SRZD



Hélio Ricardo Rainho

Hélio Ricardo Rainho

VASCO. Carioca, publicitário, MBA em Marketing, ator, diretor teatral, escritor, pesquisador de escolas de samba, futebol e teatro. Escreveu a biografia do jogador Mauro Galvão e é colunista de futebol há 13 anos. Twitter: @hrainho

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



22/11/2014 20h50

O Gigante Acima dos Medíocres
Hélio Ricardo Rainho

Eu muito me orgulho da torcida vascaína. Por ser tão lúcida, honesta e apaixonada. Por ter feito, nesta tarde de Maracanã, algo além do papel que essa diretoria estúpida e inconsequente esperava dos fieis escudeiros da Cruz de Malta. Quando a cambada que dirige o clube esperava um delírio cego da massa de 56,mil vascaínos que lotou o estádio, pensando que a simples classificação nos encheria a barriga, saiu surpreendida com estridentes gritos de "time sem vergonha" e outras indignações.

Bem feito! Merecem mesmo desprezo e insulto! Que me perdoem, como colunista, a indelicadeza. Mas, antes de qualquer coisa, sou vascaíno. Meu sentimento é o mesmo daqueles que disseram, na lata, o que todos esses sujeitinhos mereciam ouvir em alto e bom som. Repito: bem feito!!!

Esses dirigentes amadores e seus abanadores de carvão não conhecem mesmo o Vasco! São acéfalos de mente tacanha, boçais empedernidos que acreditaram que uma simples classificação calaria a boca da torcida.

Não, não vai nos calar!

É muito insulto e descalabro colocar no Maracanã, diante dessa torcida apaixonada, um Vasco de Série B que sequer pôde disputar o título, brigando por um mísero empate com um dos piores times da competição - o modesto Icasa, que nunca jogou no Maracanã e, por fim, está rebaixado para a Série C. E mesmo diante dessa disparatada diferença de grandeza, ver um elenco acovardado, com jogadores tortos em campo, tudo sem planejamento, sem padrão tático - safando-se lá um Guiñazu ou outro pela raça - sem nenhuma competência para honrar a camisa ou as cuecas debaixo do calção vascaíno.

Um time não é assim por acaso. Um time é o retrato da presidência e da diretoria de seu clube. O presidente fraco e sua diretoria inoperante serão varridos de São Januário na próxima semana com as piores marcas históricas do clube. Em cinco anos, foram ao fundo do poço, ao nível máximo de mediocridade, alicerçados por blindadores cegos e interesseiros que, coniventes com esse derrotismo, serão riso e chacota eternos, dormindo com 100toneladas de pedra na consciência.

Em campo, o Vasco fake e virtual desses apequenados derrotistas arrastou-se o jogo inteiro. Ensaiou uma posse de bola, um domínio de território, um controle das ações, mas só conseguiu seu pontinho miserável quando contou com o cochilo do adversário. Nunca teve força, nem pegada, nem raça, nem capacidade para afirmar sua grandeza diante do diminuto oponente. Fez seu gol de bola parada, tomou um golaço num lance de inegável omissão. Mostrou-se irresponsável, covarde, tecnicamente pobre e desconectado com a vibração da torcida o tempo todo. Seu treinador foi retrato fiel da decadência e do atraso mental desse clube depredado pelos estagiários de quinta categoria que lá resolveram fazer morada. O que deveria ser um espetáculo tornou-se um revoltante espetáculo de pobreza técnica e moral do Gigante da Colina.

Pergunto eu: o que pode ser pior do que isso para o abnegado torcedor vascaíno?!

A pré-temporada do Vasco teve seu diretor nanico (o Caetano que não é Velloso) economizando nas contratações por falta de dinheiro. Pobres de tudo, eles não buscaram dinheiro, apenas choraram porque o clube não tinha. Foi passando o tempo, a temporada foi revelando a mediocridade, e aí começaram a entubar uma taioba de jogadores de empresários amigos, todos de meia pataca. Somando dez deles, dava pra contratar um só que tivesse capacidade para mudar o destino do clube na temporada, mas é querer demais esperar que essa gentalha faça contas. Era hora de convocar o empresariado amigo...

O que vimos nessa temporada macabra foi um time arrastado, esquálido, covarde, frouxo, mal pago. O Vasco não tinha nenhuma força no ataque: descia com dois centroavantes atabalhoados, Maxi sozinho tentando criar jogadas, Douglas naquela armação sonolenta de sempre, os laterais cruzando bolas em Niterói, o zagueiro Rodrigo caindo e reclamando dos tombos o tempo todo, o goleiro saindo errado e fazendo golpe de vista ridículo no gol que tomou, Joel com a prancheta (que deve guardar seu atestado de "burro hors concours"). Esse time só acerta um passe quando alguém do adversário deixa.

