SRZD


24/09/2015 10h25

Arábia Saudita: mais de 700 pessoas morrem em tumulto durante peregrinação anual
Redação SRZD

Mais de 700 pessoas morreram durante um tumulto na peregrinação anual a Meca, o hajj, na Arábia Saudita, nesta quinta-feira.

Até 10h, o número de mortos passava de 715; a maioria foi pisoteada. Outras 805 pessoas ficaram feridas. Este ano, o ritual atraiu cerca de três milhões de pessoas.

Um ministro saudita disse à uma emissora local que a confusão foi causada pela "falta de disciplina" dos peregrinos. Centenas de pessoas estão hospedadas há dias durante o clímax do hajj, que fica perto de Meca.

Nos últimos anos, o governo investiu bilhões de dólares na modernização da infraestrutura para o hajj. O último incidente registrado na região foi há nove anos, quando 364 peregrinos morreram em uma confusão. Nos anos 90, outra tragédia durante a peregrinação deixou mais de mil mortos.

- Papa pede fim de crimes de pedofilia na Igreja Católica

Foto: Reprodução de Internet

Curta a página do SRZD no Facebook:



Comentários
  • Avatar
    24/09/2015 12:30:33CARA DE PAUAnônimo

    O Diabo ficou muito pu-to de tanto ser apedrejado e resolveu se vingar, cuidado "crentes" não mecham com ele, para que suas Igrejas não desabam, na hora que estiverem gritando enlouquecidamente teu nome.

  • Avatar
    24/09/2015 12:29:45CARA DE PAUAnônimo

    O Diabo ficou muito pu-to de tanto ser apedrejado e resolveu se vingar, cuidado "crentes" não mecham com ele, para que suas Igrejas não desabam, na hora que estiverem gritando enlouquecidamente teu nome.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.