SRZD



Nyldo Moreira

Nyldo Moreira

TEATRO E MÚSICA. Jornalista, especializado em cultura e economia. Ator e autor de peças de teatro. Apresentou-se cantando ao lado de artistas, mas não leva isso muito a sério. Pratica a paixão pela música em forma de textos e críticas. Como diretor, esteve a frente de dois curtas, um deles que conta a vida no teatro. 

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



26/10/2015 12h50

O impávido samba de Beth Carvalho
Nyldo Moreira

Uma vez, invocaram comigo porque chamei Beth Carvalho de "rainha do samba", ao invés de madrinha. Acharam até que eu havia errado a palavra. Não, eu não errei! Não vejo diferença nos títulos: madrinha e rainha. Acho que as duas coisas são grandes. E ainda que o nome de Beth viesse sem o título antes, isso já bastaria. Beth Carvalho é um tremendo adjetivo! Essa sambista, seja lá rainha ou madrinha, carimbou 50 anos de muito sucesso no Citibank Hall, em São Paulo, na última sexta-feira (23). E antes que chamem minha coluna de atrasada, eu tenho por hábito escrever depois. Quando a coisa está bem digerida, para fugir das pobres notinhas que dão para espetáculos dessa nobreza.

É indiscutível que Clara Nunes, enfeitada de belíssimas composições, transformou o samba em um patrimônio desse país, ela criou uma identidade ao samba com um timbre impecável. Não há o que comparar com Clara, até porque seu legado está irretocável. Mas, como vivemos em um país cheio de predicados, e que nomes são substituídos por substantivos - Pelé é Rei, Roberto Carlos é Rei - enfim... Beth é uma diva do samba. Assim como também são: Elza Soares, Ivone Lara e Alcione. Um vídeo, que resume qualquer palavra à Beth, foi exibido antes do show, em que nomes como Maria Bethânia e Bibi Ferreira exaltavam a figura da sambista como imprescindível para a ascensão de qualquer compositor e para dar voz ao mais brasileiro dos ritmos.

Essa história de que a Beth dá voz aos compositores é a mais pura verdade. O título de madrinha nasceu daí, foi de suas interpretações que muitos sambistas ficaram conhecidos. Zeca Pagodinho é um deles. A cada canção, no show, ela faz questão de dizer o nome dos compositores. Difícil ver isso. Basta cantar para reverenciar. Não, para Beth tem que dizer o nome, isso é lindo!

Colecionadora de prêmios, a comemoração dos seus 50 anos de carreira veio com um DVD gravado no Parque Madureira, cenário ideal para o ritmo. Com esse show, ela desembolsou um arsenal de sua jornada na música. Claro, não durou muito o público sentado, bastou esquentar o tambor que todo mundo já estava fazendo do Citibank Hall uma quadra de escola de samba.

Como quem arrebentava a casca de uma ostra, Beth deslizou sob um palco móvel tornando ápice logo o início do espetáculo. Ela entrou cantando "O show tem que continuar", de Sombrinha, Luiz Carlos da Vila e Arlindo Cruz. Talvez seja realmente a canção que biografe muito bem o retorno dela aos palcos. Após um ano internada por complicações na coluna, nada soaria mais ela do que essa canção.

Não acabou por aí. Como se uma escola cruzasse a avenida, contando a vida de Beth, saiu dos repiques e balangandãs da cantora "Coisa de Pele", de Jorge Aragão e Acyr Marques, "Lucidez", também de Aragão e Cléber Augusto, "Andança", de Paulinho Tapajós e Danilo Caymmi, e "As Rosas não falam", do imensurável Cartola. E, lógico, dessa cartola saiu mais sucessos, "Camarão que dorme a onda leva", "Coisinha do Pai" e inéditas que estão no recente álbum. Com uma relíquia nas mãos, o cavaquinho de Nelson Cavaquinho, Beth soltou "Folhas Secas".

Foi uma noite muito bonita, e poder assistir Beth Carvalho num palco me emociona. A força que ela tem e o brilho que empresta a cada música é realmente muito comovente. Cantar samba com o envolvimento emocional que ela tem é bem raro.

Seja por Beth Carvalho, ou por Clara Nunes... vou sempre ter predileção em ouvir samba nessas duas vozes! 

Curta a página do SRZD no Facebook:


Veja mais sobre:Beth CarvalhoMúsica

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.