Gol de Kleber.

Graças a Deus estamos no fim dessa diabice. Os espíritos das trevas que invadiram o clube sairão. Não sou partidário do Eurico, mas ele terá pelo menos três anos (caso não seja impugnado) para conseguir ser pior do que Dinamite. Teria de rebaixar duas vezes o clube, bater todos os recordes negativos já batidos pelo antecessor. Acho impossível. Ninguém poderá superar o amadorismo e a vaidade desses bobocas que estão saindo do Vasco.

Chega. Que nunca mais esses sujeitos mesquinhos se esqueçam que o Vasco não foi "resgatado" por eles; foi, isto sim, devastado por toda essa escória! Insolentes que humilharam e ultrajaram nossa memória.

Mas o Vasco é Gigante, é Imenso, é Guerreiro. Atropela os perseguidores, lança fora os usurpadores. Venceu e continua vencendo as elites racistas - de dentro e de fora - que tentam colonizar seu patrimônio! Subiu, e subiu sem comprar juízes, sem apito amigo, sem gol roubado, sem golpe sujo de tapetão. Caiu pela podridão de seus malditos, mas subiu não apenas para diferenciar-se de seus rivais históricos golpistas e imorais: subiu para, tal qual uma caravela que se move bruscamente em meio a uma tempestade bravia, lançar fora de sua proa os piratas imundos, corsários sanguinários...e que venha um 2015 diferente!

Estamos atentos, estamos de olho! Esse Vasco é patrimônio de uma nação, e não cabe no bolso desses derrotistas clandestinos que representam os mesmos racistas de elite que nos incomodaram no glorioso passado.

Avante, Vasco! Maior do que todos esses medíocres que te querem colonizar!

Facebook Hélio Ricardo Rainho
Twitter @hrainho


Comentários
  • Avatar
    25/11/2014 16:09:45paulo henrique da conceicao dos santosMembro SRZD desde 13/04/2009

    Só lamento que a torcida do vasco não seja igual a do corinthians. Devia ter protestado com acidez máxima já no ano passado. O dinamite fez o que fez, pois sabe que a torcida do vasco é muito passiva. Pelo menos o protesto tardio, poupou as minhas retinas de mais uma vez ter o desgosto de enxergar aquela cara larga do dinamite.

  • Avatar
    24/11/2014 16:11:25LASLO PANAFLEXMembro SRZD desde 13/03/2014

    PLA, PLA, PLA, PLA (APLAUSOS). BELAS PALAVRAS PARA DIZER QUE O FREGUÃ?S VOLTOU. SEIS PONTOS GARANTIDOS EM 2015. RESUMINDO: MUDARAM AS MOSCAS, MAS A M-ERDA Ã? A MESMA. DAQUI A TRÃ?S ANOS VOU LER NESTA COLUNA: "... E AINDA BEM QUE EURICO E SEUS CAPANGAS ESTÃ?O DEIXANDO O GIGANTE VASCO DA GAMA. DISPUTAREMOS A SÃ?RIE C COM DIGNIDADE E BLA, BLA, BLA ..." VASCO DA GAMA, O CLUBE QUE VIROU PADARIA.

  • Avatar
    24/11/2014 08:25:58Alessandro RochaMembro SRZD desde 06/08/2014

    A torcida deu um verdadeiro show e acima de tudo fiel. Empurrou o time o tempo todo e vaiou apenas no fim do jogo! Vaias merecidas para uma administração e um time de zombies! A próxima gestão pode não ser a que a maioria dos vascaínos queriam, mas, ao menos, tem sangue nas veias! Após a tempestade, esperamos a bonança!

  • Avatar
    23/11/2014 12:02:35Vander SonMembro SRZD desde 05/11/2014

    Assino embaixo com tudo que foi dito! Mas sinceramente é difícil ser otimista com o futuro sabendo que tá voltando também uma turma que começou toda essa decadência do clube lá em 2001... não são apenas os 6 ultimos anos de apequenamento, são 14 ANOS, e os 8 primeiros são dos mesmos que vem com o Eurico! Sei que é praticamente impossível fazer uma gestão pior que a do banana do Dinamite, mas se for pegar os histórico dos que vão assumir agora serão mais 3 longos anos com times fracos, sem patrocínio, sem credibilidade, sempre disputando mais uma vez pra não cair e se contentar apenas com isso como se fosse título!

Comentar