SRZD


31/03/2015 16h01

Ambientalistas propõem adaptação à mudança climática com base em ecossistema
Redação SRZD

A Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente promove nesta quarta-feira, 1º de abril, um debate com especialistas sobre o tema Mudanças do Clima e Biodiversidade. Um dos trabalhos que serão apresentados, a convite do ministério, aborda o tema Adaptação Baseada em Ecossistemas: Oportunidades para Políticas Públicas em Mudanças Climáticas.  

Meio ambiente. Foto: reprodução de internet

O trabalho, elaborado com apoio do Observatório do Clima, será apresentado pelo coordenador de Estratégias de Conservação da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Guilherme Karam. O objetivo é fazer com que, dentro do Plano Nacional de Adaptação às Mudanças do Clima, que está sendo estruturado pelo governo, o papel dos ecossistemas, ou seja, da conservação dos ambientes naturais e da biodiversidade, seja considerado como uma estratégia de adaptação, disse Kara. 

A expectativa é que o plano seja divulgado no segundo semestre deste ano, antecedendo a Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, marcada para dezembro em Paris. Na conferência na capital francesa, pretende-se fechar um novo acordo global sobre o clima, em substituição ao Protocolo de Quioto, em vigor desde 2005.

-Dia Mundial da Água: desafios, crise e preservação

O plano engloba 10 áreas temáticas, com projeções do governo para medidas de adaptação relacionadas à agricultura, à eficiência hídrica, à energia, ao transporte e à logística, disse Karam. "Em todos esses recortes temáticos, existe oportunidade para medidas de adaptação baseadas em ecossistemas." O estudo pretende levar este conceito para o governo e, a partir de exemplos encontrados no Brasil e no mundo, tentar fazer com que a questão entre no plano nacional.

"Ele será um grande influenciador de políticas públicas subnacionais nos estados e municípios. É estratégico o tema da adaptação baseada em ecossistemas estar presente nesse documento", disse o ambientalista.

O estudo é inédito no Brasil e leva em consideração o conceito de qualidade ambiental apresentado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. Karam deixou claro que a adaptação baseada em ecossistemas é uma possibilidade complementar para os processos de adaptação às mudanças climáticas e de minimização dos efeitos dos eventos extremos do clima.

*Com informações da Agência Brasil

Curta a página do SRZD no Facebook:

 



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.