SRZD


11/04/2016 15h02

Portela terá Festival de Samba de Terreiro aberto a compositores de outras escolas
Redação SRZD

A Portela dará inicio no feriado de 1º de maio a seu Festival de Samba de Terreiro. A novidade é que este ano o evento será aberto a compositores de outras agremiações. Com tema livre, as apresentações das obras acontecerão sempre aos domingos, a partir de 16h, sendo a final no dia 26 de junho, com dez sambas.

As inscrições serão no dia 19 de abril, a partir de 17h, na quadra da escola (Rua Clara Nunes, 81, Madureira). É necessário que cada parceria apresente, no dia da inscrição, 20 cópias da letra do samba concorrente, além de dois CDs com a gravação da obra. O regulamento completo do concurso será entregue no ato da inscrição, que tem taxa de R$ 30.

As premiações são: primeiro colocado: troféu, diploma e R$ 2 mil; segundo colocado: diploma e R$ 1 mil; terceiro colocado: diploma e R$ 500, além de troféu para o melhor intérprete.

O concurso é coordenado pela comissão que dirige a ala de compositores, formada por Jane Garrido, Walter Alverca e Arlindão Matias. Informações pelos telefones: (21) 9883-22804 ou 99294-0524.

Walter Alverca, Jane Garrido e Arlindão Matias respondem pela ala de compositores da Portela. Foto: Leandro Andrade/Divulgação

- Clique aqui e saiba tudo sobre o Carnaval carioca

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


Veja mais sobre:PortelaCarnaval 2017

Comentários
  • Avatar
    12/04/2016 18:06:18Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Comentarei três fatos relacionados à Portela. O culto religioso pelos seus 93 anos de fundação, dia 11/04/2016. O texto ´A Portela em paz!´ do diretor executivo Cultural, jornalista Luiz Carlos Magalhães, em um site. E o anúncio de que o Festival sobre Samba de Terreiro ocorrerá de 1º de maio a 26 de junho próximos e será aberto a compositores de coirmãs. Embora missa em ação de graças seja denominação católica, o culto foi ecumênico. Os padroeiros da Portela, São Sebastião e N. Senhora da Conceição no sincretismo correlacionado às religiões de matriz africana Umbanda e Candomblé são respectivamente Oxóssi e Oxum. Isso ficará explícito quando os Sambas de Terreiro se apresentarem no Festival. Que ao abrir-se a colegas-sambistas de coirmãs é uma acertadíssima medida da Comissão coordenadora incumbida pela ala de compositores da Portela integrada pelos bambas Jane Garrido, Walter Alverca e Arlindão Matias. Inclusive porque a premiação para o 1º colocado será troféu, diploma mais R$-2 mil, diploma mais R$-1 mil para o 2º colocado e R$-500 mais diploma para o 3º colocado, sendo que o melhor intérprete do Festival também ganhará troféu. Por último, o texto ´ A Portela em paz!´ está correto. Embora o prazo final de inscrição vá até o dia 29 do corrente, tudo leva a crer que o pleito do dia 29 de maio vindouro navegará em águas tranquilas. Vide a letra do samba ´Timoneiro´ do baluarte Paulinho da Viola: ´Não sou quem me navega/Quem me navega é o mar (BIS). É ele quem me carrega/Como nem fosse levar (BIS). E quanto mais remo mais rezo/Pra nunca mais se acabar/Essa viagem que faz...´. Saudações carnavalescas do portelense, Almir de Macaé.

Comentar