SRZD


18/01/2016 00h59

'Fale de mim quem quiser': Portela coloca a Sapucaí para cantar e sambar
Luana Freitas

Diferente do ano anterior, a Portela passou pela Sapucaí no ensaio técnico deste domingo sem chuva, mas com as mesmas características que vem mostrando nos últimos anos: canto forte e muita gana para conquistar seu 22º título no Carnaval.

Com as frisas e arquibancadas cheias, o ensaio da azul e branca começou por volta de 23h, quando os intérpretes Wantuir e Gilsinho cantaram o samba exaltação da escola, começando a agitar os torcedores, que dominaram o Sambódromo com camisas, faixas e bandeirões. Quando a dupla começou a entoar o refrão do samba do enredo que a escola prepara para o próximo desfile, "No voo da águia, uma viagem sem fim...", assinado por Paulo Barros, o público foi ao delírio. A obra é de autoria dos compositores Wanderley Monteiro, Samir Trindade, Elson Ramires, Paulo Lopita 77, Dimenor e Edmar Jr.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Fotos: SRZD - Igor Gonçalves

O vice-presidente da escola, Marcos Falcon, conversou com o SRZD-Carnaval antes do ensaio e destacou que é muito importante formar um time forte para fazer um bom Carnaval. Segundo ele, a escola está construindo uma grande equipe, desde os funcionários do barracão ao carnavalesco. "O maior espetáculo do mundo cresceu muito, ganhou respeito. A Portela tem consciência disso e está no caminho", disse.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

O cantor e compositor Diogo Nogueira, que já assinou quatro sambas na escola, também conversou com o SRZD-Carnaval antes do treino, e ressaltou a diferença entre compor samba, quando sua inspiração parte do cotidiano, e samba-enredo, quando precisa seguir o que é proposto pelo carnavalesco. Apaixonado pela agremiação, Diogo estava super animado e gritava "Viva a Portela", acompanhado da mulher, Milena Nogueira.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

A comissão de frente, comandada mais um ano por Gislaine Cavalcanti, contou apenas com homens e não usou fantasias ou adereços. Um dos integrantes carregava apenas a bandeira da escola, que era estendida aos jurados em determinado momento da coreografia.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Alex Marcelino e Danielle Nascimento, foi muito bem na opinião do especialista Manoel Dionísio, comentarista do SRZD-Carnaval, e foi aplaudido pelo público por diversas vezes. A única ressalva feita pelo especialista foi em relação ao talabarte, que tem ficado frouxo durante a apresentação de alguns casais, o que pode acabar prejudicando a dança no desfile oficial.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Os componentes, que evoluíram muito bem, mostraram que toda a letra do samba estava na ponta da língua, cantando do início ao fim do ensaio. O refrão "Eu sou a águia, fale de mim quem quiser, mas é melhor respeitar, sou a Portela. Nessa viagem, mais uma estrela, que vai brilhar no pavilhão de Madureira" foi cantado com muita vontade. "Oh leva eu, me leva" também rendeu coreografias em diversas alas, aumentando ainda mais a animação e vigor da azul e branca.

Diversas alas, bem organizadas, traziam integrantes com acessórios, como chapéus, coroas, perucas e guarda-chuva nas cores da escola. 

Adriane Galisteu, que vai desfilar mais uma vez pela azul e branca, distribuiu sorrisos durante o treino. Ela desfilou junto ao carro de som, no chão, e parou para cumprimentar e tirar fotos com fãs. A interação com os admiradores se deu desde o Setor 1, durante o esquenta.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Além do canto forte, outro destaque do ensaio técnico da Portela foi a bateria do mestre Nilo Sérgio. Os blogueiros do SRZD-Carnaval Cláudio Francioni e Cadu Zugliani destacaram que o segmento passou de forma segura pela Sapucaí, embora tenha que fazer pequenos ajustes, que podem ser facilmente corrigidos até o desfile. Ainda que a bateria tenha evoluído muito com o comando de Nilo, está há anos sem conquistar todas as notas 10. O segmento foi "enxugado" e passou a ter 280 ritmistas. "Os jurados têm sido um pouco duros com a bateria da Portela nos últimos anos", disse Francioni.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

A ala de passistas, comandada por Nilce Fran e Valci Pelé, mostrou por que é uma das mais elogiadas do Carnaval. Os integrantes sambaram muito, exibiram segurança e simpatia. A única observação feita por Aldione Senna, comentarista convidada do SRZD-Carnaval, foi sobre a roupa usada. Apesar de representar a águia, ela parecia pesada e pode não ter sido a melhor escolha.

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

A ausência do carnavalesco Paulo Barros foi sentida por muitos. Fontes da agremiação disseram ao SRZD-Carnaval que ele estaria em casa descansando. Boatos dão conta de que teria havido uma briga entre ele e a escola, mas a assessoria de imprensa desmentiu a informação.

A Portela, que ficou em 5º lugar nos desfiles de 2015, será a quarta escola a desfilar no domingo de Carnaval.

Veja mais fotos do ensaio técnico da Portela:

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Foto: SRZD - Igor Gonçalves

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 



Comentários
  • Avatar
    18/01/2016 10:58:33Diogo BonfimMembro SRZD desde 19/08/2010

    Adriane Galisteu é a cara do Carnaval carioca. Linda, simpática e alto astral... Parabéns a Portela por trazer de volta a Sapucaí, uma das mulheres mais lindas desse país! Avante Portela!

Comentar