SRZD



Ednei Mariano

Ednei Mariano

CARNAVAL/SP. Natural de São Paulo, nasceu no bairro de Vila Mariana, Zona Sul. É pesquisador, escritor, dançarino, carnavalesco e professor. Foi o primeiro passista da escola de samba Vai-Vai. Como mestre-sala, defendeu durante 34 anos de carreira os pavilhões da Barroca Zona Sul, Tucuruvi, Vai-Vai (de Honra), Rosas de Ouro e Unidos de São Lucas.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



27/05/2016 11h19

'Conquistadores do Caminho do Mar'
Ednei Mariano

Os caminhos do litoral paulista nos levam para as belas praias do sul do estado e a maior cidade da baixada. Lá onde fomos na década de 70, beber na fonte cristalina do samba que reinava em Santos, onde sambistas como Drauzio da Cruz, J. Munis, e tantos outros contribuiram para o jovem caminhar na oficialização dos nossos desfiles.

Um outro dia, vamos mergulhar neste tema...Mas hoje, vamos percorrer outros caminhos! Caminho de gente destemida que investe e vem mostrar seu talento na capital dos paulistas, eles são da famosa região do ABC, que incorporamos aqui, mais duas letras: o D e o M, ficando ABCDM: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema e Mauá. Cidades que fazem samba do bom!

Sem esquecer suas origens, vários deles, famosos aqui em São Paulo na arte da dança, se orgulham de pertencer à região que forma o "Caminho do Mar". Hoje vocês conhecerão um pouco mais e por onde andam estes desbravadores!

Serra do mar. Foto: Reprodução

João Carlos, hoje em defesa do pavilhão da Águia de Ouro, acumula muitas notas 10, e é diretor e instrutor da Amespbeesp, veio de Diadema, que nos deu ele menino e hoje é um gigante da nossa arte. Como ele, Marcos Eduardo, hoje primeiro mestre-sala da Sociedade Rosas de Ouro, dançarino internacional e um presente de São Bernardo do Campo.

Também de Diadema, outras duas pérolas: Lais Moreira, uma diva das nossas pistas, que eletriza os olhos de quem aprecia nossa dança em seus giros, paradas e o desfraldar do pavilhão! Hoje representa a Unidos de Vila Maria, e também passou pela Unidos de São Lucas, Mancha Verde e Império de Casa Verde, e Janny Moreno: Acadêmicos, Central, Estopim da Fiel, e em 2011, entra para o quadro de casais da Nenê de Vila Matilde, tranquila, mas muito competente, hoje é a primeira dama matildense, encanta com seus giros perfeitos, braços longos, chamando atenção para seu pavilhão com olhos de gata cheia de personalidade.

De porta-estandarte do bloco Gaviões do Morro, de São Bernardo do Campo, hoje presidenta executiva da Amespbeesp. Esta é Zelia de Oliveira, uma negra bela e competente, levou seu bailado para quase todas às cidades da região, comanda com graça e firmeza o povo que dança no nosso estado, riqueza dos caminhos que nos levam ao mar. Zelia é atriz e dançarina.

Santo André não faz divisa com a capital, mas ali mantém um desfile efervescente, e nos mandou gente da melhor qualidade! Vanderleia Franco, campeã de notas máximas e vencedora de diversos prêmios em sua cidade, depois de dois anos como convidada na Unidos de São Lucas é a primeira porta-bandeira da Camisa 12, indo para seu segundo ano.

Evandro Nascimento, defende o pavilhão da Terceiro Milenio. A menina Thaiwane, é aposta para um futuro brilhante, hoje defende também a Camisa 12. São Bernardo do Campo, famosa pela montadoras de automóveis, pela rota dos grandes restaurantes, uma das maiores e mais rica cidades do estado, derramou na capital sambistas da melhor qualidade:

Zilá Meire, que por muitos anos defendeu a Tucuruvi, garra e talento no bojo desta dama. Marcelo Soares, tem trabalho duplo em Sampa, é segundo mestre-sala na Nenê, e também na Amizade Zona Leste. Tranquilo no falar, mas fera na dança, é um pequeno notável.

Quase 1,80 de altura e muita dança, personalidade forte e focada no que faz, esta é Angelica Paiva. Já desfilou em algumas escolas da cidade e hoje é a primeira na Torcida Jovem. A bela Paula Benazzi encanta à todos com sua dedicação e postura na Roseira, onde hoje ostenta o pavilhão de enredo, com graça e muita elegância.

A dança da cidade nos presenteia com um jovem talento, um meteóro na nossa arte, assim é Cley Ferreira, que vêm de uma família de grandes sambistas e aderecistas, versátil em seus passos, vem encantando os especialistas, começou muito cedo no quadro mirim da Vai-Vai e hoje, com 20 anos, tem o compromisso de defender a Barroca Zona Sul e a Independente Tricolor.

São Caetano do Sul, considerada uma das melhores cidades para se viver, é a menor da região, mas de lá grandes talentos brilham na nossa passarela. Suiane Hadisa, muita experiência, alegria e brilho em sua dança, já esteve na Unidos do Peruche e Terceiro Milênio, hoje empresta sua qualidade para a Pérola Negra. Diego Henrique! Sobra dança neste garotão de quase 1,90, muita agilidade em um sorriso aberto que encanta, está hoje no quadro de casais da Mocidade Alegre.

O casal Leandro e Mônica encanta com seu jeito especial na Combinados de Sapopemba, enquanto a Vai-Vai se orgulha de ter como primeiro defensor do manto preto e branco, Reginaldo Pingo, garoto totalmente do bem, sempre buscando o melhor, sem dúvida um dos melhores de São Paulo. 

