SRZD


02/12/2014 09h33

Lançamento do CD do Grupo Especial reuniu escolas na Cidade do Samba
Redação SRZD

O lançamento do CD das escolas de samba do Grupo Especial, realizado na noite desta segunda-feira (1), reuniu todas as agremiações, com seus presidentes e segmentos e lotou a Cidade do Samba. O álbum já ganhou disco de platina, entregue durante a festa, pela venda de mais de 80 mil cópias em menos de duas semanas de vendas. 

- Veja aqui galeria de fotos da festa

Lançamento do CD do Grupo Especial. Foto: SRZD

Os presidentes das escolas estavam tranquilos quanto ao resultado final dos sambas, contando que a comunidade aceitou muito bem e que estão cantando e ensaiando bastante nas quadras.

O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, elogiou a qualidade da produção do CD e frisou que, por melhor que sejam as apresentações, Carnaval se ganha na Avenida.

Portela, Mangueira e Beija-Flor foram as agremiações que mais levaram representantes. Os torcedores da escola de Madureira, antes de começar a apresentação, se posicionaram em frente ao palco já cantando o samba com bandeirinhas, que contagiou toda a Cidade do Samba. A composição da Portela foi uma das mais cantadas.

Rainhas das escolas do Grupo Especial estiveram presentes. Sabrina Sato, da Vila Isabel, pela primeira vez não compareceu à festa de lançamento do CD.

A bateria da Unidos da Tijuca, campeã de 2014, do mestre Casagrande, foi a que tocou nas apresentações. A escola encerrou a festa, com a bateria descendo do palco, com a rainha Juliana Alves à frente, no meio do público. A escola cantou sambas de 2013, 2014 e 2015.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:Carnaval 2015

Comentários
  • Avatar
    02/12/2014 12:30:06Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Faço autocrítica pela reaparição depois de longa ausência por adoecimento do empresário zootécnico Aniz Abrahão David o `Anísio´ na festa de lançamento do CD de sambas-enredo 2015 da LIESA nesta 2ª feira, 01/12/2014. Patrono da Beija Flor, ele foi presidente da LIESA de 1985 a 1987. Com a criação do Conselho `Superior´ (CS) em 2007 exatamente para isso, juntamente com outros dois ex-presidente da LIESA, Ailton Guimarães Jorge o Capitão Guimarães e Luiz Pacheco Drumond o `Luizinho´, o `Anísio´ passou a ser um dos três capos dominantes no órgão. Porém, devido sua idade avançada, adoecimento e ausências no CS da LIESA ele era substituído pelo presidente do Conselho Fiscal & da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, significando perda de força, poder e títulos da Beija Flor, acarretando no seguinte de 2003 para cá. Em 2014 a Beija Flor ficou ineditamente três anos consecutivos sem vencer inclusive fora do desfile das campeãs. Há alguns anos afirmo, o Carnaval 2015 será uma espécie de preliminar da eleição na LIESA em meados do ano, porque a razão da criação do CS da LIESA é indicar para os julgadores a campeã e a rebaixada. Como o presidente-executivo fantoche da LIESA, Jorge Castanheira, se desgastou quase renunciando quando reconheceu pela imprensa ter ocorrido discrepâncias nas notas dos julgadores no Carnaval 2014. Isto levou a plenária da LIESA a obrigá-lo a mudar 24 deles e pôr fim ao quesito Conjunto. O que leva à previsão de um duelo de força & poder entre a imerecida campeã Unidos da Tijuca de Fernando Horta e a Beija Flor de `Anísio´. Uma destas junto com o Salgueiro e a Portela disputarão o título. Afinal, historicamente três agremiações o disputam. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    02/12/2014 12:30:06Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Faço autocrítica pela reaparição depois de longa ausência por adoecimento do empresário zootécnico Aniz Abrahão David o `Anísio´ na festa de lançamento do CD de sambas-enredo 2015 da LIESA nesta 2ª feira, 01/12/2014. Patrono da Beija Flor, ele foi presidente da LIESA de 1985 a 1987. Com a criação do Conselho `Superior´ (CS) em 2007 exatamente para isso, juntamente com outros dois ex-presidente da LIESA, Ailton Guimarães Jorge o Capitão Guimarães e Luiz Pacheco Drumond o `Luizinho´, o `Anísio´ passou a ser um dos três capos dominantes no órgão. Porém, devido sua idade avançada, adoecimento e ausências no CS da LIESA ele era substituído pelo presidente do Conselho Fiscal & da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, significando perda de força, poder e títulos da Beija Flor, acarretando no seguinte de 2003 para cá. Em 2014 a Beija Flor ficou ineditamente três anos consecutivos sem vencer inclusive fora do desfile das campeãs. Há alguns anos afirmo, o Carnaval 2015 será uma espécie de preliminar da eleição na LIESA em meados do ano, porque a razão da criação do CS da LIESA é indicar para os julgadores a campeã e a rebaixada. Como o presidente-executivo fantoche da LIESA, Jorge Castanheira, se desgastou quase renunciando quando reconheceu pela imprensa ter ocorrido discrepâncias nas notas dos julgadores no Carnaval 2014. Isto levou a plenária da LIESA a obrigá-lo a mudar 24 deles e pôr fim ao quesito Conjunto. O que leva à previsão de um duelo de força & poder entre a imerecida campeã Unidos da Tijuca de Fernando Horta e a Beija Flor de `Anísio´. Uma destas junto com o Salgueiro e a Portela disputarão o título. Afinal, historicamente três agremiações o disputam. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

Comentar