SRZD


30/01/2015 23h05

Contagem Regressiva: 'O público pode esperar uma Estácio de Sá forte', diz Tarcisio Zanon
Redação*

O SRZD-Carnaval foi até o barracão da Estácio de Sá, vice-campeã da Série A do ano passado, conferir o que a escola prepara para seu desfile, dia 14 de fevereiro. Apoiada no enredo "De braços abertos, de janeiro a janeiro, Sorrio, sou o Rio, sou Estácio de Sá", desenvolvido pela dupla de artistas Amauri Santos e Tarcisio Zanon, a agremiação pretende homenagear a Cidade Maravilhosa pelos seus 450 anos.

1ª alegoria vai mostrar as belezas naturais do Rio. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Faltando 15 dias para sua apresentação, a vermelha e branca deve terminar suas atividades no barracão bem antes: três alegorias estão prontas e "embaladas". O abre-alas, que é acoplado, tem um chaci também pronto e a outra parte passa apenas por pequenos ajustes na decoração. Todos eles já estão com os efeitos de iluminação colocados. A Estácio é, talvez, uma das escolas mais adiantadas em termos de finalização de carros alegóricos.

Orla do Rio é uma das belezas representadas.Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Quem conversou com o SRZD-Carnaval foi Tarcisio Zanon, que resumiu como o enredo será abordado: "O fundador da cidade do Rio, Estácio de Sá, é quem vai narrar toda essa homenagem ao Rio. Passaremos por vários momentos históricos da cidade. Vamos mostrar tudo que temos de bom, desde a natureza até a cultura".

Tarcisio mostra o Paço Imperial, segunda alegoria. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

O jovem artista também apostou nos rumos que a agremiação tomou para o desfile de 2015. "Estamos ansiosos, mas calmos, pois tudo está dentro do cronograma das atividades. Está tudo adiantado. Agora é um trabalho final de equipe, só por conta de pequenos acabamentos. A Estácio vem com materiais de boa qualidade e o público pode esperar uma escola muito forte e preparada para o Grupo Especial".

Na caravela, virá Estácio de Sá, fundador da cidade do Rio. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

Confira a descrição das quatro alegorias, nas palavras de Tarcisio:

1ª alegoria/abre-alas acoplado: "Vai representar o encantamento de Estácio de Sá. É o primeiro momento em que ele se encontra com a cidade do Rio e se depara com as belezas naturais, os índios, entre outras maravilhas. Na frente do abre-alas, Estácio de Sá virá em uma caravela. O leão, símbolo da escola, virá de uma forma bem direfente: 64 micos-leões formarão a juba do leão da Estácio".

2ª alegoria: "Vai retratar o Paço Imperial e as festas daquela época. Era palco da coroação de reis, chegada de D. João, morada dele e de outras personalidades naquela época".

3ª alegoria: "Vamos retratar aqui a musicalidade do Rio de Janeiro, começando pela Bossa Nova. Vamos trazer vários momentos do Rio, inclusive quando houve a Ditadura Militar".

4ª alegoria: "Vai ser a grande comemoração da Estácio aos 450 anos do Rio. A velha-guarda vem nesse carro. Ismael Silva reviverá aqui também. É um carro bastante espelhado, com um visual muito bonito. Vai dar um efeito incrível".

Quanto à comissão de frente, coreografada pela bailarina Claudia Mota, o carnavalesco, claro, manteve os segredos, mas revelou: "Vem com elementos inovadores e tecnológicos. Ela vai representar o tempo, o Rio e o samba. Vai ser uma grande síntese entre esses três aspectos".

Detalhe do Paço Imperial, segunda alegoria. Foto: SRZD-Rodrigo Trindade

*Por Rodrigo Trindade, colaborador do SRZD.

Da série Contagem Regressiva:

Grupo Especial:

-Atual campeã: Tijuca quer conquistar o público de novo

-Gigantismo, efeitos de Parintins e emoção são promessas da Viradouro

-Ilha quer surpreender o público com luxo e alegorias imponentes

-São Clemente prepara 'enredo da vida' de Rosa Magalhães

-Abre-alas gigante da Mangueira ofertará flores às mulheres

-'A Vila Isabel é muito aguardada', diz diretor de Carnaval

-Portela promete 'fechar barracão' até 31 de janeiro

-Imperatriz segue com barracão a todo vapor, mas encontra dificuldade com fornecedores

-'Não estamos atrasados nem adiantados', diz Laíla da Beija-Flor

Série A:

-Unidos de Padre Miguel quer repetir sucesso das alegorias de 2014

-Índio canibal comerá componente no desfile da Paraíso do Tuiuti

-Em Cima da Hora dribla falta de dinheiro com simplicidade, bom gosto e capricho no acabamento

-Mesmo com problemas financeiros, Curicica aposta em um grande desfile

-Na Inocentes, mesmo sem patrocínio, atividades estão adiantadas

-Mesmo sem patrocínio, Santa Cruz segue com barracão adiantado

-Caprichosos de Pilares corre contra o tempo para finalizar abre-alas

-Alegria da Zona Sul dribla falta de dinheiro com material alternativo

-'Cubango quer voltar a disputar título', disse Jaime Cezário

-Uma Império Serrano de fé e emoção

Veja mais:

-Saiba tudo sobre os ensaios na Marquês de Sapucaí

-Leia as últimas notícias do Carnaval 2015

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 

 



Comentários
Comentar