SRZD


16/03/2015 14h01

Cid Carvalho é o novo carnavalesco da Cubango
Redação SRZD

Foto: Felipe AraújoCid Carvalho é o novo carnavalesco da Acadêmicos do Cubango. As negociações foram finalizadas e a escola anunciou a novidade nesta segunda-feira.

O enredo da escola será anunciado no dia 25 de abril, na quadra da agremiação.

Após a contratação, Cid se pronunciou sobre a nova casa. "É uma enorme alegria realizar o Carnaval de uma escola forte como a Cubango", disse.

Cid, que atuou na Mangueira no último Carnaval, já passou por escolas como Beija-Flor, Vila Isabel, Estácio e Paraíso do Tuiuti, além de desenvolver o desfile de escolas de outros estados, como a Boêmios do Laguinho, de Macapá, e Mocidade Unida da Glória, de Vitória.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:CubangoCarnaval 2016

Comentários
  • Avatar
    20/03/2015 13:07:49Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro no mundo samba, espero encerrar agora nosso debate de ideias. Não considero meus comentários â??confusosâ? assim como não farei como o saudoso jornalista Nelson Rodrigues que dizia ser idiota da objetividade, as pessoas que exigem â??objetividadeâ? de outra ao redigir ou comentar. â??Objetividadeâ? não existe, pois, ao se redigir ou comentar toma-se uma série de medidas que são em larga medida subjetivas, influenciadas por posição pessoal, hábitos ou emoção. Serei repetitivo sobre o jogo de bicho ser â??o mais sério, o mais honesto, sem falcatruas nem sacanagens fora os milhares de â??empregos´ (sic) que criaâ?. Os seus idolatrados empresários zootécnicos não precisam temer o PT que comanda governos de coalizão com a burguesia, porque os governos federal e o estadual não querem fazer o certo. Isto é aplicar a dureza da Lei nela inclusa prisão e confisco de bens sobre os seus idolatrados e estatizar tal contravenção penal. Assim, os trabalhadores passariam a ser servidores públicos com estabilidade, salários justos, capacitação e treinamento permanentes em relação à modernidade da informatização. Ou seja passariam a ter empregos e, não, subempregos conforme ocorre na contravenção penal do jogo de bicho. Parceiro-irmão ROBERTO, estamos juntos e misturados, um beijo em seu coração e lembre-se na hora de dormir: â??(..) O meu azul veio lá do infinito/O meu canto é mais bonito/Salve Oswaldo Cruz e Madureira/Me chamam de celeiro de bamba/A Majestade do Samba/Da velha guarda formosa e faceira/Eu sou e sei que sou/Mais fascinante, deslumbrante, mais amor/Bem sei que você aprova/Pois meu visual comprova/Eu sou luxo e esplendor. REFRÃ?O: Olha eu aí/Cheguei agora/Cheguei pra levantar o seu astral/Posso perder, posso ganhar, isso é normal/Vinte e uma vezes campeã do Carnaval!â?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    20/03/2015 13:07:48Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro no mundo samba, espero encerrar agora nosso debate de ideias. Não considero meus comentários â??confusosâ? assim como não farei como o saudoso jornalista Nelson Rodrigues que dizia ser idiota da objetividade, as pessoas que exigem â??objetividadeâ? de outra ao redigir ou comentar. â??Objetividadeâ? não existe, pois, ao se redigir ou comentar toma-se uma série de medidas que são em larga medida subjetivas, influenciadas por posição pessoal, hábitos ou emoção. Serei repetitivo sobre o jogo de bicho ser â??o mais sério, o mais honesto, sem falcatruas nem sacanagens fora os milhares de â??empregos´ (sic) que criaâ?. Os seus idolatrados empresários zootécnicos não precisam temer o PT que comanda governos de coalizão com a burguesia, porque os governos federal e o estadual não querem fazer o certo. Isto é aplicar a dureza da Lei nela inclusa prisão e confisco de bens sobre os seus idolatrados e estatizar tal contravenção penal. Assim, os trabalhadores passariam a ser servidores públicos com estabilidade, salários justos, capacitação e treinamento permanentes em relação à modernidade da informatização. Ou seja passariam a ter empregos e, não, subempregos conforme ocorre na contravenção penal do jogo de bicho. Parceiro-irmão ROBERTO, estamos juntos e misturados, um beijo em seu coração e lembre-se na hora de dormir: â??(..) O meu azul veio lá do infinito/O meu canto é mais bonito/Salve Oswaldo Cruz e Madureira/Me chamam de celeiro de bamba/A Majestade do Samba/Da velha guarda formosa e faceira/Eu sou e sei que sou/Mais fascinante, deslumbrante, mais amor/Bem sei que você aprova/Pois meu visual comprova/Eu sou luxo e esplendor. REFRÃ?O: Olha eu aí/Cheguei agora/Cheguei pra levantar o seu astral/Posso perder, posso ganhar, isso é normal/Vinte e uma vezes campeã do Carnaval!â?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/03/2015 23:17:23ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    E amigo Almir de Macaé das palavras bonitas e dos comentários confusos, e melhor pararmos por aqui, eu continuo firme nas minhas ideias, e também me desculpe a franqueza,eu não acredito que lá nos seus ancestras o vovô ou a vovó nunca fez uma fezinha numa MILHAR,CENTENA OU DUQUE DE DEZENA COMBINADO rsrsrsr,por isso digo e afirmo O JOGO DO BICHO FAZ PARTE SIM DA CULTURA CARIOCA é e o jogo mais sério mais correto que existe ,não tem sacanagem nem falcatrua foras os milhares de empregos que ele gera, dês da época do Barão de Drumond, sugiro ate que os chamados bicheiros passem bem longe do PT KKKKKKKKKKK. Abraço amigo, um beijo no seu coração e desculpe alguma coisa, mais lembre-se sempre que for dormir que: SONHAR COM ANJO Ã? BORBOLETA,sem contemplação SONHAR COM REI DA LEÃ?O,mais nessa festa de real valor NÃ?O ERRE NÃ?O O PALPITE CERTO Ã? BEIJA FLOR, A MINHA BEIJA FLOR DE NILÃ?POLIS. Saudações Nilopolitanas.

