SRZD


10/11/2015 14h01

Carnaval de Niterói: escolas ganham, enfim, novo local para abrigar alegorias
Redação SRZD

O mês de novembro marca, na prática, o início do cronograma rumo à realização da 11ª edição dos desfiles oficiais das agremiações no Carnaval de 2016 de Niterói (RJ). Na última quinta-feira (5), foi assinado o contrato de aluguel do imóvel onde funcionará o novo barracão das filiadas à União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói (Uesbcn).

O galpão fica na Avenida Feliciano Sodré, no Ponto Cem Réis. As agremiações terão o direito de ficar no local até dezembro de 2016. A divisão do espaço será discutida na próxima plenária, a ser realizada pela diretoria-executiva da entidade e os sambistas nesta terça-feira (10/11) na Associação dos Funcionários em Águas e Saneamento (Aftae), no Centro da cidade.

Galpão servirá de barracão de alegorias. Foto: Divulgação.

Já na próxima semana, haverá também uma vistoria da diretoria-executiva da Uesbcn ao novo local. A estimativa é que partir do dia 16 deste mês de novembro, as agremiações já estejam no local iniciando a preparação para os desfiles oficiais, que vão acontecer nos dias 6, 7 8 e 9 de fevereiro de 2016, na Rua da Conceição, no Centro da cidade.

O presidente da Uesbcn, André Nogueira, o secretário de participação Social da prefeitura, Anderson José Rodrigues, o 'Pipico', e o presidente da Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa), Guilherme Ribeiro, assinaram o contrato de locação do galpão, na sede da Emusa. Anexado ao documento, foi feito um laudo para que todos os envolvidos tenham ciência das condições em que a construção será repassada aos sambistas.

Apesar da cessão da nova área, o plano da diretoria-executiva da Uesbcn é tentar conseguir na cidade, a partir de 2017, uma área, com as dimensões adequadas às escolas de samba, para a implantação da "Arena da Folia", área permanente de desfiles, com barracões anexos, semelhante, por exemplo, a que serve às agremiações de Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Os dirigentes da Uesbcn visitaram naquele município a Morada do Samba e acham que um espaço semelhante poderia suprir as necessidades das escolas de Niterói, sem gastos com o pagamento de aluguéis. A área permanente de desfiles, segundo projeto da Uesbcn, levaria o nome do ex-vereador Carlos Magaldi, um dos mentores da revitalização do Carnaval de Niterói, morto no início do ano, durante uma tentativa de assalto na Região Oceânica de Niterói.

O novo galpão do Ponto Cem Réis substituirá o antigo, que funcionava há cinco anos, também em caráter provisório, em um dos galpões do extinto quartel do Exército na Rua General Craveiro Lopes, no Barreto. Neste último, porém, aconteceu um problema sério recentemente: segundo a Uescbn, operários da empresa que constrói no local a nova sede da Guarda Municipal retiraram e destruíram alegorias e esculturas de 12 das 32 escolas. A diretoria-executiva da Uesbcn aguarda para os próximos dias a definição das datas para o pagamento do ressarcimento dos prejuízos, que segundo relatórios elaborados pelos sambistas, chegam a R$ 700 mil.

Foto: Sérgio Gomes/Divulgação

- Clique e acompanhe as notícias sobre o Carnaval de Niterói

- Clique aqui e leia tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
Comentar