SRZD


20/07/2015 09h51

Acadêmicos de Madureira reinaugura quadra e anuncia enredo em homenagem à Cubango
Hélio Ricardo Rainho

Madureira não para, nem descansa! Existe vida cultural debaixo de seu famoso viaduto, mas também do outro do famoso baile charme. É lá que fica a sede da Acadêmicos de Madureira, o bloco que acaba de se tornar escola de samba e representar mais uma força cultural do subúrbio mais badalado do Rio.

Na tarde de ontem, a caçula de Madureira reuniu segmentos, comunidade e gente do mundo do samba para apresentar as novidades referentes à sua ascensão. A escola, além de um discurso emocionado de seu presidente Josimar Viana pela conquista do espaço, apresentou seu enredo para 2016. O carnavalesco Noan Hilton leu a sinopse de "Viva eu, Sim, Para alegria de Vocês; Pra ser Cubango, Não se Conta até Três!", que homenageará a niteroiense Acadêmicos do Cubango.

"Eu amo carnaval! Amo o que faço! E sou muito serio. Mas tudo que faço, faço porque acredito. Tenho certeza que faremos um grande desfile!" - disse o carnavalesco.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Fotos: SRZD - Hélio Rainho

Além do enredo e do carnavalesco, a escola apresentou também o diretor de bateria Mestre Farinha (orgulhosamente citado como "cria do Império Serrano"), o intérprete Felipe Silva, os coordenadores de passistas Nathan Matos e
Dougg Fernandez, além do muso Brenno Santos.

Marcos Falcon, vice-presidente da Portela e presidente da Associação Cultural O Samba é Nosso, que agrega as escolas da Intendente Magalhães, esteve presente e saudou a emancipação da escola, bem como a importância dos esforços de todos os empenhados para que se alcançasse esse êxito. Ainda pela Portela, Valci Pelé e Nilce Fran foram nomeados padrinhos da Acadêmicos de Madureira. Ao final, a ala de passistas femininas da Portela, com seu grupo que faz apresentações de dança afro, apresentou-se e foi muito aplaudida.

O compositor e presidente da ala de compositores do Império Serrano, Jorge Lucas; o cantor e compositor Lucas Donato, o diretor de harmonia da Vila Isabel, Decio Santana; o comunicador Boca da Portela; o diretor de ensaios técnicos da Sapucaí, José Carlos Machine, e a diretora de passistas Rose Alves, da Renascer de Jacarepaguá, também estiveram presentes.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:MadureiraCarnaval 2016

Comentários
Comentar