  • Avatar
    19/03/2015 09:22:15Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro no mundo samba, espero pôr fim a este infrutífero debate de ideias por você provocado. Desculpe-me a franqueza, basta eu dizer fundamentadamente que os atuais contraventores penais do jogo de bicho e de outras criminalidades não pertencem ao mundo do samba, para você defendê-los. Agora você, conforme um â??juizâ? de última instância, sentencia: â??Samba, futebol e jogo de bicho fazem parte (sic) da Cultura Cariocaâ?. Esclarecendo, jogo de bicho é uma mazela da sociedade capitalista. Ã? uma contravenção penal característica e hipocritamente tolerada pela burguesia e suas instituições dentre as quais os governos. Não por outra razão, o governo federal é uma conciliação/colaboração entre classes sociais comandado por um partido político de trabalhadores. Eu jamais pensei, sequer sonhei dizer que o patrono in memória da Majestade do Samba seja â??santoâ?. O próprio Mestre Candeia também não. Por isso, reafirmo é historicamente honroso a Águia Guerreira de Oswaldo Cruz e Madureira ter o patrono in memória que tem e Mestre Candeia também ser exaltado até os dias de hoje. Ambos têm obra para tal, a despeito de conforme os mortais, terem defeitos. Eles não são nem deve ser idolatrados. Isso, somente deve ser feito a Deus. Não são os casos dos patronos não-sambistas atuais existentes em nosso mundo do samba. A obra deles é auferir lucros milionários na exploração, opressão e dominação das agremiações e de suas comunidades nas quais estão infiltrados. O que é hipocritamente disfarçado e apelidado de â??trabalho socialâ? igualzinho as Organizações Globo faz através do famigerado Projeto â??Criança Esperançaâ?. Isto é, só para abater do imposto de renda. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    19/03/2015 02:55:27ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    Você só falta dizer que o finado Natal era um santo, o velho tinha mais de 300 processos, foi preso mais de 80 vezes,tinha cadeira cativa no presidio da Ilha Grande e Fernando de Noronha,matou um malandro que quis tomar seus pontos de bichos, o cara que chamou ele de negro safado ele também mandou pra vala sem contar com Davi que ele mato encima do viaduto lembra disso? claro que lembra, se não lembra baixe o filme NATAL DA PORTELA, mais você lembra,você é malandro da antiga do tempo do quilombo do finado Candeia. Então amigo Almir são tudo farinha do mesmo saco, mais voce falou uma coisa certa, naquela época não tinha crime organizado, era CRIME DESORGANIZADO mesmo porque o natal não mandava ninguém matar não ele mesmo ia lá quebrava o sujeito e saia andando normalmente, era só tentar esculachar a Portela ou os pontos de bicho dele,e mesmo assim depois disso tudo ele ainda é merecidamente lembrado com carinho em Madureira, cantado em verso e prosas, virou ate filme , amigo Almir se liga em uma coisa, SAMBA, FUTEBOL E JOGO DO BICHO FAZ PARTE DA CULTURA CARIOCA e isso ninguém vai apagar, já tentaram varias vezes mais sem sucesso. Um abraço amigo, e saudações Nilopolitanas.

