SRZD


29/01/2015 00h21

Contagem Regressiva: mesmo sem patrocínio, Santa Cruz segue com barracão adiantado
Redação*

O SRZD-Carnaval prosseguiu, na tarde desta quarta-feira (28), com as visitas aos barracões da Série A do Rio de Janeiro e a Acadêmicos de Santa Cruz foi mais uma das agremiações que receberam a visita do Portal do Sidney Rezende.

Cassino mostrará início de consagração de Grande Otelo. Foto: Rodrigo Trindade

A verde e branca da Zona Oeste, que já esteve no Grupo Especial, homenageará no desfile deste ano o ator Grande Otelo e pretende contar a vida e a obra do artista brasileiro, no centenário de seu nascimento. Apoiada no tema "O pequeno menino que se tornou um Grande Otelo", a escola, que até ano passado tinha como carnavalesco Sílvio Cunha, resolveu, em 2015, trilhar um novo caminho, adotando o que algumas já fazem: uma comissão de Carnaval, formada por Munir Nicolau, Lane Santana, Flávio Campello e Bruno Faleiro.

Munir Nicolau e Lane Santana. Foto: Rodrigo Trindade

A Santa Cruz será a segunda a desfilar no sábado, dia 14 de fevereiro, e levará cerca de 1.500 componentes, em 23 alas e quatro carros alegóricos. O SRZD- Carnaval conferiu que a agremiação está com todas as alegorias em fase de decoração final, sem quaisquer atrasos ou desespero. Munir Nicolau destacou que 80 por cento dos trabalhos estão prontos. "Faltam apenas detalhes como colagem de alguns pompons, colocação de néons e o resto da iluminação das alegorias", informou.

Detalhe do abre-alas, que é um grande circo, onde Otelo começou sua carreira. Foto: Rodrigo Trindade

A ideia do enredo veio de Flávio Campello, que durante pesquisa, chegou a se reunir com a Prefeitura de Uberlândia (MG), cidade natal de Grande Otelo, para tentar conseguir patrocínio, mas sem sucesso. Segundo Munir, mesmo sem a ajuda daquela prefeitura, a escola pretende fazer um grande desfile. "Somos bastante cobrados, pois a Santa Cruz já esteve no Grupo Especial e temos que fazer um desfile à altura dela", reconheceu, revelando, em seguida, que o gasto da escola para realizar este Carnaval está por volta de 1 milhão e 400 mil reais.

Terceira alegoria mostrará Grande Otelo no rádio, cinema e televisão. Foto: Rodrigo Trindade

Lane Santana, que também trabalha no desenvolvimento do desfile, comentou sobre o sucesso da equipe formada na Santa Cruz. "Estamos apostando muito nessa equipe. Nos damos muito bem e isso é importante numa comissão de Carnaval. Um dos resultados esta aí. Estamos com o barracão adiantado e queremos, sim, tentar brigar pelo título. Vamos fazer um desfile de qualidade", apostou. Quanto ao acabamento das alegorias, Munir completou: "Todas as alegorias terão efeitos de iluminação, inclusive com néon. Vai ser nossa grande aposta".

Confira, nas palavras de Munir, o significado de cada alegoria da Santa Cruz:

1ª alegoria/abre-alas: "Vai representar um circo, onde Otelo começou sua carreira, lá em Uberlândia (MG)".

2ª alegoria: "Falará dos cassinos, onde ele fazia suas apresentações e foi nesses locais, praticamente, que ele começou a se consagrar como artista".

3ª alegoria: "Vai mostrar a participação dele no rádio, cinema e televisão".

4ª alegoria: "A figura dele virá neste carro. Ele foi a Paris receber uma premiação, mas nem chegou a pegar o troféu, pois faleceu antes disso acontecer. Daí, o que queremos retratar é este recebimento, por parte dele, dessa premiação. Lá na Avenida ele receberá o que ele não pôde receber em vida. Ele virá num grande céu, em forma de anjo. Esse carro promete emocionar, pois virão vários familiares e artistas".

A comissão de frente terá a coreografia de Carlinhos Muvuca e será, segundo Lane, colorida e alegre. "Vai ser uma síntese do enredo. É um sonho de um menino em se transformar em Grande Otelo. Ele vai passar por várias fazes até chegar a ser o que foi. Vai mostrar as várias transformações de Grande Otelo. As fantasias serão bem coloridas, alegres, vibrantes. Vai ser tudo bem descontraído", revelou ao SRZD-Carnaval.

Confira mais fotos do barracão da Santa Cruz:

Foto: Rodrigo Trindade

Foto: Rodrigo Trindade

Foto: Rodrigo Trindade

*Por Rodrigo Trindade, colaborador do SRZD.

Da série Contagem Regressiva:

Grupo Especial:

-Atual campeã: Tijuca quer conquistar o público de novo

-Gigantismo, efeitos de Parintins e emoção são promessas da Viradouro

-Ilha quer surpreender o público com luxo e alegorias imponentes

-São Clemente prepara 'enredo da vida' de Rosa Magalhães

-Abre-alas gigante da Mangueira ofertará flores às mulheres

-'A Vila Isabel é muito aguardada', diz diretor de Carnaval

-Portela promete 'fechar barracão' até 31 de janeiro

-Imperatriz segue com barracão a todo vapor, mas encontra dificuldade com fornecedores

-'Não estamos atrasados nem adiantados', diz Laíla da Beija-Flor

Série A:

-Unidos de Padre Miguel quer repetir sucesso das alegorias de 2014

-Índio canibal comerá componente no desfile da Paraíso do Tuiuti

-Em Cima da Hora dribla falta de dinheiro com simplicidade, bom gosto e capricho no acabamento

-Mesmo com problemas financeiros, Curicica aposta em um grande desfile

-'O público pode esperar uma Estácio de Sá forte', diz Tarcisio Zanon

-Na Inocentes, mesmo sem patrocínio, atividades estão adiantadas

-Caprichosos de Pilares corre contra o tempo para finalizar abre-alas

-Alegria da Zona Sul dribla falta de dinheiro com material alternativo

-'Cubango quer voltar a disputar título', disse Jaime Cezário

-Uma Império Serrano de fé e emoção

Veja mais:

-Saiba tudo sobre os ensaios na Marquês de Sapucaí

-Leia as últimas notícias do Carnaval 2015

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
Comentar