ser valorizadas", ressaltou. Quando perguntado sobre a Rocinha, ele resumiu: "Embora estejamos na Série B, continuamos grandes. Vamos fazer um grande carnaval e brigar pelo título", finalizou o presidente.

Presidente Darlan e a nova coreógrafa Luciana Yegros. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Bateria da Rocinha já se prepara para 2015

A Acadêmicos da Rocinha optou por um membro antigo da bateria para reger os ritmistas em 2015: mestre Júnior, discípulo de Maurão, é quem buscará as notas dez necessárias para o sucesso da escola. Ao conversar com o SRZD-Carnaval, Júnior explicou como chegou ao cargo. "Vim para a Rocinha junto com Maurão e fiquei auxiliando ele na bateria por 6 anos. Com a saída do mestre, o mesmo me indicou para reger essa galera nota dez". Segundo o estreante, 130 ritmistas participarão do próximo desfile. "Já estamos ensaiando todas as terças-feiras e a partir de agora, com o novo hino, vamos treinar ainda mais", prometeu. Vale ressaltar que Maurão, que atualmente é mestre de bateria da Acadêmicos do Cubango, continua na Rocinha como um dos diretores.

No centro, Mestre Júnior. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Rocinha convoca comunidade para ajudar a confeccionar fantasias da escola

A Acadêmicos da Rocinha contará com o apoio da comunidade e dos segmentos da escola para desenvolver o próximo desfile. O diretor de Harmonia, Marcos Freitas, revelou ao SRZD-Carnaval a necessidade da comunidade estar presente neste momento difícil devido à falta de verba. "Queremos aproveitar mais as pessoas que desfilam com a gente. Estamos inovando, pois boa parte da confecção das fantasias estão sendo feitas aqui em nossa quadra. O que precisamos agora é que a comunidade abrace essa causa e nos ajude", ressaltou.

Quem quiser participar das atividades diárias de confecção de fantasias e até mesmo de alegorias e adereços da Princesinha da Zona Sul pode procurar a direção de Carnaval na quadra da escola. "Uma horinha do dia de vocês, componentes, torcedores e pessoas que amam a Rocinha, pode ajudar bastante. Fiquem à vontade e nos procure, independente de quem sejam vocês", conclamou Marcos.

Marcos Freitas, diretor de Harmonia. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Veja como ficou a letra do samba-enredo de 2015 com a junção:

CLAREOU! NO REINO ENCANTADO É CARNAVAL
MUDEI-ME NO OLHAR DA BORBOLETA...
PRA DESCOBRIR O PODER DA TRANSFORMAÉÉO
VOEI EM FLORESTA E JARDINS
VI ANIMAIS EM SUA MUTAÉÉO
É LINDA A VIDA EM HARMONIA... ESPÉCIES RENOVANDO A CRIAÉÉO
VOLTEI NO TEMPO... DAS CAVERNAS VI O HOMEM EVOLUIR
REVELA O FOGO E A FÉ, É ESSÉNCIA DE EXISTIR...

MEU CORAÉÉO BATE FELIZ...É LINDO
ARTE E CULTURA EVOLUINDO
NA FANTASIA REAL TUDO É FOLIA AFINAL
CARNAVAL!!!

MEU VOO MAIS ALTO ASSIM SE TORNOU
CIÉNCIAS RECRIANDO A MATÉRIA
ENFIM A INDÉSTRIA CHEGOU
E COMO FÉNIX RENASCI
AO ABRIR MEUS OLHOS SORRI...
SEM FRONTEIRAS PARA A EMOÉÉO
A VITÉRIA ESTÁ EM SUAS MÉOS

BATE NO PEITO ROCINHA
CHEGOU A HORA DA NOSSA SUPERAÉÉO
A BORBOLETA TRAZ O SONHO PRA AVENIDA
COMUNIDADE PISA FORTE NESSE CHÉO

Veja mais fotos da final de disputa de sambas na Rocinha:

Bateria

Ritmistas. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Ritmistas. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Ritmistas. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Ritmistas. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Um dos casais de mestre-sala e porta-bandeira da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Equipe de Harmonia. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Leléu, cantor oficial da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Passistas da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Passistas da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Velha-Guarda da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Velha-Guarda da Rocinha. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Festa da final. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Festa da final. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Festa da final. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Festa da final. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade 

*Rodrigo Trindade, colaborador do SRZD.

- Assista aos vídeos com as apresentações e ouça o samba da Rocinha para 2015

- Leia as últimas notícias do Carnaval 2015

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    10/11/2014 12:43:32Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Será necessário ver na prática como ficará em termos de excelência na qualidade, é isto que se busca quando faz-se junção de sambas finalistas, ainda mais no caso do `hino´ oficial 2015 da Acadêmicos da Rocinha a borboleta encantada. Quando se diz ver na prática refere-se à comparar a descrição da letra do samba em relação à sinopse do enredo & tema (Borboleteando nos destinos da vida! O que te desafia, te transforma...) de criação e desenvolvimento do carnavalesco já com passagens por agremiações inclusive do Grupo Especial, Alex Oliveira. Ã? imprescindível ver se a melodia da junção das duas obras musicais preservam a identidade da borboleta encantada. Afinal, conforme se vê na notícia, os dois compositores-líderes das parcerias, Flavinho Segal e Mário Lúcio, são vitoriosos na agremiação. Haja vista, a Acadêmicos da Rocinha teve passagem pela chamada elite do Carnaval Carioca o Grupo Especial ou o maior espetáculo da Terra e, digamos por se encontrar em uma conjuntura competitivamente desfavorável, apresentar-se-á em 2015 na Série B o chamado Carnaval Popular realizado na Estrada Intendente Magalhães, no bairro suburbano Campinho, na 2ª feira, dia 16/02/2015, sendo a oitava agremiação a desfilar. Observe-se que a Série B é disputada por 18 agremiações, sendo que a última colocada é rebaixada para a Série C e somente a campeã ascende à Série A da Sapucaí. Para ter-se ideia da competitividade na Série B, além da Acadêmicos da Rocinha, pelo menos outras três agremiações (Tradição, Unidos do Cabuçu e Unidos da Ponte) também tiveram passagens pelo Grupo Especial.

Comentar