  • Avatar
    18/03/2015 12:20:37Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro, é o seguinte. Você insiste em â??advogarâ? para o patrono não-sambista da afilhada Beija Flor e de provocar em relação ao patrono in memória e outros devidamente excluídos da madrinha Portela. Então, sem me incomodar ou cansar, pela enésima vez, Natal foi um sambista que enquanto trabalhador da Central do Brasil acabou migrando para a contravenção penal do jogo de bicho. Esta à época ainda não tinha o poder financeiro, econômico e político na sociedade capitalista nem era infiltrado nos podres-poderes da República típico do crime organizado conforme tal contravenção penal se agigantou atualmente ao imiscuir-se com as chamadas máfias do bingo, das máquinas caça-níqueis e tráficos de armas e de drogas. Natal é merecedor de ser patrono in memória da madrinha Portela enquanto sambista-bamba. Sob o comando dele a Águia Altaneira tornou-se a Escola de Samba com mais torcida-organizada, a mais coirmã-madrinha e a mais vitoriosa do Carnaval Carioca, a Majestade do Samba. Os familiares dele seguiram seus ensinamentos passando a comandar uma agremiação, mesmo que dissidente da Águia Guerreira de Oswaldo Cruz e Madureira. Não é o caso do contraventor penal do jogo de bicho por você mencionado e que foi patrono não-sambista da Portela o qual nem merece ter o nome citado, pois, foi na nada-saudosa â??gestãoâ? dele que causou a fundação da dissidente Tradição e da alternativa por mim citada GRANES Quilombo. Já o patrono não-sambista da nilopolitana afilhada portelense sequer a tem como agremiação do coração, mas, sim a gloriosa verde-rosa. Tal nefasto não-sambista se fizer jus ao título de presidente da Beija Flor a respeitabilíssima agremiação mais vitoriosa da era-sambódromo, a Deusa da Passarela, somente pode ser grafado assim: de â??honraâ?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    18/03/2015 12:20:37Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    ROBERTO, nilopolitano parceiro, é o seguinte. Você insiste em â??advogarâ? para o patrono não-sambista da afilhada Beija Flor e de provocar em relação ao patrono in memória e outros devidamente excluídos da madrinha Portela. Então, sem me incomodar ou cansar, pela enésima vez, Natal foi um sambista que enquanto trabalhador da Central do Brasil acabou migrando para a contravenção penal do jogo de bicho. Esta à época ainda não tinha o poder financeiro, econômico e político na sociedade capitalista nem era infiltrado nos podres-poderes da República típico do crime organizado conforme tal contravenção penal se agigantou atualmente ao imiscuir-se com as chamadas máfias do bingo, das máquinas caça-níqueis e tráficos de armas e de drogas. Natal é merecedor de ser patrono in memória da madrinha Portela enquanto sambista-bamba. Sob o comando dele a Águia Altaneira tornou-se a Escola de Samba com mais torcida-organizada, a mais coirmã-madrinha e a mais vitoriosa do Carnaval Carioca, a Majestade do Samba. Os familiares dele seguiram seus ensinamentos passando a comandar uma agremiação, mesmo que dissidente da Águia Guerreira de Oswaldo Cruz e Madureira. Não é o caso do contraventor penal do jogo de bicho por você mencionado e que foi patrono não-sambista da Portela o qual nem merece ter o nome citado, pois, foi na nada-saudosa â??gestãoâ? dele que causou a fundação da dissidente Tradição e da alternativa por mim citada GRANES Quilombo. Já o patrono não-sambista da nilopolitana afilhada portelense sequer a tem como agremiação do coração, mas, sim a gloriosa verde-rosa. Tal nefasto não-sambista se fizer jus ao título de presidente da Beija Flor a respeitabilíssima agremiação mais vitoriosa da era-sambódromo, a Deusa da Passarela, somente pode ser grafado assim: de â??honraâ?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    17/03/2015 22:16:35ROBERTOMembro SRZD desde 11/04/2009

