SRZD



Marcio Coelho

Marcio Coelho

LÍNGUA PORTUGUESA. Consultor lexicográfico da Academia Brasileira de Letras· Cursou Letras Português/Latim e Português/Literaturas. É corretor das redações do Vestibular da Cesgranrio e das provas discursivas da UFRJ. Palestrante sobre Novo Acordo Ortográfico, na Bienal do Livro do RJ. Escreveu dois capítulos na "Gramática Escolar da Língua Portuguesa, do Professor Evanildo Bechara: interpretação de textos e grafia das palavras" e também capítulos sobre questões de concursos públicos no livro "Língua Afiada" (no Jornal Extra), do Professor Sérgio Nogueira. Ministrou curso de capacitação, no Ministério Público Federal. Lecionou nos cursos e colégios Miguel Couto, Bahiense, Martins, Princesa Isabel, Escola Naval etc. Foi professor da rede estadual de ensino. Elaborou prova de Língua Portuguesa para o concurso do magistério da Rede Pública Municipal (1° e 2° graus).

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



10/03/2015 12h59

Vale a pena ver de novo
Marcio Coelho

Diga o valor morfológico da palavra que nas frases seguintes:

 

1-   Ajudarei a vossos pais, que não, a vós.

2-   A criança anda que anda.

3-   Desejo que tu voltes.

4-   Temos que agir.

5-   Mais vale a virtude que o saber.

6-   Faltou pouco que o clube ganhasse.

7-   A menina chora que chora.

8-   Outro, que não eu, deveria falar.

9-   Vá ver o jogo, que vai ser bom.

10-  Estudou tanto, que cansou.

11-  Veja que espetáculo de mulher!

12-  Aquele menino é feio que dói.

13-  Sinto que hoje é o meu dia.

14-  Ele não tinha que fazer essa observação.

15-  Que loucura cometeste!

16-  Apressa-te, que vem gente.

17-  Criança que és, não podes entender isto.

18-  Fiz-lhe sinal que calasse.

19-  Parece que ele se feriu.

20-  Que folgado é o garoto!

21-  Que é progresso?

22-  Quê!  Não preparaste o almoço?

23-  Que inteligência ele tem!

24-  Tínhamos que reparar a injustiça.

25-  Ai, que saudades tenho da Bahia!

26-  Eis os livros de que lhe falei.

27-  O quê tem inúmeras funções.

28-  Os vinte anos nunca mais que chegavam.

29-  Leio nos seus olhos um quê de alegria.

30-  Não sai à rua, que não leve o filho.

31-  Quanta admiração que eu tenho por você.

32-  Felicidade vale mais que riqueza.

33-  Há pessoas que são delicadas.

34-  Tenho que chegar cedo.

35-  Que saudade tenho da minha escola!

36-  Estudou de tal modo que nos alegrou.

37-  Quem não estudar, que fique em casa.

38-  Não chora, que te largo.

39-  Quê! Onde estás?

40-  Ela deu o que lhe pertencia.

 

Gabarito do exercícios:

 

1)    Conjunção adversativa

2)    Conjunção aditiva

3)    Conjunção integrante

4)    Preposição

5)    Conjunção comparativa

6)    Conjunção final

7)    Conjunção aditiva

8)    Conjunção adversativa

9)    Conjunção explicativa

10)  Conjunção consecutiva

11)  Conjunção integrante

12)  Conjunção consecutiva

13)  Conjunção integrante

14)  Preposição

15)  Pronome indefinido

16)  Conjunção explicativa

17)  Conjunção causal

18)  Conjunção final

19)  Conjunção integrante

20)  Advérbio de intensidade

21)  Pronome interrogativo

22)  Interjeição

23)  Pronome indefinido

24)  Preposição

25)  Pronome indefinido

26)  Pronome relativo

27)  Substantivo

28)  Palavra expletiva (realce)

29)  Substantivo

30)  Conjunção condicional

31)  Palavra expletiva (realce)

32)  Conjunção comparativa

33)  Pronome relativo

34)  Preposição

35)  Pronome indefinido

36)  Conjunção consecutiva

37)  Palavra expletiva (realce)

38)  Conjunção explicativa

39)  Interjeição

40)  Pronome relativo


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.