SRZD


09/10/2015 13h57

Acompanhe a maratona de semifinais e finais deste fim de semana pelo SRZD!
Redação SRZD

Faltando cerca de quatro meses para o Carnaval, as escolas do Grupo Especial seguem firme em suas maratonas de disputas de sambas de enredo. O SRZD-Carnaval selecionou uma equipe especializada para trazer para você as informações, direto das quadras. Nossos blogueiros darão seus palpites sobre as apresentações das parcerias e também analisarão os hinos escolhidos.

Confira as agremiações que realizarão semifinais e finais, desta sexta até domingo:

Serviço: Final de disputa de sambas na Estácio de Sá
Dia: sexta-feira, 09 de outubro
Horário: 23h
Local: quadra - Rua Salvador de Sá, 206 - 208
Entrada: R$ 20

Serviço: Semifinal de disputa de sambas na Portela
Dia: sexta-feira, 09 de outubro
Horário: 22h
Local: quadra - Rua Clara Nunes, 81, Madureira
Entrada: R$ 25 (antecipado). Na hora, R$ 30

Serviço: Semifinal de disputa de sambas na Unidos da Tijuca
Dia: sábado, 10 de outubro
Horário: 19h
Local: quadra - Av. Francisco Bicalho, 47 - Leopoldina
Entrada: Damas até às 21h não pagam; após, R$ 20; cavalheiros: R$ 20

Serviço: Semifinal de disputa de sambas na São Clemente
Dia: sábado, 10 de outubro
Horário: 21h
Local: quadra - Avenida Presidente Vargas, 3102, Cidade Nova
Entrada: R$ 20

Serviço: Semifinal de disputa de sambas na Mocidade
Dia: sábado, 10 de outubro
Horário: 22h
Local: quadra - Avenida Brasil, 31.156, em Padre Miguel
Entrada: R$ 20

Serviço: Final de disputa de sambas na União da Ilha
Dia: sábado, 10 de outubro
Horário: 22h
Local: quadra - Estrada do Galeão, 322, Cacuia, Ilha do Governador
Entrada: valor não divulgado

Serviço: Final de disputa de sambas na Grande Rio
Dia: sábado, 10 de outubro
Horário: 22h
Local: quadra - Rua Wallace Soares, 5 e 6, Centro de Duque de Caxias
Entrada: R$ 20

Serviço: Semifinal de disputa de sambas na Imperatriz
Dia: domingo, 11 de outubro
Horário: 20h
Local: quadra - Rua Professor Lacé, 235 - Ramos
Entrada: R$ 20

Serviço: Final de disputa de sambas no Salgueiro
Dia: domingo, 11 de outubro
Horário: 22h
Local: quadra - Rua Silva Teles 14, Andaraí
Entrada: R$ 50

Curta as redes sociais do SRZD-Carnaval e fique ligado conosco, nas semifinais e finais de disputa:

Imagem: Reprodução de Internet- Twitter: www.twitter.com/srzdcarnaval

 

Facebook. Imagem: Reprodução de Internet- Facebook: www.facebook.com/srzdcarnaval

 

Fotos: Rodrigo Trindade-SRZD

- Clique e leia as últimas notícias sobre o Carnaval 2016

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    09/10/2015 18:16:32Paulo PeixotoMembro SRZD desde 18/01/2015

    SEMIFINAL NA MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL, NESSE SÁBADO 10/10/2015015. BELÍSSIMA APRESENTAÇÃO DOS SEGMENTOS DA ESCOLA .

  • Avatar
    09/10/2015 17:18:11Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Na semifinal da disputa de sambas concorrentes da Portela para o Carnaval 2016 desta 6ª feira, 09/10/2015, deverá ser eliminado o da parceria liderada pelo compositor-bamba Jorge do Batuque. Isso, porque o samba no subquesito letra/poesia tem os seguintes equívocos. O verso (eu não sou daqui, eu não sou lá) fez parte em um dos refrãos dos dois belíssimos & injustamente eliminados sambas liderados pelos compositores Waldir 59 e pelo jovem Gustavo Henrique. Desconfia-se que tenha sido uma das ´causas´ não-transparentes da Comissão Julgadora para eliminá-los. Além disso o citado verso é antecedido e sucedido pelo iníquo (la laiá laiá la laiá laiá) que prejudica agravando o já não tão belo/rico subquesito melodia/ritmo da obra musical liderada por Jorge do Batuque. Como agravante o último verso dessa parte da letra/poesia do samba (de Madureira vim brincar o Carnaval) se trata do pecado de omitir que Oswaldo Cruz também é bairro-base da Portela. Esse gravíssimo erro geográfico-filosófico, ocorre no samba liderado pelos compositores Wanderley Monteiro e Samir Trindade. E se imiscui à arrogância/prepotência de apresentar a águia, isto é, a Portela clamando respeito à agremiação mais coirmã-madrinha & vitoriosa do Carnaval Carioca. Por si só, respeitada. Não me surpreenderei caso essa obra musical e, não a liderada pelo compositor Jorge do Batuque for a eliminada nessa semifinal, a despeito do propalado apoio que estaria tendo junto à comunidade portelense. O fato é que estou convencido de que dois dos três sambas concorrentes finalistas serão as parcerias lideradas pelas duplas de compositores-bambas Toninho Nascimento & Luiz Carlos Máximo (o que mais me ´agrada´) e mestre Noca da Portela & Celso Lopes. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

  • Avatar
    09/10/2015 17:18:10Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Na semifinal da disputa de sambas concorrentes da Portela para o Carnaval 2016 desta 6ª feira, 09/10/2015, deverá ser eliminado o da parceria liderada pelo compositor-bamba Jorge do Batuque. Isso, porque o samba no subquesito letra/poesia tem os seguintes equívocos. O verso (eu não sou daqui, eu não sou lá) fez parte em um dos refrãos dos dois belíssimos & injustamente eliminados sambas liderados pelos compositores Waldir 59 e pelo jovem Gustavo Henrique. Desconfia-se que tenha sido uma das ´causas´ não-transparentes da Comissão Julgadora para eliminá-los. Além disso o citado verso é antecedido e sucedido pelo iníquo (la laiá laiá la laiá laiá) que prejudica agravando o já não tão belo/rico subquesito melodia/ritmo da obra musical liderada por Jorge do Batuque. Como agravante o último verso dessa parte da letra/poesia do samba (de Madureira vim brincar o Carnaval) se trata do pecado de omitir que Oswaldo Cruz também é bairro-base da Portela. Esse gravíssimo erro geográfico-filosófico, ocorre no samba liderado pelos compositores Wanderley Monteiro e Samir Trindade. E se imiscui à arrogância/prepotência de apresentar a águia, isto é, a Portela clamando respeito à agremiação mais coirmã-madrinha & vitoriosa do Carnaval Carioca. Por si só, respeitada. Não me surpreenderei caso essa obra musical e, não a liderada pelo compositor Jorge do Batuque for a eliminada nessa semifinal, a despeito do propalado apoio que estaria tendo junto à comunidade portelense. O fato é que estou convencido de que dois dos três sambas concorrentes finalistas serão as parcerias lideradas pelas duplas de compositores-bambas Toninho Nascimento & Luiz Carlos Máximo (o que mais me ´agrada´) e mestre Noca da Portela & Celso Lopes. Saudações carnavalescas, Almir de Macaé.

Comentar