    Amigo Almir de Macaé das palavras bonitas amante da madrinha Portela que tem como fundador o contraventor penal do jogo do bicho e outras práticas criminosas senhor NATALINO JOSÃ? DO NASCIMENTO O NATAL DA PORTELA, dirigida com mão de ferro por um bom tempo por outro CONTRAVENTOR PENAL DO JOGO DO BICHO E OUTRAS PRÁTICAS CRIMINOSAS que usava a escola para lavagem de dinheiro senhor CARLINHOS MARACANÃ?, você acha mesmo que esse rapaz Cid Carvalho está a nível de uma Portela uma Mangueira uma Mocidade ou qual quer outra escola das chamadas grandes? claro que não,ele é um rapaz humilde ta tentando se firmar mais e fraco, agora ele vai aparecer na Cubango,escola de menor porte, na Beija Flor ele fazia parte de uma COMISSÃ?O DE CARNAVAL COM 6 CABEÃ?AS por isso ele saiu varias vezes vitorioso, mais ele achou que já era o cara saiu pra carreira solo,e quis começar por cima foi onde ele começou a dar cabeçadas por aí, mais eu torso por ele, agora ele tá no caminho certo, recomeçando por baixo . Abraço amigo e saudações Nilopolitanas.

  • Avatar
    17/03/2015 16:21:08Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Conforme sou portelense que na adolescência ajudou a fundar o Grêmio Recreativo de Artes Negras e Escola de Samba (GRANES) Quilombo sem deixar de amar a Majestade do Samba, na Série A do Carnaval Carioca a agremiação que conta com minha simpatia é a niteroiense Acadêmicos do Cubango. Por conseguinte, parabenizo a agremiação pela contratação profissional do bom carnavalesco Cid Carvalho com o qual não concordo em relação à estória de â??recomeçoâ?, ainda que tal expressão tenha viés de humildade e autocrítica pelo que ele passou na gloriosa verde-rosa e na agremiação de Noel. Afinal, o carnavalesco dá continuidade à carreira de sambista-artista profissional produzindo bons trabalhos inclusos vitoriosos, mesmo que somente na Deusa da Passarela. Exatamente lá onde ele demonstrou o seguinte. A dignidade e a consciência crítica de um artista quando, ainda que involuntariamente, acabou denunciando que a respeitabilíssima agremiação nilopolitana é comandada por um patrono não-sambista um contraventor penal do jogo do bicho e de outras criminalidades o qual não é do ramo, não sabe gerir Escola de Samba, nem dela gosta apenas a explora e mercantiliza fazendo o mesmo com os enredos e temas escolhidos. Isso, independentemente do talento do carnavalesco Cid Carvalho faz dele merecedor de loas do mundo do samba, um meio social-comunitário de excelência na qualidade em Artes, Cultura e Dignidade no qual, os aludidos não-sambistas atuais são estranhos no ninho. O que se espera, uma vez que a agremiação niteroiense é comandada por sambistas autênticos, é que ocorra um casamento feliz e vitorioso do carnavalesco Cid Carvalho com a Acadêmicos do Cubango. Por fim, postei em almirptmacae.blogspot.com texto intitulado: â??Sobre o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Ã?tnico-racialâ?. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    17/03/2015 02:53:46CdcMembro SRZD desde 26/11/2014

    CURUZESSS, ESCOLA POBRE COM CARNAVALESCO QUE NÃ?O SABE TRABALHAR COM DINHEIRO QUEM DIRÁ SEM .

Comentar