SRZD


12/02/2015 14h24

Intérprete retorna ao Carnaval após sete anos afastado
Redação*

A Mocidade Independente de Inhaúma, agremiação que desfilará domingo, dia 15, na Intendente Magalhães, em Campinho, pela Série D, levará o enredo "Vem Brincar de Boi", desenvolvido pelo carnavalesco Flavio Lins. Como novo intérprete, a escola anunciou a contratação de Paulinho da Voz.

Paulinho tem 41 anos de idade, é comerciante e tem uma barraca de frutas em Botafogo. Além disso, é um dos compositores ganhadores do samba de 2015 da Mocidade Independente de Inhaúma, onde também defendeu o samba com sua voz e ganhou elogios da diretoria da escola. Em conversa com o SRZD-Carnaval, ele explicou como começou sua trajetória no mundo do samba.

"Eu vendia frutas, chocolates e bebidas nos sinais. Com o tempo, consegui meu ponto fixo onde tenho minha barraca. Mas sempre gostei de Carnaval. Minha família já frequentava as quadras das escolas. Nasci em Olaria, pertinho da quadra da Imperatriz. Frequentava muito aquela quadra. Daí, teve uma época em que houve um concurso de uma rádio. Fui concorrer e ganhei. Com o tempo, comecei a ser convidado por algumas escolas de samba".

O cantor teve passagens pela Cubango e Tradição, mas seu momento mais especial foi na Imperatriz ao lado de Preto Jóia. "Comecei cantando na Acadêmicos do Cubango, como apoio de carro de som. Isso aconteceu em 2005. Naquela época, houve uma saída da Cubango para a Vila Isabel e eu fui. Durante a apresentação, um pessoal da Tradição me viu, gostou de mim e me convidou para fazer um teste. O Preto Jóia, que na época, também era intérprete da Tradição, gostou de mim e acabou me convidando para cantar com ele na Imperatriz. Cantei na Tradição por um ano e fiquei na escola de Ramos por dois anos, em 2006 e 2007", completou.

Paulinho ficou afastado dos carros de som por cerca de sete anos. Acerca do motivo de ter se afastado, ele resumiu: "Dei prioridade a outras atividades. Também sou comerciante. Muitas coisas aconteceram e acabei ficando parado por um tempo, mas retorno esse ano com toda força". Sobre conciliar suas atividades de vendedor com o samba, o cantor exaltou o Carnaval e disse:

"Sempre tive um jeito para criar meus filhos e ao mesmo tempo trabalhar. Quando a gente gosta do Carnaval e do samba, Deus ilumina e nos ajuda a saber separar e conciliar a hora de cada coisa. Além disso, o Carnaval nos dá um banho de felicidade. Faz a gente esquecer um pouco nossos problemas diários".

Acerca de seus filhos e sua família, Paulinho falou orgulhoso. "Sou casado. Tenho cinco filhos, todos jovens: duas meninas, uma de 21 e outra de 19 anos, e três meninos, um de 10, um de 12 e um de 19 anos, que inclusive já está na Aeronáutica", disse em entrevista ao SRZD-Carnaval.

Paulinho da Voz (à direita), ao lado de um componente da Imperatriz. Foto: Arquivo Pessoal

*Por Rodrigo Trindade, colaborador do SRZD.

Veja mais:

-Saiba tudo sobre os ensaios na Marquês de Sapucaí

-Leia as últimas notícias do Carnaval 2015

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
Comentar