SRZD



Luiz Fernando Reis

Luiz Fernando Reis

Ex-carnavalesco e responsável por enredos memoráveis. Quem não lembra, por exemplo, do "E por falar em saudade", da Caprichosos de Pilares? Enredo cujo samba dizia: "Tem bumbum de fora pra chuchu, qualquer dia todo mundo nu". Atualmente é comentarista dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. É também professor de matemática e concilia o mundo do samba e os números.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



05/06/2016 14h14

Videoblog: Luiz Fernando Reis analisa enredo da Portela e elogia escolha de Paulo Barros
Redação SRZD

O videoblogueiro do SRZD-Carnaval Luiz Fernando Reis comentou sobre o enredo da Portela para o Carnaval 2017, divulgado na tarde deste sábado.

Paulo Barros, que optou por mais um tema autoral, vai homenagear Paulinho da Viola e fazer uma viagem pelos rios do mundo.

"Foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar" foi o título escolhido.

Luiz Fernando Reis considerou a ideia "fantástica". Confira a análise:

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?

 


Veja mais sobre:PortelaCarnaval 2017

Comentários
  • Avatar
    06/06/2016 22:42:15Ivan Torres JuniorMembro SRZD desde 05/04/2016

    Na feijoada da família portelense, no último sábado, quando foi anunciado o título do enredo 2017, um mar de emoção tomou conta das torcidas organizadas, das muitas alas presentes e dos portelenses... Cantando a plenos pulmões o samba de Paulinho e chorando de felicidade ao mesmo tempo. Inesquecível esse momento, até para os não portelenses, como no meu caso. Sei que estarei na Sapucaí para mais uma vez ver um trabalho assinado por Paulo Barros. E, principalmente, do setor 2 vê-lo fechando o carnaval da Portela, e com a altivez de um mestre sala cumprimentar o camarote da Unidos da Tijuca, levando o início da avenida ao delírio.

  • Avatar
    06/06/2016 09:07:19Marcos AurélioMembro SRZD desde 03/10/2009

    Aproveito o comentário muito pertinente do blogueiro em questão para endossar que realmente o carnavalesco Paulo Barros foi muito feliz com a escolha desse enredo que já trás no bojo do titulo uma homenagem a própria escola como também ao seu autor Paulinho da Viola, que vai insuflar o ego de toda a família Portelense. Com certeza 2017 promete muito para a águia altaneira.

Comentar