SRZD



Ednei Mariano

Ednei Mariano

CARNAVAL/SP. Natural de São Paulo, nasceu no bairro de Vila Mariana, Zona Sul. É pesquisador, escritor, dançarino, carnavalesco e professor. Foi o primeiro passista da escola de samba Vai-Vai. Como mestre-sala, defendeu durante 34 anos de carreira os pavilhões da Barroca Zona Sul, Tucuruvi, Vai-Vai (de Honra), Rosas de Ouro e Unidos de São Lucas.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



10/06/2016 15h33

Salve os guardiões do pavilhão das escolas de samba
Ednei Mariano

"Dia de Guerreiro", aquele que vem dos tempos das grandes Sociedades, dos Cordões carnavalescos, protegendo o pavilhão, homem ladino, bom de dança, versátil nas pernas, vinha na folia de momo, jogando forte para amedrontar o adversário!

Hoje este jogo é um bailado, ora acadêmico, indo ao clássico, cheio de gestual, em seguida virando para o frenético nas pernas e nos giros, tão rápido que se não estiver atento, quem assiste não pega as passadas.

Antes a navalha escondida pelo lenço, no ataque e na defesa de seu símbolo maior, agora nas arenas de samba, o lenço, os leques e o seu bastão, para conduzir "ela"!

"Ela", que depois de tantas brincadeiras sangrentas, recebeu a honra de ser a condutora do pavilhão, sempre linda, muito bela. É a rainha, reverenciada, cortejada, cheia de pompas, torno-se a figura principal da uma escola, de um bloco, é patrimônio de cada agremiação. Seja com a bandeira ou com o estandarte, sua nobreza é sempre destaque.

Gabi e Vivi. Foto: Cláudio L. Costa

A lei 15404/2011 da Câmara Municipal de São Paulo, através do projeto da porta-bandeira e vereadora Juliana Cardoso, em honra à sua mestra Maria Gilsa Gomes dos Santos, uma das nossas divas, imortalizada por sua dança e pelos seus feitos em favor da nossa arte, inspirou a jovem Ju, como a chamamos carinhosamente, a lutar pelo que hoje é lei.

Dia 10 de junho foi a data escolhida por ser o data de fundação da Amespbeesp, Associação dos Mestres-Sala e Porta-Bandeiras e Estandartes do Estado de São Paulo, entidade mãe da classe que neste 2016 completa 21 anos de existência.

Atuante durante o ano todo com cursos, palestras e nos dias de desfile, também comanda o camarim para os casais no sambódromo do Anhembi nos dias de folia, e conduz a placa de sinalização aos jurados e avaliadores indicando quem é o primeiro casal!

Hoje é dia de celebração aos "Guerreiros" e "Rainhas", que muito contribuem para a grandeza das nossas escolas de samba e blocos carnavalescos, vida longa!

Axé, Amém!

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.