SRZD



Hélio Ricardo Rainho

Hélio Ricardo Rainho

VASCO. Carioca, publicitário, MBA em Marketing, ator, diretor teatral, escritor, pesquisador de escolas de samba, futebol e teatro. Escreveu a biografia do jogador Mauro Galvão e é colunista de futebol há 13 anos. Twitter: @hrainho

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



01/06/2015 00h31

As Lições da Piaba
Helio Ricardo Rainho

Bom não foi. É claro que não. Uma piaba de 3x0 não faz cosquinha em ninguém. Mas é preciso relativizar os fatos.

O Atlético joga, hoje, o melhor futebol do país. O mais afinado, o mais ofensivo. Jogar contra ele em sua casa num domingo seria lenha para qualquer adversário.

Do outro lado estava o Vasco. Que ganhou o Campeonato Carioca numa arrancada vultosa na reta final, vencendo todos os seus rivais com gols providenciais e homeopáticos. O clube da Colina tem um bom atacante (Gilberto), mas não tem um bom ataque. Não tem força nenhuma para atacar. Venho dizendo que seu melhor armador é o zagueiro Luan, com os lançamentos em profundidade que seus armadores não sabem fazer. Dagoberto vai se intimidando e Rafael Silva não sabe se aproximar da área. O ataque do Vasco não tem nível para disputar o Campeonato Brasileiro. Que é duro, difícil. E não pode ter time grande sem força de chute, sem poder ofensivo, apenas baseado em uma defesa consistente.

Neste domingo a defesa do Vasco ruiu. É preciso repensar muito a forma de jogar e de escalar o Vasco para que esse ataque reaja. Esperar, por exemplo, que Marcinho renda alguma coisa sem exigir dele atitude e posicionamento em campo diferentes desses que, até aqui, ele mostrou em reiterada inoperância, é ilusão. Ou Marcinho é reorientado ou não vai render absolutamente nada!

E não é só com Marcinho que o Vasco precisa andar. O time precisa resolver essa deficiência que é ficar de passo a passo pelas laterais do campo esperando uma fuga louca de um lateral para conseguir penetração.

O que se deve fazer, então? Cabe à direção de futebol do clube pensar em como estruturar sua equipe sem ter dinheiro para reforços e com base naquilo que o atual elenco já tem de bom.

A posição do Vasco é delicada. Jogou mal todos os seus jogos até aqui, não ganhou seus jogos em casa e, assim que saiu para um confronto mais duro, tomou essa coça de hoje.

É preciso atenção. O certame está apenas começando. Mas é melhor esboçar reação e estratégia agora do que só pensar no pior quando a vaca estiver perto de ir pro brejo.


Comentários
  • Avatar
    08/06/2015 13:27:05Jorge MarceloMembro SRZD desde 02/04/2013

    O respeito voltou!

  • Avatar
    05/06/2015 11:58:44LASLO PANAFLEXMembro SRZD desde 13/03/2014

    LIÃ?Ã?O APRENDIDA: VASCO 0 x 3 PONTE PRETA (e com penalidade marcada para o crvg como sempre). PRÃ?XIMA AULA: COMO COBRAR UMA PENALIDADE (PROFESSOR PALERMO)

Comentar