SRZD


08/08/2015 03h50

Tuiuti já tem samba para 2016!
Redação*

A Paraíso da Tuiuti já tem hino para 2016. Em uma disputa sem favoritos, a parceria composta por Rafael Júnior, Jorge Maia, W Correia, Dilson Marimba e Claudio Russo, consagrou-se como grande vencedora do concurso. Segunda a se apresentar na noite da final, a parceria terá seu samba cantado na Sapucai para defender o enredo "A Farra do Boi". Clique aqui e ouça o samba campeão

 FOTO: SRZD

Membro da parceria campeã, Cláudio Russo, que é um dos integrantes da comissão de Carnaval da Beija-Flor e também já atuou como blogueiro do SRZD, falou sobre a vitória:

- Eu só tenho a agradecer essa felicidade. É uma emoção renovada a cada ano. A Tuiuti é uma escola que vem crescendo a cada ano, galgando seu espaço e mostrando que está crescendo. Agradeço a todos que nos ajudaram a chegar até aqui e vamos firmes para 2016, disse ele já anunciando que continuará disputando sambas pela escola em outras oportunidades. 

 FOTO: SRZD

Veja o vídeo com o anúncio do samba campeão.

 

Veja mais:

- Daniel Silva : 'A Tuiuti estará muito bem servida de samba'

- Final Tuiuti : diretor de Harmonia descarta junção de sambas

- Tuiuti 2016: veja a apresentação dos três sambas finalistas

*Angélica Zago, colaboradora do SRZD-Carnaval

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    09/08/2015 12:03:46Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Ã? oportuno postar também aqui, o que comentei no site Carnavalesco. Ã? louvável o colunista Luiz Carlos Magalhães (LCM) ser jornalista, diretor Cultural de nossa Portela, professor e ter esclarecido duas questões ao analisar a final entre três sambas concorrentes a â??hino´ oficial 2016 da Paraiso do Tuiutí na Série A do Carnaval Carioca. A 1ª questão louvável foi LCM ter reafirmado a filosofia político-editorial do site como pluralista em relação ao quesito samba-enredo enquanto trilha sonora. Isto é, enquanto um dos nove quesitos nos quais uma agremiação se propõe apresentar no desfile carnavalesco que é um concurso-competição. A 2ª questão louvável foi o colunista LCM, que também é professor, ter esclarecido didática e pedagogicamente a diferença entre â??farra do boiâ? no sul do País, uma injustificável crueldade com o animal bovino e a â??farra do boiâ? no nordeste, uma questão cultural no folclore daquela região brasileira. Quanto à análise em si sobre os três sambas finalistas estou de acordo com o colunista LCM. Ã? óbvio que democrática e diferentemente do colega Ricardo Barbiere (RB), respeito a opção filosófica â??pragmáticaâ? do colunista LCM de não ser crítico da mazela de uma obra musical em parceria ser liderada por compositor â??sambista de escritórioâ?. Ã? o caso do samba-enredo 2016 escolhido como oficial pela direção da Paraíso do Tuiutí. Ou seja, pelo menos um dos coautores da bela obra musical é assumido portelense afastado da agremiação justamente por isso. Porém, o mesmo nega ser um notório bamba com estilo poético enquanto compositor â??sambista de escritórioâ?. Afinal, embora ambos sejam jornalistas, suburbanos e militantes-sambistas, LCM não tem o mesmo perfil filosoficamente crítico de RB. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

Comentar