Se depender deste jovem e talentoso casal, Kawe e Natalia, estamos muito bem e com notas garantidas que eles futuramente venham defender, uma juventude aflorada e muita força na dança, hoje eles estão na Terceiro Milênio.

Diadema, uma cidade que foi criada para ser dormitório da grande metrópole, mas por fazer divisa com a capital e ser cortada pelas das rodovias que levam ao litoral, se tornou grande! Naldinho Tavares, foi para a Unidos do Peruche, e de lá foi ser primeiro nos Acadêmicos do Tucuruvi, quando deixou de dançar.

A jovem atleta Pamela Yuri, nos brinda com a suavidade de sua dança, no último Carnaval desfilou pela Barroca. A linda Katia Celina, arrojada em dança, chega à Sampa pelas portas da Unidos de São Lucas, mas hoje está, e muito bem, na Rosas de Ouro. Os irmãos Pablo e Rafaela Boani, espalham competência, e alegria, defenderam a Unidos do Peruche, Unidos de São Lucas e Independentes da Zona Sul. Este ano ingressaram no quadro de casais da Imperador do Ipiranga.

Outro casal cheio de talento que fez história nos Acadêmicos do Tatuapé, foi Claudio e Luana, belos, assíduos e responsáveis. Um jovem se destaca e em breve estará fazendo sucesso: Dyego Santos, tem investido alto em cursos de formação, bela promessa de futuro, este ano defendeu o pavilhão da Unidos de São Lucas.

O povo da Roseira se encanta com o príncipe nórdico que dança e muito! Alex Fernandes já defendeu as cores da Unidos de São Lucas, Acadêmicos do Tucuruvi e Amizade Zona Leste, não esconde a felicidade de estar no quadro de casais da escola da Brasilândia.

Erick Sorriso é o nome dele, talento e dedicação fizeram este garoto se destacar em nosso meio, estudioso da arte defendeu nestes dois últimos anos os pavilhões da Flor de Liz e Unidos de São Lucas, obtendo nota máxima. Defendeu também o pavilhão oficial da Tup e foi eleito dirigente maior da Associação das Escolas de Samba de Diadema.

Mauá, uma cidade que já realizou o melhor Carnaval da região, já quase na serra do mar, terra de grandes sambistas, traz os pioneiros a dançar em Sampa! Michael Silva, Dirce Santos e o dançarino com carreira internacional Robson Negrão, são alguns deles. Gilson com a esposa Adriana, e com eles os filhos Pedro e Beatriz, lindo de ver ésta gente competente e politizada bailar. Deixaram a Colorado do Brás, onde estiveram por sei anos, realizando um exelente trabalho.

Marcelo Andrade, hoje na direção da Amespbeesp, defendeu e com nota máxima o Pavilhão da Amizade Zona Leste, com sua esposa Jacque Silva que continua na escola, encantando todos com sua jovialidade e beleza. Os Acadêmicos do Tatuapé tem hoje como seu segundo mestre-sala o jovem Hugo, que vem se destacando por sua garra na busca de um dia ser o primeiro defensor.

Leonardo Silva, é o nome dele! Arrojado em dança, sempre procurando uma performance cada vez maior há tempos vem dançando em nossas escolas de samba. Nosso garoto já defendeu como primeiro, os pavilhões da Independente Tricolor e Amizade Zona Leste. Hoje é instrutor da Amespbeesp.

Os caminhos que nos levam ao mar nos levaram nesta viagem de muitos talentos que encantam nossos desfiles, um povo que não mede esforços para vir muitas vezes nos trens lotados, ou passando horas ao volante de um carro, com o objetivo de mostrar sua arte. Defendem, trazem notas, prêmios, e levam esta satisfação para suas cidades, seus familiares e seu povo! Que venham mais, que venham muitos, pois o samba de Sampa enriquece e agradece.

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


Comentários
  • Avatar
    31/05/2016 15:49:58laercio marcondesAnônimo

    Ednei retratou a contribuição dada por moradores do ABC aos escalões de maior destaque das Escolas de São Paulo. Como moro em São Caetano sei bem ao que ele se refere, no entanto vou lembrar também da grande quantidade de componentes de alas e baterias e outros quadros que atravessam cidades para participar de sua agremiação do coração. Basta pegar um trem da CPTM no ABC sentido São Paulo nos finais de semana pré carnavalesco para deparar-se com camisetas de varias agremiações rumo aos ensaios e nos dias que antecedem o carnaval com o transporte de volumes dos quais despontam plumas de fantasias que insistem em não caber nas embalagens (intencionalmente?? com certeza e orgulho!!!) Infelizmente, parece que as escolas não se dão conta da composição de suas comunidades realizando ensaios muitas vezes fora da realidade do transporte público e quem mora longe acaba tendo que ir embora sempre antes do melhor da festa. Sugestão: pensando em quem mora longe e depende de transporte público (não só do ABC mas de toda a região metropolitana), que tal pensarem em horários de ensaio mais adequados a realidade de quem depende do transporte público? (um dia na semana já ajudava) Pergunta: alguma escola planejou festa para a noite da última Virada Cultural, quando tivemos transporte a noite toda?

  • Avatar
    28/05/2016 13:17:31Jacque.c.silvaAnônimo

    Matéria maravilhosa e importante falar sobre os talentos do nosso ABCDM Parabéns Ednei por essa matéria show !!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.