SRZD



Carlos Molinari

Carlos Molinari

FUTRJ - FUTEBOL DOS TIMES PEQUENOS. Jornalista da TV Brasil e historiador, nascido e criado no bairro de Bangu, onde conheceu sua grande paixão: o tradicional Bangu Atlético Clube. É autor de três livros: "Nós é que somos banguenses", "Almanaque do Bangu" e "A História das Copas". Pesquisador da história do futebol carioca e atento às notícias dos times do Rio, especialmente aqueles que estão fora da grande mídia. Hoje, apesar de trabalhar em Brasília, acompanha cada detalhe do Campeonato Carioca e da Copa Rio, torcendo sempre para que os pequenos "Davis" derrotem os quatro grandes "Golias". Neste blog, iremos dar palpites, especular, criticar, alfinetar as arbitragens (sempre tão prejudiciais aos nossos clubes) e abrir um canal de diálogo com os fanáticos pelo Madureira, Olaria, Bangu, América, Bonsucesso, Volta Redonda, Goytacaz, Resende, Americano, Friburguense, Portuguesa...

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



03/08/2015 12h04

Quando não cair já está bom demais
Carlos Molinari

Estive sábado em Moça Bonita acompanhando o jogo entre Madureira x Caxias pela Série-C. É incrível o quanto o Tricolor Suburbano decaiu em relação ao Campeonato Carioca. Evidente que isso ia acontecer após o desmanche da equipe. Com Rodrigo Lindoso, no Botafogo; Rodrigo Pinho, no Braga; Thiago Galhardo, no Coritiba; o Madureira é uma sombra do time do primeiro semestre.

Madureira x Caxias. Foto: Carlos Molinari

Tem a sorte de ter enfrentado o Caxias, um time de péssima qualidade, que se fechou no 4-4-2 e ia ao ataque esporádicas vezes. Mesmo assim, o time de Toninho Andrade também não conseguiu fazer muito no 1º tempo. João Carlos, o homem-gol, estava completamente perdido. Brigador, tentava de tudo e fazia pouco. O árbitro de Tocantins, Alisson Furtado, também atrapalhou. Teve tudo para expulsar Negueba, o camisa 7 do Caxias, por três vezes e não o fez.

Assim, como quem não quer nada, o Caxias ainda fez 1 a 0 aos 43 minutos do 1º tempo. Bola rolada na meia-lua da grande área para Diego Torres. Ele chutou forte, mas no meio do gol. O goleiro Márcio pulou todo errado, a bola ainda bateu na sua mão e entrou. Um frango. O Caxias foi para o intervalo com a vantagem.

No 2º tempo, o Madureira foi para cima, apesar de irritar a torcida com a inoperância de Leandro Chaves e Arthur Faria. Toninho Andrade fez o certo: tirou o volante Magno e colocou o atacante Geovane Maranhão. O Tricolor começou a encurralar o adversário.

Mas aí, veio outro erro grosseiro do goleiro Márcio. Inadvertidamente, colocou a mão na bola fora da área. Um lance simples se transformou numa falta perigosa. Matheus Leoni cobrou, Márcio saltou e não evitou o segundo gol do Caxias, aos 14 minutos. Uma derrota seria péssima para o Madureira na luta contra o rebaixamento.

Quem salvou o Madureira foi o ex-atacante do Resende. Geovane Maranhão, de fora da área, acertou um belo chute no ângulo, aos 31 minutos, justamente quando o Caxias atuava com um a menos, depois da expulsão de Matheus Leoni.

Madureira x Caxias. Foto: Carlos Molinari

O gol deu ânimo ao Madureira, que ainda acertou uma cabeçada no travessão com o zagueiro Daniel. Maranhão, o herói do jogo, deixou tudo igual, em chute rasteiro, aos 42 minutos. Era a redenção do Madureira. O empate mantinha a vantagem que o clube tem sobre o Caxias, de 4 pontos, na luta contra a degola: 9 a 5.

No último minuto, Diego Torres quase fez o terceiro gol do Caxias. Bateu bem de fora da área. A bola explodiu no travessão. Sorte do Madureira.

O Caxias, rebaixado no Campeonato Gaúcho, fatalmente cairá na Série-C também, juntamente com o falido Guaratinguetá. O Madureira, que não fez questão de investir este ano, irá se conformar em ficar na 8ª posição do Grupo B. Ano que vem, estará novamente na 3ª Divisão. Era isso que a diretoria queria. Pra que se precipitar? Está bom demais assim.


Comentários
  • Avatar
    09/08/2015 12:59:39fatima nascimentoAnônimo

    depois de fracassar no centenario, usar a base do bangu só podia dar nisso mesmo. bem feito pro duba vender a alma pro rubinho do bangu

  • Avatar
    03/08/2015 17:11:52Carlos EliasAnônimo

    O Madureira vai ter que rezar muito e ter muita sorte para não cair. Ã? isso que dá se "reforçar" com 4 jogadores do Bangu para uma competição tão importante. Os dirigentes incompetentes do Bangu fazem escola...

  • Avatar
    03/08/2015 17:09:02Carlos EliasAnônimo

    Enquanto isso, o Bangu vai seguindo fielmente os objetivos traçados pelos nossos dirigentes de 25a. categoria: campanha medíocre em que ganha apertado dos ruins, empata no sufoco com os médios e perde para os bons. Mais um ano perdido (para a torcida) e mais um ano garantido (para eles, os dirigentes). Folha salarial praticamente zero para o clube, tendo em vista que quase todos os salários são pagos pelos pseudo-empresários de 39a. categoria. E os patrocinadores? Sim, temos na nossa camisa este ano patrocínios estampados de uma padaria, uma funerária e uma firma de dentaduras! Fiquei sabendo que para 2016 teremos também o patrocínio de uma fábrica de muletas. Somos bi campeões insuperáveis em 2 títulos mundiais: 1) único clube do planeta em que disputa uma competição para perderde propósito e 2) único clube do planeta em que os dirigentes se perpetuam no poder. Fora diretoria incompetente!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.