SRZD



Paulo Estrella

Paulo Estrella

CONCURSO PÚBLICO. Desde 2008, diretor-pedagógico da Academia do Concurso, empresa do grupo Estácio, professor de curso preparatório desde 2003 e coordenador de cursos de pós-graduação da Academia do Concurso. Trabalha em cursos de performance, com provas realizadas por terceiros, desde 1994, tendo passado por várias redes de ensino como MV1, Bahiense e GPI, além de cursos pré-militares. É consultor de preparação, especialista em concursos, blogueiro do caderno Boa Chance do O Globo e responsável pela criação e entrega dos cursos da Academia do Concurso na sede e em todas as unidades.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



29/07/2016 11h05

Como se comportar no dia do concurso público?
Paulo Estrella

O candidato deve ter em mente que essa não é a última prova que fará, que se não for dessa vez será na próxima. Dessa forma "há vida após a prova!". O candidato precisa estar pronto para fazer o melhor possível para fazer jus ao esforço de preparação. Para isso é importante equilíbrio emocional. A concorrência não pode ser controlada pelo candidato, o que o candidato controla é a preparação e o controle emocional. O candidato não pode colocar todas as fichas em um único concurso. É interessante entrar na prova já sabendo que na semana seguinte iniciará os estudos para outro concurso. Isso tira o peso da seleção e aponta um objetivo para o candidato. Outro ponto importante é que a maioria absoluta dos inscritos não estudaram, vão com o conhecimento que possuem. Esses estão entre os inscritos, mas não possuem chances reais de aprovação ou de uma boa classificação. A maioria já está fora, muitos nem vão comparecer no dia da prova. A maior briga em um concurso é a do candidato por ele mesmo.

Concurso público. Foto: ReproduçãoUma pergunta que sempre recebo é se na hora de fazer a prova, o candidato deve iniciar pelas questões que possui maior facilidade ou deve priorizar alguma disciplina. Essa é uma estratégia pessoal, mas para descobrir quais são as questões fáceis tem que ler a prova inteira. Ao fazer isso, já pode ir respondendo as questões que possui menor nível de dificuldade. Isso garante que todas as questões fáceis serão resolvidas, independente da disciplina. Esses são os pontos garantidos. Nessa leitura, as questões que demandam mais tempo ou são mais complexas devem ser deixadas de lado para retornar mais tarde.

Essa é a garantia de que se o candidato tiver problema com o tempo de prova, ainda assim não terá perdido pontos fáceis, pois somente as questões mais difíceis e que exigem maior conhecimento ficam para o fim da prova. Se faltar tempo e o candidato tiver que chutar, fará isso em questões que tinha mais chances de errar. Ao terminar a primeira leitura, com parte da prova já resolvida, o candidato volta às questões que deixou em branco e deve administrar o tempo restante para resolver da melhor forma possível.

Nesse momento o candidato pode priorizar as disciplinas que mais gosta e tem maior conhecimento, assim ele deixa para o final as disciplinas que têm menos chances de acerto ou que demandam muito tempo para a resolução. Essa estratégia garante um melhor aproveitamento da prova e das questões. 

A respeito do controle de tempo na hora da prova, costumo dizer que são 5 horas que o candidato possui, 300 minutos, e ele deve reservar, no mínimo, vinte minutos para marcar o cartão e mais uns 10 minutos de perda normal de tempo para iniciar a prova, ida ao banheiro ou para beber ou comer algo durante a prova. Com isso, sobram 270 minutos o que dá uma média de três minutos e 22 segundos por questão. Mas esse tempo varia com o nível de dificuldade das questões. Por causa desse fato é importante que o candidato siga a orientação acima, pois na primeira leitura da prova o candidato responderá questões simples e rápidas de responder sobrando mais tempo para as questões mais complexas e mais demoradas. 

Como o estudo deve já estar apoiado na resolução de questões, medir o tempo de resolução de listas de questões é bem simples e o candidato pode verificar se haverá grande aperto na hora da prova. Isso vai evitar surpresas.


Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.