SRZD


16/02/2016 10h15

Desfile das Campeãs: veja entrevistas com integrantes e imagens da festa da Mangueira
Redação SRZD

A Mangueira foi a grande campeã do Carnaval carioca após 14 anos de jejum. O desfile em homenagem à cantora Maria Bethânia teve uma plástica simples, mas impecável, e marcou a estreia do carnavalesco Leandro Vieira no Grupo Especial.

O SRZD-Carnaval registrou a festa da escola durante o Desfile das Campeãs, no último sábado, e conversou com integrantes da verde e rosa sobre a vitória. Assista:

- Clique aqui e saiba tudo sobre os desfiles do Grupo Especial no Carnaval 2016

Fotos: Henrique Matos

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 



Comentários
  • Avatar
    11/03/2016 10:48:33andre da mangueiraMembro SRZD desde 07/04/2009

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!! Almir de macaé o rei do copy paste pobre imbecil falso erudito e amante da literatura , e o mais puro arrogante portelense de todos os tempos. Pronto que choro é esse ... O maior dos ditados para si : Nao ha pior ceho que aquelo que nao quer ver!! Tas levando 10/1 em todos os sites do carnaval , vê la se recorres ao teu reduto de azia em tintes azul e branco , leva os lenços (que ja devem ser muitos ) e faz repouso mental e reclusão nos teus pensamentos àcidos. A ! E leva a vaselina que a esta altura deve ter acabado. Volto a repetir meus maiores respeitos pela imensa escola de samba portela a sua grande maioria de torcedores ! Mais zeeeeeeero respeito por ti almir de macaé ácido, triste, medonho!! Fuuuuuui saudações em verde e rosa

  • Avatar
    04/03/2016 15:50:50Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Repito aqui o que comentei em outro site sobre o fato do carnavalesco Leandro Vieira, a mulher dele a porta-bandeira Squel Jorgea e componentes terem se apresentado no desfile das campeãs exibindo faixas de arrogância como ´A campeã voltou´. Haja vista, o título anterior da gloriosa & respeitabilíssima Estação de Primeira de Mangueira ocorreu em 2002. Mangueirenses que sejam fanáticos pentecostais deverão ou poderão chiar. O fato é que o inesperado título causou prepotência nas hostes da verde-rosa. Tudo, porque a agremiação não voltava no desfile das campeãs desde 2011, tendo apresentado em 2016 seu característico desfile apoteótico, competitivo e emocionante. Mas, não a ponto de merecer a conquista do título, no máximo ser vice. O título acabou coincidindo com a estreia do presidente Chiquinho da Mangueira enquanto membro vitalício do Conselho de Grandes ´Beneméritos´ (CGB) da LIESA que é onde são indicadas aos julgadores a campeã e a rebaixada. Só pode ser esta a razão da existência do CGB. Além de clandestino, pois, não consta nos expedientes dos informativos oficiais da LIESA cuja instituição conta com presidente, vice, diretoria executiva mais Conselhos Deliberativo e Fiscal. Por isso desconfia-se que seja essa uma das causas do presidente mangueirense ainda não ter decidido se concorre ou não à reeleição. Fato agravado pela saída da equipe campeã do até então diretor de Carnaval, Junior Schall, que se mandou retornando à Vila Isabel para o Carnaval 2017. Segundo as más línguas, esse ex-diretor e o carnavalesco Leandro Vieira não apoiaram em quadra o samba concorrente que se sagrou ´hino´ oficial 2016, porque ambos têm graves divergências com o presidente Chiquinho da Mangueira, não-assumidas publicamente. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    04/03/2016 15:48:13Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    André da Mangueira e Valcir Pinheiro, somente agora é que vi os característicos insultos que ambos me dirigem enquanto dublês de adeptos fanáticos pentecostais pela respeitabilíssima Estação Primeira de Mangueira e envergonhadores da comunidade que não sabem debater ideias. Vocês são patéticos... Rsrsrs... Por isso no próximo comentário aprofundarei minha opinião sobre o não-merecido título de campeã 2016 da verde-rosa. Trata-se de democrático direito meu. Por ora, zoarei a ambos mais duas vezes. Primeiro, do poeta austríaco Bertolt Brecht, o texto O Analfabeto Político: ?O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não fala, não ouve nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do sapato, do aluguel e do remédio depende dos acontecimentos políticos. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil, que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais?. Rsrsrsrsrs... Segundo, de autoria do saudoso sambista, compositor-poeta e baluarte portelense, Waldir 59, a obra musical: ?Não, não é bem assim/É bem diferente/O que anda essa gente falando de mim/Pouco me importa/Essa calúnia a meu respeito/Muito me conforta em saber que é só despeito/Eu cantarei, pois, a vida é mesmo assim/Podem falar, bem ou mal, mas falem de mim?. Rsrsrsrsrsrsrs... Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    24/02/2016 12:23:46LeviMembro SRZD desde 24/02/2016

