SRZD



Marcio Coelho

Marcio Coelho

LÍNGUA PORTUGUESA. Consultor lexicográfico da Academia Brasileira de Letras· Cursou Letras Português/Latim e Português/Literaturas. É corretor das redações do Vestibular da Cesgranrio e das provas discursivas da UFRJ. Palestrante sobre Novo Acordo Ortográfico, na Bienal do Livro do RJ. Escreveu dois capítulos na "Gramática Escolar da Língua Portuguesa, do Professor Evanildo Bechara: interpretação de textos e grafia das palavras" e também capítulos sobre questões de concursos públicos no livro "Língua Afiada" (no Jornal Extra), do Professor Sérgio Nogueira. Ministrou curso de capacitação, no Ministério Público Federal. Lecionou nos cursos e colégios Miguel Couto, Bahiense, Martins, Princesa Isabel, Escola Naval etc. Foi professor da rede estadual de ensino. Elaborou prova de Língua Portuguesa para o concurso do magistério da Rede Pública Municipal (1° e 2° graus).

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



01/04/2015 10h51

Emprego do PRONOME RELATIVO
Marcio Coelho

Pronome relativo: palavra que se relaciona com um antecedente, isto é, substitui o termo anterior.

*Ela viu a revista. / A revista é nova.

 

Para não repetir a palavra "revista", emprega-se um pronome relativo.

*Ela viu a revista/ que é nova.

 

1)      Quadro dos pronomes relativos:

Invariáveis -                                       Variáveis

Que                                -                     o qual / a qual / os quais / as quais

Quem                             -                     cujo / cuja / cujos / cujas

Onde                              -                     quanto / quanta / quantos / quantas

Como

*Os pronomes relativos podem ser substituídos por o qual e variantes.

 

2)      Emprego dos pronomes relativos:

a)      O relativo que aparece depois de "coisa" ou "pessoa".

*Vi o livro que tu queres .

*Eis a aluna que tu viste.

 

b)      O relativo quem exige antecedente "pessoa" e tem de vir regido de preposição.

*Vi a diretora de quem tu falaste.

 

c)      O relativo como vem depois das palavras "modo", "maneira": "jeito", "forma".

*O modo como agiu foi prudente.

 

d)     O relativo cujo indica "posse"; aparece entre substantivos diferentes e nunca admite artigo.

*Li o livro de cuja leitura gostas.

 

e)      O relativo quanto aparece depois de "tudo", "todas", "todos", "tantos", "tantas".

*Tenho tudo quanto quero.

 

f)       A expressão o qual (e flexões) substitui a maioria dos pronomes relativos.

*Vi o livro o qual tu queres.

 


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.