SRZD


09/03/2016 09h35

Insatisfeita com notas, coreógrafa da comissão de frente da Portela deixa escola
Redação SRZD

A comissão de frente da Portela está sem comando. Nesta terça-feira, a escola anunciou o desligamento da coreógrafa Ghislaine Cavalcanti, que estava há três anos na função.

Ghislaine explicou o motivo de sua saída, destacando que não estava se sentindo bem por não ter conquistado notas máximas. "Agradeço muito a oportunidade que tive de trabalhar na Portela, onde fui recebida e tratada sempre com muito carinho e respeito. Nomes como Monarco e Tia Surica me receberam de braços abertos quando cheguei. Tomei a decisão de sair, pois não vinha me sentindo à vontade de não ter conseguido dar todas as notas máximas para a escola. Mas saio certa que me doei, que dei o meu máximo para tentar fazer o melhor. Achei o trabalho da comissão este ano fantástico, achei tudo perfeito, mas o olhar dos julgadores foi outro", disse.

Foto: JRicardo

O vice-presidente da azul e branca, Marcos Falcon, disse que compreende as razões da coreógrafa e agradeceu seu empenho. "Nos três carnavais de convivência com a Ghislaine, entre as tantas qualidades que ela reúne, destaco o comprometimento, a seriedade e a dedicação. Infelizmente, essas características não se traduziram em notas máximas no quesito e ela decidiu colocar o cargo à disposição. Eu, em nome da família portelense, também agradeço todo o empenho que ela dispensou à escola."

Marcelo Sandryni e Roberta Nogueira, que atuaram ao lado de Ghislaine, continuam na escola para coreografar os componentes das alegorias.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:PortelaCarnaval 2017

Comentários
  • Avatar
    09/03/2016 19:24:01Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    A coreógrafa Ghislaine Cavalcanti (GC) pediu demissão enquanto responsável pela Comissão de Frente (CF) da Portela cuja direção aceitou. Como a CF no Carnaval 2016 foi coordenada pelo carnavalesco Paulo Barros (PB) o qual também é um dos membros da Comissão de Carnaval (CC) da agremiação e para o Carnaval 2017 os coreógrafos Marcelo Sandryni e Roberta Nogueira prosseguirão coreografando as alegorias, a notícia em questão mostra o seguinte. Devido encontrar-se no cargo desde meados de 2013 quando a atual direção tomou posse, a coreógrafa GC assumiu para si sozinha a responsabilidade ante os resultados não-vitoriosos da Portela batidos na trave três anos seguidos, em 2014/5/6. Entretanto, o pedido de demissão da coreógrafa GC é oposto à autoritária e injusta demissão sumária que foi vítima na Beija Flor logo após o Carnaval 2010. Isso, porque a então campeã Unidos da Tijuca tinha apresentado a imbatível CF idealizada pelo carnavalesco PB. Ademais, a coreógrafa GC fez vitoriosíssima parceria com a CC da BF na qual foi campeã em 1998, 2003/4/5/7/8. Depois disso, embora a BF tenha sido campeã logo em 2011. Em função da agremiação ser comandada por presidentes de ´honra´ e executivo não-sambistas verdadeiros, a filosofia político-administrativa praticada na BF casando o trabalho da CC com o de um coreógrafo responsável pela CF somente deu certo a partir do Carnaval 2014. Espera-se que a atual direção portelense de sambistas-verdadeiros saiba contratar coreógrafo ou coreógrafa responsável pela CF tão vitoriosa quanto GC. Afinal, é correto prosseguir a busca pela conquista do tão sonhado 22° título em 2017. Mas, não pode ser debitada na conta da demissionária coreógrafa GC a perda do título em 2016. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

  • Avatar
    09/03/2016 15:37:12Nei OliveiraMembro SRZD desde 16/08/2011

    O que a Portela tem que fazer é tirar essa dupla de coreógrafos sem caráter profissional que não respeita as comunidades por onde passam. Já deu!!!

Comentar