    Como o Chiquinho falou:"Foi o mais disputado dos últimos 20 anos". Eu assisti a todos os desfiles e, honestamente, apostava na Salgueiro em 2º e Tijuca em 6º. A Beija-Flor veio luxuosíssima, a Imperatriz calou a minha boca na avenida, pois achava que o enredo não daria bom desfile, o 10º lugar da Mocidade me surpreendeu, pois a mensagem foi linda e comissão de frente muito impactante, embora as fantasias estivessem um tanto simples, enfim... Muitos desfiles deslumbrantes, mas... não é pq sou mangueirense, a Mangueira foi, de fato, a melhor escola a passar! Emocionou demais! Desde a primeira vez que ouvi o Ciganerey, pensei: "Essa é a voz da Mangueira!" me lembrou um pouco o timbre do Wantuir! E, muitos vão discordar, eu não gostava do estilo do Luizito. Squel estava simplesmente maravilhosa! A imagem do carnaval!!! As alegorias estavam de fácil compreensão e dizendo claramente oq o enredo queria passar, uma harmonia ímpar onde TODOS se mostravam felizes, em êxtase e cantando o nosso samba. Rodrigo Explosão mesclou o simples com o impactante, excelente efeito causou essa magnífica bateria. Por esses e muitos outros motivos, nossa escola foi a CAMPEÃ! Meu sonho é um dia poder desfilar, quem sabe no próximo ano. Parabéns Mangueira! Obrigado por essa alegria que se estende por toda uma vida! Amo você!

  • Avatar
    22/02/2016 02:44:41Valcir PinheiroMembro SRZD desde 22/02/2016

    Almir de Macaé,vamos parar com esse chorôrô pois todos os dias tem chovido muito aqui no Rio. E vamos parar também de confundir a boca com a privada e ficar soltando falácia, conversa fiada, intriga e mais um monte de baboseiras e besteirol sem fundamento ou prova alguma de sua parte. A boca é livre para falar do que quiser mas sem provas meu amigo, é tudo lixo que sequer serve para ser reciclado, seu vidente de quinta categoria.

  • Avatar
    19/02/2016 13:08:17andre da mangueiraMembro SRZD desde 07/04/2009

    E ai volta da cova literalmente o almir de macaé , como sempre especular contra a mangueira e sua diretoria. Almir voltou agora ,ja agora em primeira mão, apos ter acabado toda a vaselina que teve de utilizar, apos dar uma de profeta e dizer que a mangueira concorria ao ultimo lugar das vagas no desfile das campeãs o ano inteiro, e claro como eximio entendedor do carnaval alheio ,claro ,queimou a lingua e ja agora o c u visto a quantidade de vaselina que teve que usar para nao ficar com prolápso re ctal apos ser vandalizado pela torcida mangueirense. Almir faz as contas que quizeres a minha é escola de samba não show off ok. Até a águia este ano perdeu a virgindade almir fala serio!! O teu maior simbolo!! Acho bom começares a esticar o pinico para pagar tuas contas tambem apos a saida do prefeito e graaaaande benemerito da portela nos ultimos 5 anos que claro nao deu em nada..... . Meu grande respeito a instituição portela e sua imensa maioria de torcederes mas zeeeeeero respeito para ti falso profeta almir de macaé....LOOOOOOL.

  • Avatar
    18/02/2016 18:38:32Almir Da Silva LimaMembro SRZD desde 21/11/2014

    Mangueirenses fanáticos pentecostais e ou/idólatras recém-convertidos do presidente Chiquinho da Mangueira poderão ´chiar´. O fato é que em meio ao título de campeã 2016 conquistado ´estranhamente´ no 3º & último ano do seu mandato no comando da agremiação, não dá nenhuma segurança ao presidente mangueirense de declarar se concorrerá ou não a reeleição em abril próximo. Tudo, porque o título de campeã 2016 ´coincidiu´ com a estreia enquanto membro vitalício do Conselho de Grandes Beneméritos (CGB) da LIESA do presidente Chiquinho da Mangueira. Ou seja, além da suspeita de que seja o CGB quem indica para o quadro de julgadores a campeã e a rebaixada. Os dois primeiros anos de mandato do presidente mangueirense foram pífios. Haja vista, eleito em 2013 sob o slogan da então chapa concorrente ´Muda, Mangueira´, a agremiação no Carnaval 2014 e 2015 a exemplo do que ocorreu em 2012 e 2013, permaneceu fora do desfile das campeãs. Ou seja, Chiquinho da Mangueira se mostrou o mesmo blefe que foi nos dois mandatos de deputado estadual que cumpriu entre 2007 e 2014 como parlamentar fisiológico e serviçal do então impopular governador também mangueirense que nem merece ter o nome citado. O título de campeã 2016 da verde rosa não anula o caô das prometidas mudanças em relação às milionárias dívidas da agremiação feitas por Chiquinho da Mangueira quando se elegeu em 2013. Isto é, a verde-rosa voltou a ser campeã em 2016, o último título ocorrera em 2002, as dívidas diminuíram porém permanecem milionárias tornando combalida a estrutura da agremiação. Por isso, o presidente mangueirense vacila em afirmar para a imprensa se concorrerá ou não à reeleição. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

Comentar