SRZD


08/02/2016 10h58

Carnaval de Porto Alegre: Império do Sol, Realeza e Vila Mapa destacam-se nos desfiles do Grupo de Acesso
Édy Dutra*

A noite de domingo foi a última de desfiles oficiais do Carnaval 2016 de Porto Alegre. Passaram pela passarela do samba oito escolas pertencentes ao Grupão, o grupo único de Acesso.

Quem abriu a noite foi a Protegidos da Princesa Isabel, com enredo falando sobre reciclagem e a transformação de materiais do lixo em luxo, corando a folia. A escola teve dificuldades na realização do desfile, com fantasias e alegorias apresentando pouco acabamento. 

Carnaval de Porto Alegre. Foto: Nilveo Pereira Christiano/Camarote Cultural

A Unidos do Guajuviras foi a segunda escola a desfilar, trazendo como enredo o tema "Navegar é Preciso" sobre os mistérios e fascínios do mar. O destaque da escola foi o intérprete carioca Igor Vianna, que já teve passagens por Porto da Pedra e Acadêmicos do Tucuruvi, em São Paulo. A Guajuviras também mostrou dificuldades na realização do seu Carnaval, deixando a desejar na concepção de alegorias e fantasias.

Terceira escola a desfilar, o Império do Sol apresentou o melhor desfile da noite e também do Grupo, comparando com as demais 4 escolas que desfilaram na sexta-feira. Com enredo de temática afro, a escola trouxe carros grandiosos e fantasias bem acabadas, com destaque para a rica roupa do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira. 

A Realeza trouxe a lua como enredo e foi a quarta escola a desfilar. A agremiação trouxe um grande número de componentes para a Avenida e conseguiu desenvolver seu tema sem grandes dificuldades, num desfile correto.

A tradicional Acadêmicos da Orgia foi a quinta escola a desfilar, trazendo a educação e o hábito de ler como enredo. Com mais de 50 anos de história, a Acadêmicos não conseguiu realizar um bom desfile. Problemas com acabamento em fantasias e alegorias, além de erros em evolução, prejudicaram o desempenho da escola.

A União da Tinga cantou os 5 anos do Instituto Federal na Avenida, trazendo também a temática da educação para o sambódromo. A escola desfilou pequena, apresentando fantasias modestas e alegorias simples. Destaque para a comissão de frente, muito bem coreografada e que abriu animada o desfile da escola. 

A Unidos da Vila Mapa foi a penúltima escola a desfilar, cantando o bairro da Cidade Baixa, um dos bairros mais boêmios de Porto Alegre. A escola fez um desfile grandioso e conseguiu traduzir nas alas e alegorias toda sua temática. Encerrou como uma das favoritas ao título de campeã do Grupão. 

Encerrando as disputas do Carnaval 2016, a Escola de Samba da Glória trouxe a bola como enredo na Avenida. As dificuldades da escola foram visíveis, com fantasias e alegorias muito aquém das demais concorrentes.

Fonte: Camarote Cultural, em colaboração voluntária ao SRZD


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.