SRZD


31/01/2016 13h08

Vídeos: blogueiros avaliam ensaios técnicos da São Clemente e Imperatriz
Redação SRZD

São Clemente e Imperatriz Leopoldinense passaram pela Sapucaí neste sábado, em mais uma noite de ensaios técnicos.

Como de costume, os blogueiros e comentaristas convidados do SRZD-Carnaval acompanharam de perto os treinos e fizeram suas avaliações técnicas dos principais segmentos.

- Vídeo: confira imagens do ensaio técnico da São Clemente e entrevistas com integrantes

- Vídeo: veja imagens do ensaio técnico da Imperatriz e entrevistas com integrantes

Clique nos links abaixo e confira as análises:

- Vídeo: Cláudio Francioni e JP Alves avaliam baterias da São Clemente e Imperatriz

- Vídeo: Rachel Valença e Luiz Fernando Reis fazem análise geral dos ensaios da São Clemente e Imperatriz

- Vídeo: Hélio Rainho e Aldione Sena avaliam passistas da São Clemente e Imperatriz

- Vídeo: Manoel Dionísio analisa casais da São Clemente e Imperatriz

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 



Comentários
  • Avatar
    31/01/2016 17:56:18Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    São diferentes os objetivos em 2016 da S. Clemente e da Imperatriz. Por ter consciência que a imprensa especializada ´idolatra´ sua carnavalesca e é ´paternalista´ com a agremiação, diretoria, comunidade e a parcela não-fanática pentecostal da torcida clementiana têm como objetivo ver a S. Clemente honrosamente de volta ao desfile das campeãs, repetindo seu melhor resultado da História, 6ª colocação em 1990. O que não ocorreu em 2015 quando foi a 8ª colocada, apesar da ´idolatria´ ao enredo folclórico de homenagem ao carnavalesco revolucionário desenvolvido pela vitoriosa carnavalesca pupila do homenageado. Ou seja, a S. Clemente deixou de ser politicamente correta na irreverência crítica como em 1990 quando apresentou o enredo ´E o samba sambou´. Desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães o enredo 2016 da S. Clemente é ´Mais de mil palhaços no salão´ cujo tema, sinopse e samba são galhofas de qualidades razoáveis a boas, se tanto. Depois que foi expropriada pela atual campeã dos desfiles militarizados apelidados de técnicos supostamente sem-erros, frios, monótonos e incapazes de emocionar o público que a notabilizaram nos títulos 1994/5/9, 2000/1 cujos enredos foram desenvolvidos pela atual carnavalesca clementiana. Em 2016 a Imperatriz apresentará desenvolvido pelo carnavalesco jovem, promissor e ainda sem título o consagrar, Cahê Rodrigues, o brega enredo (É o amor... Que mexe com minha cabeça e me deixa assim... Do sonho de um caipira nascem os filhos do Brasil) que homenageia grotesca dupla sertaneja que nem merece ter o nome citado. Por causa do samba que é uma obra-prima, diretoria, comunidade e torcida conscientes objetivam ver a Imperatriz permanecer no desfile das campeãs conforme em 2015 quando foi a 6ª colocada. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

Comentar