SRZD


01/04/2015 00h05

Vaguinho não é mais intérprete da Tatuapé
Redação SRZD

Em contato com o SRZD-Carnaval/SP, Vagner Mariano dos Santos, o Vaguinho, revelou na noite desta terça-feira, dia 31, que não é mais intérprete oficial da Acadêmicos do Tatuapé.

Vaguinho. Foto: SRZD

O fim do vínculo contratual ocorre após quatro desfiles consecutivos do cantor pela azul e branca.

No Carnaval de 2015, quando a Tatuapé ficou na décima segunda colocação com o enredo "Ouro - Símbolo da riqueza e ambição", Vaguinho completou 30 anos de carreira. 

- Relembre o desfile da Acadêmicos do Tatuapé no Carnaval de 2015

Além de cantar, é autor de mais de 80 composições, entre elas, 40 obras que se tornaram hinos oficiais de desfiles em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Conheça a trajetória de Vaguinho no Carnaval

Em seu currículo, Vaguinho traz a experiência de grandes Carnavais e momentos marcantes no samba. Iniciou sua carreira como compositor mas já atuou como ritmista, diretor de bateria, passista e mestre-sala.

Em 1986, passou a ser apoio no carro de som da Unidos da Tijuca (de 1986 até 1992), sendo intérprete oficial no ano seguinte. Em 94 e 95, foi a voz principal da São Clemente. A partir daí, trocou a Sapucaí pelo Anhembi.

Iniciou sua jornada em São Paulo no ano de 1995, quando defendeu a Unidos do Peruche. Nos anos seguintes, cantou na Mocidade Alegre.

No ano de 1998 e 1999, teve sua primeira passagem pela Acadêmicos do Tucuruvi como intérprete.

A partir de 2002, atuou na Leandro de Itaquera e Mancha Verde, permanecendo em ambas até 2004. Em 2005 e 2006, cantou apenas na Mancha.

No Carnaval de 2007, trocou o verde pelo preto e branco da tradicional Vai-Vai e no ano seguinte, voltou a defender a Mancha Verde até 2011.

Após o desfile deste ano, recebeu proposta e aceitou o convite para retornar para o microfone oficial da Tucuruvi, porém, se desligou da agremiação após dois meses de trabalho.

De 2012 a 2015, cantou pela Acadêmicos do Tatuapé, participando do retorno da entidade ao Grupo Especial do samba paulistano.

Durante sua trajetória em São Paulo, defendeu inúmeros sambas em disputas de samba-enredo e assinou várias melodias que embalaram os sambistas no Anhembi.

Em paralelo ao Carnaval, Vaguinho faz parte do grupo Quesito Melodia, onde canta com seus intérpretes parceiros, Darlan e Douglinhas.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:Acadêmicos do Tatuapé

Comentários
  • Avatar
    24/07/2015 11:33:52Carlinhos spAnônimo

    A Tatuapé, vai dar um tiro no pé... dispensou Waguinho e Vander Pires, achando que homenageando a Beija-Flor, o Neguinho virá pra SP cantar o samba no Anhembi. Até poderá vir.... mas e o ano que vem??? e ae? Não tem dinheiro pra nada, imagina pagar pra trazer Neguinho todo ano...kkkkkkkk

  • Avatar
    01/04/2015 08:49:22mestre tornadoAnônimo

    Boa sorte ao Amigo Vaguinho e tb a Tatuapé, que ambos tenham Sucesso e Vitória com essa mudança. Acho legal essa "dança das cadeiras" aqui em SP, mudanças são sempre bem vindas para os dois lados. Esse ano muitas mudanças já aconteceram e creio que ainda teremos mais algumas, vamos aguardar as "cenas do próximo capitulo". Abraços e Bora Juntos !!!

  • Avatar
    01/04/2015 04:52:37RamiroAnônimo

    Tatuapé perde muito! grande perda, ele e o Vander Pires se deram muito bem esse ano, time que está bem não mexe, deixaria os dois tranquilamente uns dois anos juntos.

  • Avatar
    01/04/2015 01:36:15JuniorAnônimo

    Vaguinho é um grande intérprete, certeza que estará presente no próximo carnaval, Tatuapé perde muito, pois foi uma ótima parceria com Wander Pires!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.