SRZD


18/02/2016 13h49

Fabio Ricardo sobre homenagem à Ivete Sangalo: 'Farei da melhor forma, como sempre'
Luana Freitas

O carnavalesco da Grande Rio, Fábio Ricardo, que vai para o seu quarto ano consecutivo na escola, torce para que um dos enredos que tem guardados no que ele chama de "caixinha de sonhos", seja escolhido para o próximo desfile. Em conversa com o SRZD-Carnaval, ele revelou que tem cerca de 10 temas para sugerir, e alguns deles já estão escritos e bem adiantados.

Foto: Reprodução de InternetSobre a possível homenagem da tricolor de Caxias à Ivete Sangalo em 2017, o carnavalesco disse que "fará da melhor forma", como faz todos os anos. O tema foi divulgado pelo promoter David Brazil e gerou inúmeros comentários na internet nesta quinta-feira.

Fábio revelou que, entre os enredos que tem guardados a sete chaves, estão alguns surrealistas e outros sobre o Brasil. "Muitos esquecem das riquezas do nosso país", destacou.

Ele lembrou como foram os trabalhos desempenhados na escola desde o ano de 2014, quando surpreendeu a todos com a plástica do enredo "Verdes olhos de Maysa sobre o mar, no caminho: Maricá", e ressaltou sobre o "preconceito" dos críticos e dos sambistas sobre os enredos patrocinados.

"No primeiro ano eu entrei e o enredo sobre Maricá já estava definido. A escola já vinha fazendo enredos patrocinados e os desfiles não foram bem-sucedidos, como acontece na maioria das escolas. Os temas acabam sendo mal vendidos, e os jurados são influenciados. Montei meu Carnaval quietinho, fui através dos olhos de Maysa e falei de coisas que a própria cidade desconhecia. Fiz uma plástica completamente avessa ao que as pessoas esperavam e chegamos em 6º lugar."

Fábio, que também atuou na Acadêmicos da Rocinha e na São Clemente, lembrou que no ano de 2015 a escola não trabalhou com um enredo patrocinado, e ele desenvolveu um dos temas que tinha em segredo, "A Grande Rio é do Baralho". "A escola não tinha condições. Eu reaproveitei todos os carros, reduzi o tamanho deles, simplifiquei as fantasias, e chegamos em 3º lugar. Nesse ano tive o prazer de começar a trabalhar com a Priscilla e o Rodrigo [coreógrafos da comissão de frente], que são as pessoas mais parceiras do mundo do Carnaval".

Foto: Acervo pessoalNeste ano, que a Grande Rio falou sobre Santos, o carnavalesco disse que a escola já tinha contato com a cidade, e, antes de o tema chegar em suas mãos, já estava sendo vendido que o foco seria Neymar e Pelé, despertando certa repulsa. Ele lembrou que comentou com representantes da cidade que José Bonifácio, patriarca da Independência do Brasil, já daria um bom enredo, e que poderia ser uma nova grata surpresa, como foi Maricá. Com o enredo "Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei...", a escola terminou em 7º lugar e não voltou no Desfile das Campeãs.

"Eu como carnavalesco e artista faço sempre o melhor que posso. Aprendi o que sei vendo Renato Lage, Rosa Magalhães e Max Lopes [com quem trabalhou por 10 anos], desde criança. Eu aprendi a olhar o Carnaval da forma que eles olham", concluiu.

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:Grande RioCarnaval 2017

Comentários
  • Avatar
    26/02/2016 21:24:26jorgeMembro SRZD desde 29/07/2015

    Gostaria que o presidente da ala dos compositores pudesse me esclarecer algumas duvidas,as quais irei enumerar: 1- sempre tive vontade de escrever nessa grandiosa Grande Rio. 2- Não faço parte da ala dos compositores da escola e,não sei se as inscrições serão abertas. 3- Nas eliminatórias dos sambas para o carnaval de 2016,estive algumas vezes e,me encantei com uma frase escrita numa parede da quadra,que hoje não me lembro mais,mas mexeu com meu coração,parecendo amor a primeira vista. 4-Como posso fazer para escrever nessa amada escola. 5- Caso possa fazer parte dessa potência do samba,como devo proceder. 6- A felicidade na escolha do enredo,dispensa comentários parece que foi iluminada pelo nosso criador. 7-Caso alguém puder me orientar naquilo que procurei descrever,aguardo urgentemente uma resposta e,que Deus abençoe à nos e,às nossas famílias.

  • Avatar
    24/02/2016 12:42:00carlosMembro SRZD desde 09/11/2015

    Jorge Bem ( Nao me acostumei ainda com Ben Jor) daria excelente enredo é tijucano salgueirense compositor respeitado mundialmente . Agora Ivete ...Se tratando da Grande Rio daria novo significado pra palavra " micareta" componentes pagando mico fazendo careta na sapucaí.

  • Avatar
    19/02/2016 08:47:21WallaceMembro SRZD desde 12/08/2010

    Pior que eu acabei de ouvir na rádio globo que o Salgueiro estuda a possibilidade de falar do Jorge Bem e a Ilha do Tim Maia.

  • Avatar
    18/02/2016 22:38:47papiza do sambaMembro SRZD desde 28/01/2010

    Que bom vou ter o prazer de ver esta escola descer de uma vez por todas com este enredo pífio e sem estofo nenhum esta personalidade do axé para um enredo de escola de samba. Um carnavalesco capaz de fazer um enredo destes é capaz de qualquer coisa menos zelar pelo samba nosso de cada dia. Nem de longe esta bahiana ultrapassada se compara à estrela que é betania. Ui to fora desta mediocridade caxiense;

  • Avatar
    18/02/2016 16:36:26Luciano GomesMembro SRZD desde 18/02/2016

    Falou de Santos mais vimos futebol ....

Comentar