SRZD


30/12/2015 14h04

Rainha destronada da Inocentes critica nova ocupante do posto
Redação SRZD

A modelo Alessandra Mattos, que recentemente foi destronada do posto de rainha da bateria da Inocentes de Belford Roxo, revelou que já sabia que a nova ocupante seria Renata Frisson, a Mulher Melão. Em nota enviada ao SRZD-Carnaval, através de sua assessoria, a ex-rainha criticou a postura de Frisson:

"Quando um diretor me contou que ela procurou a escola enquanto eu ainda estava lá não quis acreditar. Conheço a Renata mesmo antes de ser a Mulher Melão e tinha o maior carinho por ela. Por mais que dissessem a ela que eu não teria dado o dinheiro, acho que se tivesse a mesma consideração comigo que eu tenho com ela, não teria ido se jogar", disparou.

Alessandra Mattos. Foto: Divulgação da Assessoria

Ainda em nota, Alessandra confessou que entrou em contato para confirmar se era verdade. "Mandei uma mensagem para a Melão pelo WhatsApp, mas ela não me respondeu. Consegui falar com o produtor dela e ele confessou que realmente entrou em contato com a escola, mas a convite deles. Isso eu não acredito. Todos sabem que na Inocentes rainha de bateria é um posto pago. Se fosse para ser de graça, com certeza estaria lá ainda", afirmou.

Alessandra Mattos também diz não ter ressentimentos, mas não quer mais a amizade de Renata. "Que ela seja muito feliz lá. Eu vou fazer o meu e serei apresentada domingo no ensaio da Alegria da Zona Sul, escola em que irei como musa da bateria. Cada um faz o seu, mas amizade nunca mais", disse.

- Clique aqui e leia tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?



Comentários
  • Avatar
    03/01/2016 11:30:15Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Tarik al Jamahiriya, parceiro, pôr em dúvida ou questionar se as comunidade e as agremiações são ´vendidas´ é incorreto. Não é esta sua intenção, mas parece que você discrimina as soberanas comunidades e as agremiações que são respeitáveis enquanto instituições. Como nosso mundo do samba não é apartado da sociedade que é capitalista e racista dentre outras opressões, reproduz mazelas dessa sociedade. É posto de marketing e não quesito que valha ponto uma mulher tornar-se rainha de bateria. Há muitos presidentes e diretorias que concebem as escolas de samba como empresas e não como instituições privadas do interesse público-comunitário. Então acabam fazendo das escolas de samba consequentemente do posto de rainha de bateria, um negócio. O tem que ser imprescindível para tornar-se rainha de bateria, não é que a mulher tenha que ter cor da pele preta, ser negra ou afrodescendente. Mas sim que essa mulher pertença à comunidade, ter samba no pé, ter carisma/simpatia e complementarmente ter beleza. Ou seja, essa mulher para tornar-se rainha de bateria é imprescindível que filosoficamente se comporte como da comunidade, não obrigatoriamente resida na comunidade. Isto é, pode ter melhorado/subido na vida sendo imprescindível que ela se comporte como da comunidade, sendo assídua e participativa nos eventos da agremiação, provando enfim que gosta da comunidade. Por último, é errôneo usar a expressão ´mulata´ para designar uma mulher com cor da pele preta, que seja negra ou afrodescendente por mais miscigenada que a mesma seja enquanto fruto da miscigenação entre uma pessoa branca/euro descendente e outra preta/negra/afrodescendente. Afinal, as expressões ´mulata/mulato´ foram criadas pelos escravizadores para designar uma pessoa miscigenada supostamente com cor de mula. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    01/01/2016 16:01:26taryk al JamahiriyaMembro SRZD desde 25/12/2011

    Rainha de bateria porque não as negras as mulatas autenticas as sambistas de verdade; sera que elas não tem dinheiro ou patrocinadures e presidentes das escolas são racistas e a comunidade é vendida.

  • Avatar
    30/12/2015 19:19:59Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Revelam uma mazela do mundo do samba tal qual há na sociedade a notícia que dá conta da seguinte fofoca ou baixaria. A de que a destronada rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo que ocupará o mesmo posto na coirmã a Alegria Zona Sul, Alessandra Mattos, teria desancado sua sucessora Renata Frisson a Mulher Melão. Ou seja, um site que nem merece ter o nome citado não informou o mais importante. Tanto a Alegria quanto a Inocentes estão no grupo de acesso/Série A. A Inocentes apresentará desenvolvido pelo carnavalesco Márcio Puluker o enredo ´Cacá Diegues, retratos de um Brasil em cena´ e será a terceira a desfilar na passarela da Sapucaí, na noite de sábado de Carnaval. Segundo a fofoca do site, Alessandra Mattos atacou sua sucessora e a própria Inocentes. De acordo com a baixaria do site sobre a Mulher Melão, Alessandra Mattos teria dito: ´Fomos amigas, porém não quero mais saber dela, pois se jogou oferecendo-se para ocupar o posto de nova rainha de bateria da Inocentes´. Ainda segundo a fofoca do site, Alessandra Mattos teria afirmado ser público e notório que o posto de rainha de bateria da Inocentes é ocupado somente por quem paga para tal. O que teria sido motivo pelo qual foi destronada. Por fim, Alessandra Mattos teria informado ao site que ocupará o posto de musa da bateria da escola de samba Alegria da Zona Sul. O mesmo que foi informado por outro site. Isto é, a agremiação apresentará desenvolvido pelo carnavalesco Marco Antônio Falleiros o enredo ´Ogum´ e será a segunda a desfilar na noite de sexta-feira de Carnaval. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    30/12/2015 17:31:15Xavier di MacaéMembro SRZD desde 13/06/2010

    Boa sorte pra Alessandra em 2016 já que foi rebaixada este ano com o Vasco da Gama e agora na Inocentes.Na Estácio fez muito sucesso. Eu vi!!!!!!

Comentar